My Life Would Suck Without You

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"My Life Would Suck Without You"
Single de Kelly Clarkson
do álbum All I Ever Wanted
Lançamento 15 de Janeiro de 2009 (2009-01-15)
Formato(s) CD single, descarga digital
Gravação 2008;
Conway Recording Studios
(Los Angeles, Califórnia)
Género(s) Pop rock, dance-pop
Duração 3:31
Editora(s) RCA
Composição Lukasz Gottwald, Claude Kelly, Max Martin
Produção Max Martin, Dr. Luke
Cronologia de singles de Kelly Clarkson
Último
Último
"Don't Waste Your Time"
(2007)
"I Do Not Hook Up"
(2009)
Próximo
Próximo

"My Life Would Suck Without You" é uma canção da cantora norte-americana Kelly Clarkson, gravada para o seu quarto álbum de estúdio All I Ever Wanted. Foi composta e produzida por Max Martin e Lukasz Gottwald, com auxílio na escrita por Claude Kelly. A música foi lançada a 15 de Janeiro de 2009 na loja digital iTunes de vários países, incluindo a Austrália e Nova Zelândia. Acabou por ser enviada para as rádios norte-americanas cinco dias depois através da editora discográfica RCA Records, servindo como single de avanço do disco.

A nível musical, a canção demonstra uma sonoridade pop rock e incorpora estilos de dance e rock. A sua melodia é composta através dos vocais, juntando acordes de guitarra, sintetizadores e bateria. Liricamente, o tema discute a história de uma relação conturbada em que ambos confusos chegam à conclusão que não são nada um sem o outro. A obra recebeu críticas positivas, em que alguns analistas a citaram como um regresso às origens rock de Breakaway, nomeando "Since U Been Gone" como exemplo. Em termos de desempenho comercial, atingiu a liderança da Billboard Hot 100 dos Estados Unidos na sua segunda semana, após bater um recorde com uma subida de noventa e seis posições. Foi o segundo single de Kelly a conseguir chegar ao topo da tabela musical, desde "A Moment Like This" em 2002. Em território norte-americano, foram registadas mais de dois milhões de descargas digitais. A faixa também obteve a primeira posição na Canadian Hot 100 e UK Singles Chart. Mais tarde, a Music Canada certificou-a com dupla platina com vendas superiores a 160 mil.

O vídeo musical, dirigido por Wayne Isham, foi gravado em Los Angeles durante o mês de Dezembro de 2008. Estreou a 28 de Janeiro de 2009 durante o intervalo do programa American Idol, e mais tarde enviada para a iTunes Store. Inicialmente, a cantora fica chateada com o seu namorado, deitando fora as suas roupas pela janela. No final, o casal volta a aproximar-se e beija-se, metaforizando o facto de não poderem viver um sem o outro. A faixa recebeu várias interpretações ao vivo como parte da sua divulgação, e inclusive esteve no alinhamento das digressões mundiais All I Ever Wanted Tour e Stronger Tour, que passaram pelos continentes americanos, Ásia, Europa e Oceania. "My Life Would Suck Without You" foi indicada para a categoria "Best Female Video" na cerimónia MTV Video Music Awards de 2009.

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2009, o gerente da artista Tom Corson revelou que Clarkson estava "num período em que queria conquistar novamente o mundo pop".[1] Ao jornal The Wall Street Journal, Corson afirmou que o disco teria como título Masquerade e que o single de avanço iria estrear nas rádios americanas a 19 de Janeiro.[1] [2] O presidente da editora discográfica RCA Records Clive Davis contratou Dr. Luke e Max Martin, que produziram "Since U Been Gone" e "Behind These Hazel Eyes" em 2004, para assumir um novo trabalho em 2008 para a cantora.[3] Davis recrutou os produtores depois do fraco desempenho comercial que se reflectiu após o lançamento de My December em 2006.[4] Martin também pediu o auxílio de Claude Kelly para escrever a faixa depois de Kelly ter exigido uma alteração no conteúdo lírico inicial por considerar muito explícito.[5]

