Museu de História Militar de Viena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:

Museu de história militar de Vienna

O museu[editar | editar código-fonte]

O museu de história militar de Vienna (Alemão:Heeresgeschichtliches Museum) é um museu localizado em Vienna, Áustria. Alguns afirmam que este é o maior e mais antigo edifício do mundo construído para esta finalidade. O acervo do museu inclui uma das maiores coleções do mundo de canhões de bronze e tem um viés mais direcionado para a história militar austríaca do século XVI até 1945.

O museu é localizado na distrito Landstraße, próximo ao palácio Belvedere. O edifício foi construído entre 1850 e 1856 a mando do Imperador Franz Joseph I como uma nova guarnição da cidade, depois que a antiga havia sido destruída na revolução de 1848. O arquiteto foi Theophil Hansen.

O museu foi erigido no centro de Arsenal, sendo este um complexo militar localizado no terceiro distrito de Vienna, e foi originalmente criado com o propósito de ser um museu militar, além de testamentar grandes feitos militares do império, como principais batalhas e líderes austríacos. De acordo com o site oficial do museu, este é o museu mais antigo de Vienna. O prédio consiste em cinco divisões principais: o portão principal, que abriga túmulos de generais, e outras quatro grandes salas para amostras. Um canhão de bronze pertencente ao museu está localizado na área externa do museu, nos pátios de Arsenal.

Cada um dos quatro salões de exposição tem uma proposta diferente sobre a história austríaca, começando com A Guerra dos Trinta Anos e os turco-otomanos, continuando pelas guerra napoleônicas, Primeira Guerra Mundial e Segunda Guerra Mundial. O museu possui também, uma pequena sala de exposições onde o tema da exposição é sazonal. Uma das mais notáveis partes da coleção do museu está localizada no salão de exposições da Primeira Guerra Mundial, e trata do assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando. O carro utilizado pelo arquiduque está exposto, assim como seu uniforme e a pistola utilizada por Gavrilo Princip para atirar, e ainda há a maca na qual ele foi declarado morto.

Outra notável mostra do museu é um canhão medieval imenso, de Pumhart von Steyr, o projetista de modelos marítimos da embarcação SMS Viribus Unitis. Entre outras coisas, também há a bandeira marítima austríaca utilizada na Primeira Guerra Mundial, um balão de observação francês, a mais antiga aeronave de batalha europeia, L'Intrépide, e os destroços do SM U-20, um submarino da Marinha Austro-Húngara afundado em combate em 1918.

Em frente à entrada principal, o museu expõe um MiG-21 de um piloto croata chamado Rudolf Perešin. O avião foi devolvido às forças armadas croatas após as guerras na Iugoslávia.

Predefinição:Museum of Military History official website


Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.