Muriqui (futebolista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Muriqui
Muriqui in 2011.jpg
Muriqui no Guangzhou Evergrande
Informações pessoais
Nome completo Luiz Guilherme da Conceição Silva
Data de nasc. 16 de junho de 1986 (28 anos)
Local de nasc. Mangaratiba (RJ),  Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Altura 1,71 m
Destro
Apelido Muriqui
Informações profissionais
Clube atual República Popular da China Guangzhou Evergrande
Número 11
Posição Atacante
Clubes de juventude
20012003 Brasil Madureira
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2004-2010
20042005
2006
2006
2007
2008
2009
2009
2010
2010
Brasil Madureira
Brasil Vasco da Gama (emp.)
Brasil Paysandu (emp.)
Brasil Iraty (emp.)
Brasil Avaí (emp.)
Brasil Vitória (emp.)
Brasil Ituano (emp.)
Brasil Avaí (emp.)
Brasil Atlético Mineiro
República Popular da China Guangzhou Evergrande
00021 000(12)
00052 000(38)
00022 000(23)
00036 000(16)
00007 0000(3)
00012 0000(0)
00009 0000(2)
00031 0000(9)
00032 000(11)
00090 000(51)
Seleção nacional
2004 Brasil Brasil Sub-20[1]


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 2 de outubro de 2013.

Luiz Guilherme da Conceição Silva, mais conhecido como Muriqui (Mangaratiba, 16 de junho de 1986), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Guangzhou Evergrande, da China.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Já jovem foi alvo de polêmicas entre o Vasco da Gama, seu então clube, e convocações para a Seleção Sub-20. O então presidente cruz-maltino, Eurico Miranda, tentou evitar que o atacante disputasse um torneio no Japão, pois tal faria o clube se desfalcar do jovem jogador.[2] Assim, o atleta recebeu tratamento especial com a Amarelinha, sendo liberado para atuar pelos cariocas.[3]

Seu apelido é em homenagem ao distrito de Muriqui, no município de Mangaratiba, onde nasceu. Revelado no Madureira, passou por outros clubes como Vasco da Gama, Paysandu, Iraty e Avaí. Voltou ao Madureira em 2008, sendo o grande nome do Tricolor Suburbano no Campeonato Carioca deste ano. Chegou ao Vitória, onde foi um dos reforços da equipe para o Brasileirão 2008. No final da temporada, foi dispensado pelo rubro-negro baiano. Disputou o Campeonato Paulista de 2009 pelo Ituano.

Em 14 de abril de 2009, retornou ao Avaí para a disputa do Brasileirão, onde, no final do campeonato, foi considerado um dos destaques do time e o jogador mais "caçado", pois sofreu 139 faltas ao longo da disputa.[4]

No final do ano de 2009, foi anunciada a sua saída do clube.[5] Logo após, foi confirmado como reforço do Atlético Mineiro para a temporada de 2010.[6]

Guangzhou Evergrande[editar | editar código-fonte]

No dia 30 de junho de 2010, o Atlético Mineiro anunciou a venda do jogador para o futebol chinês, indo Muriqui atuar no Guangzhou Evergrande[7] .

Estreou pelo clube chinês no dia 20 de julho de 2010, marcando quatro gols na vitória do seu time por 10 a 0 sobre o Nanjing Yoyo F.C., pela segunda rodada do Campeonato Chinês de Futebol[8] . Com o passar do tempo, Muriqui foi se tornando o maior ídolo da história recente do Guangzhou.[9]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético-MG


Guangzhou Evergrande


Artilharias[editar | editar código-fonte]

Madureira


Guangzhou Evergrande


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.