Museu Correr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As cortesãs ou As duas mulheres, obra de Vittore Carpaccio, c. 1490, óleo sobre tela, 94 × 64 cm, exposta no Museu Correr.
Esquisso de Francesco Bagnara para encenação de Lucia di Lammermoor em La Fenice, Aguarela, 18 × 27 cm, Museu Correr.

O Museu Correr é o museu municipal de Veneza (Itália), situado na praça de São Marcos, em frente à basílica homónima, e ocupa uma parte da Ala Napoleónica das Procuratie Nuove desenhada por Vincenzo Scamozzi. Este último é um edifício burocrático que ocupa três quartos da praça. A Ala Napoleónica foi construída depois dos ocupantes franceses saquearem a pequena igreja de San Gimigniano que estava frente à opulenta basílica.

O museu deve o seu nome a Teodoro Correr (1750 - 1830), um magnata descendente de uma das mais antigas famílias venezianas, que legou em 1830 a sua coleção de obras de arte à cidade de Veneza. O museu tem um coleção de arte, documentos, objetos antigos e mapas que refletem a história e a vida quotidiana de Veneza ao longo dos séculos. A Ala Napoleónica tem uma sumptuosa decoração neoclássica e alberga uma notável coleção de obras de Antonio Canova, de Vittore Carpaccio, de Giovanni Bellini e de Antonello da Messina. Conserva igualmente seis grandes volumes com esquissos das decorações realizadas por Francesco Bagnara para o Teatro de La Fenice.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Museu Correr, na Praça de São Marcos
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Museu Correr