Museu Semítico de Harvard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Museu Semítico de Harvard

O Museu Semítico (em inglês: Harvard Semitic Museum) na Universidade de Harvard foi fundado em 1889 e mudou-se para a localização atual em Cambridge, Massachusetts em 1903.

Desde sua fundação, ele sediou o Departamento de Línguas e Civilizações do Oriente Médio, uma biblioteca departamental, um repositório para coleções de pesquisa, um instituto de educação pública e um centro para exploração arqueológica. Dentre as conquistas iniciais do Museu estão as primeiras escavações científicas na Terra Santa (em Samaria em 1907-1912) e escavações em Nuzi e Tell el-Khaleifeh no Sinai, onde o alfabeto mais antigo foi encontrado.

Entre os artefatos do Museu encontram-se cerâmicas, selos cilíndricos, esculturas, moedas e tabletes cuneiformes. Muitos são de escavações patrocinadas pelo Museu em Israel, Jordânia, Iraque, Egito, Chipre e Tunísia. O Museu também guarda uma réplica da Estela de Merneptá.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Official site (em inglês) Semitic Museum. Visitado em 25/08/2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.