Museu Solomon R. Guggenheim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Museu Solomon R. Guggenheim
(Solomon R. Guggenheim Museum)
Registro Nacional de Lugares Históricos
Marco Histórico Nacional dos EUA
Marco Histórico de NYC
Vista à partir da Quinta Avenida
Museu Solomon R. Guggenheim está localizado em: Nova Iorque (cidade)
Localização: 1071 Fifth Avenue, Manhattan
Flag of New York City.svg Nova Iorque
 Nova Iorque
 Estados Unidos
Coordenadas: 40° 46′ N 73° 57′ W
Construído/Fundado: 1959 (55 anos)
Arquiteto: Frank Lloyd Wright;
George Cohen
Estilo(s): Galeria de arte
Adicionado ao NRHP: 19 de maio de 2005 (8 anos)[1] [2]
Nomeado NHL: 6 de outubro de 2008 (5 anos)[3] [4] [5]
Registro NRHP: 05000443

O Museu Solomon R. Guggenheim (em inglês: Solomon R. Guggenheim Museum) é mantido pela Fundação Solomon R. Guggenheim na cidade de Nova Iorque. Seu nome é em homenagem a Solomon Robert Guggenheim, criador da fundação e deste museu.

Recentemente, numa política de expansão foram criados o Museu Guggenheim Bilbao, o Guggenheim Hermitage Museum em Las Vegas, o Deutsche Guggenheim em Berlim e a Coleção Peggy Guggenheim em Veneza estando prevista a construção de um novo pólo em Abu Dhabi,que será o maior museu da fundação americana, projectado pelo arquitecto Frank Gehry.

O projeto arquitetônico do museu original em Nova Iorque é do importante arquiteto americano Frank Lloyd Wright e é famoso pelas linhas curvas da fachada,representando a arquitetura moderna em sua forma mais orgânica. O museu abriga importante coleção de arte moderna amealhadas pelo seu fundador e sua sobrinha Peggy Guggenheim no começo do século XX com um incalculável valor artístico e monetário.

O museu foi designado, em 19 de maio de 2005, um edifício do Registro Nacional de Lugares Históricos[1] [2] bem como, em 6 de outubro de 2008, um Marco Histórico Nacional[3] [4] [5] .

O projeto[editar | editar código-fonte]

Solomon Robert Guggenheim quando iniciou este projeto procurava um "homem guerreiro, amante do espaço, agitador, experimentador e sábio"[carece de fontes?]. Foi assim que ele encontrou Frank Lloyd Wright. Solomon assumiu o enorme desafio que se apresentava na época: à medida que se transformava o paradigma da obra de arte, também deveria se modificar o perfil do museu que pretende abrigá-la ao se mirar, de modo amplo, as transformações pelas quais passou a obra de arte nos últimos 200 anos, ou seja, a conquista de sua condição moderna onde exposições de arte podem ser grandes instalações. Ele então se perguntou: "Quais eram as mudanças necessárias para que o museu dê conta da exposição e da conservação dos trabalhos contemporâneos?"

Sua construção se iniciou em 1956, sendo concluído três anos mais tarde. As especificações impostas por Solomon Robert Guggenheim a Lloyd Wright foram bastante difíceis de transpor em termos arquitetônicos. Ele não poderia ser de forma alguma comparado com qualquer outro museu já existente. E a solução encontrada por Frank foi única e que remete as idéias arquitetônicas visionarias do inicio do século XX, correspondendo a uma linguagem abstrata dos quadros de alberga.

O Museu Guggenheim só foi inaugurado em 21 de Outubro de 1959, após a morte de Wright, que morreu seis meses antes da obra estar concluída.

Características[editar | editar código-fonte]

O partido arquitetônico adotado da obra privilegia a utilização de formas geométricas puras, ou melhor, que têm a origem nas formas puras (o cilindro, o tronco de cone, o troco de prisma, o polígono de três lados) e orgânicas. Tais elementos estão presentes em todos os momentos no edifício, seja definindo a espacialidade de um ambiente ou através dos detalhes construtivos, que fazem relacionar o edifício como um todo. Desde o desenho de piso até os detalhes de luminárias foram usadas formas puras, principalmente o círculo e o triângulo fazendo com que toda visão individual reporte diretamente a formas genéricas.

O próprio Frank Lloyd Wright, arquiteto da obra, menciona que sua intenção como finalidade está coerente com o projeto proposto por ele, afirmando que nesse projeto trabalha-se o efeito plástico de planos flutuando sobre planos, numa sobreposição e estratificação de camadas, cortadas e colocadas uma sobre as outras, de forma a estabelecer uma outra maneira de construir que não seja aquela tradicional.

Localização[editar | editar código-fonte]

O Museu Guggenheim está localizado em uma das área mais tradicionais da ilha de Manhattan. De frente para o Lago Jaqueline Kennedy Onassis, no Central Park e para a Quinta Avenida, entre a ruas 88 e 89. O museu é uma peça arquitetônica que se diferencia de longe de todas as construções ao seu redor, o que inclui também o Novo Museu de Arte Contemporânea, o Museu de Arte Africana e o Museu Metropolitano de Arte de Nova Iorque.

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Documentação de designação para o NRHP (PDF) (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Página visitada em 28 de julho de 2013.
  2. a b Fotos para documentação de designação para o NRHP (PDF) (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Página visitada em 28 de julho de 2013.
  3. a b Solomon R. Guggenheim Museum (em inglês). National Historic Landmarks Program. Página visitada em 28 de julho 2013.
  4. a b Documentação de designação para o NHL (PDF) (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Página visitada em 28 de julho de 2013.
  5. a b Fotos para documentação de designação para o NHL (PDF) (em inglês). Serviço Nacional de Parques. Página visitada em 28 de julho de 2013.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Museu Solomon R. Guggenheim
Commons
O Commons possui multimídias sobre Museu Solomon R. Guggenheim