Museu Nacional de Arte Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fachada do museu

O Museu Nacional de Arte Ocidental é um museu de Tóquio, no Japão, dedicado exclusivamente à arte do ocidente.

O museu foi criado em 1959 a partir da Coleção Matsukata, e está instalado em um edifício projetado por Le Corbusier. Seu acervo contém obras de arte do século XV ao século XX. O prédio principal abriga a seção de pinturas anteriores ao século XVIII, com peças importantes de autores como Veronese, Rubens, Van Ruysdael e Ribera.

Uma nova ala foi criada para abrigar a pintura do século XIX ao século XX, incluindo peças de Delacroix, Courbet, Manet, Renoir, Monet, Van Gogh, Gauguin, Picasso, Soutine, Miró, Dubuffet, Pollock e vários outros mestres, além da coleção de desenhos e gravuras, que abrange um período de cinco séculos. Destacam-se criações de Boucher, Fragonard, Delacroix, Rodin e Cézanne nos desenhos, e de Dürer, Holbein, Rembrandt, Callot, Piranesi e Goya nas gravuras.

O museu também possui uma extensa coleção de esculturas de Rodin, com cerca de 60 trabalhos do artista, e outras obras de Carpeaux, Bourdelle e Maillol.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Museu Nacional de Arte Ocidental