Museu das Minas e do Metal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Museu das Minas e do Metal (MMM) é um museu brasileiro localizado na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Faz parte do Circuito Cultural Praça da Liberdade e foi inaugurado em 22 de março de 2010 com projeto arquitetônico de Paulo Mendes da Rocha e museográfico de Marcello Dantas[1] .

Está ambientado em dois segmentos: o Museu das Minas, no primeiro andar e segundo pavimento; e o Museu do Metal, no segundo andar e terceiro pavimento. Ao todo, são 18 salas[2] .

Está instalado em um prédio do século XIX tombado pelo IEPHA[2] .

O espaço tem a proposta de relevar a importância cotidiana e econômica dos minérios e suas implicações culturais e sociais[3] .

Museu das Minas[editar | editar código-fonte]

Este pavimento abriga sete salas[2] :

  • Chão das Estrelas, que é composto pela coleção Djalma Guimarães, lunetas e telescópios;
  • Mapa das Minas, onde o visitante localiza as jazidas por meio de um mapa interativo indica a localização de jazidas.
  • Inventário Mineral formado pelo acervo físico do Museu Professor Djalma Guimarães, cuja coleção é apresentada em gavetas interativas;
  • Sala Miragem, onde são usados recursos de efeito holográfico para demonstração do acervo;
  • Sala Meio Ambiente, mostra o ciclo de vida de uma mina e o consumo de minerais e recursos naturais;
  • Djalma Guimarães, com a identificação da relevância biográfica do geólogo

Museu do Metal[editar | editar código-fonte]

O pavimento está dividido nos eixos temáticos e salas[2] :

  • Tabela periódica, com a demonstração de tubos metálicos que torna tangíveis os elementos químicos;
  • Sala Ligas e Compostos, mostra a combinação de metais e a formação de ligas;
  • Janelas para o mundo, o uso dos metais em diferentes épocas;
  • Língua afiada, que mostra as qualidades do metal, como maleabilidade e brilho;
  • As Estações interativas mostram as propriedades e processos produtivos dos metais;
  • Mesa dos Átomos, com um jogo que permite manusear elementos da tabela periódica;
  • Vil Metal, que possibilita a comparação do valor tangível dos metais com produtos;
  • Logística, o transporte da extração até as siderúgicas;
  • Adorno do Corpo, onde o visitante faz o uso virtual de joias;
  • Vale Quanto Pesa, onde é feita uma estimativa da presença de minerais em cada visitante;

Referências

  1. Apresentação - Circuito Cultural Praça da Liberdade, (visitado em 19-3-2010)
  2. a b c d Museu das Minas e Metal EBX será inaugurado segunda-feira - Agência Minas, 18 de março de 2010 (visitado em 19-3-2010)
  3. Museu das Minas e do Metal - Secretaria de Estado de Cultura, 28 de março de 2008 (visitado em 19-3-2010)
Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Site oficial do Museu das Minas e do Metal Facebook do Museu das Minas e do Metal