O seu lançamento ocorreu a 15 de Janeiro de 2009 nas lojas iTunes da Austrália, Nova Zelândia e Reino Unido.[6] Nos Estados Unidos, a RCA enviou a obra para as rádios locais cinco dias depois, servindo como primeiro single de All I Ever Wanted.[7] Mais tarde, foram editados dois extended plays (EP) digitais que continham a versão caraoque, remisturas, e ainda outro projecto da artista "Don't Waste Your Time".[8] [9] Na Alemanha, o tema foi comercializado em CD single também, composto pela música original e o seu instrumental.[10] A melodia recebeu várias interpretações ao vivo como parte da sua divulgação, e inclusive esteve no alinhamento das digressões mundiais All I Ever Wanted Tour e Stronger Tour, que passaram pelos continentes americanos, Ásia, Europa e Oceania.[11] [12]

Após o seu lançamento, a obra recebeu atenção pelos média e foi cantada por outros artistas que fizeram a sua própria versão. Na série televisiva da Fox intitulada Glee, o elenco interpretou "My Life Would Suck Without You" no episódio "Sectionals" da primeira temporada.[13] Mais tarde, esta mesma vertente foi lançada na loja iTunes e foi incluída na banda sonora Glee: The Music, Volume 2.[14] A banda One Direction também realizou uma performance da canção para a final da sétima série do concurso The X Factor.[15] A concorrente Daniela Pimenta interpretou o tema no programa português A Tua Cara não Me É Estranha, cuja edição veio mais tarde a constar na banda sonora do formato.[16] Em 2011, a própria Clarkson colocou uma nova variante da música no seu EP iTunes Session.[17]

Estilo musical e letra[editar | editar código-fonte]

"My Life Would Suck Without You" (2009)
Demonstração de 28 segundos de "My Life Would Suck Without You", definida no tempo de assinatura moderadamente rápido com um metrónomo de 138 batidas por minuto.

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

"My Life Would Suck Without You" é uma canção de tempo acelerado moderado que incorpora elementos de estilo pop rock e dance-pop, produzida pelo norte-americano Dr. Luke e pelo sueco Max Martin.[18] [4] A sua gravação decorreu em 2008 nos estúdios Conway Recording Studios, em Los Angeles, Califórnia.[19] Consiste na utilização de vocais, bateria, baixo e programação musical por Luke, juntando acordes de guitarra e sintetizadores por Martin.[19] Emily Wright e Sam Holland trataram de toda a engenharia e edição vocal, além de contarem com a assistência de Aniela Gottwald, Kool Kojak e a coordenação de Gary "G" Silver.[19] Bill Lamb do portal About.com comentou a sonoridade da melodia, considerando que "depois de mostrar uma versatilidade mais ampla num rock mais ousado e uma temporada em música country, Kelly Clarkson voltou à sua casa pop".[20]

A letra foi escrita por Lukasz Gottwald, Claude Kelly, Max Martin.[19] De acordo com a partitura publicada pela Alfred Publishing Company, a música é definida no tempo de assinatura moderadamente acelerado com um metrónomo de 138 batidas por minuto. Composta na chave de lá maior com o alcance vocal que vai desde da nota baixa de lá, para a nota de alta de mi.[21] Liricamente, o tema discute a história de uma relação conturbada em que ambos confusos chegam à conclusão que não são nada um sem o outro.[18] A própria cantora numa entrevista falou sobre o conteúdo lírico da faixa:[22]

Achei engraçado envolver duas pessoas erradas uma para a outra, a brigar, mas no final do dia não podem viver um sem o outro.

Clarkson confessou que mesmo sem ter escrito a música, manteve-se bastante atenta a todo o processo de composição e tentou "arranjar as pessoas certas para soar o mais pessoal possível".[22]

Recepção pela crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg[20]
Billboard (favorável)[23]
Digital Spy 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[24]

As críticas após o lançamento da faixa foram geralmente positivas. Bill Lamb do portal About.com atribuiu cinco estrelas máximas na sua avaliação, afirmando que "parece que agora o álbum de Kelly Clarkson My December será visto como o triunfo artístico e apenas uma breve pausa no seu sucesso comercial".[20] Lamb não apontou quaisquer defeitos, comentando que a obra é "um pop perfeito" e iria "agradar uma vasta gama de fãs de música em todo o espectro pop e rock".[20] Chuck Taylor da revista Billboard adjectivou-a como "alegre", revelando que "além da detonação de percussão e um coro intoxicante como absinto, uma inteligente instrumentação, uma dica de sintetizadores, um surto de tambores dos anos 80, ia também uma piscadela lúdica para toda a produção".[23] Nick Levine do sítio Digital Spy classificou o tema com quatro estrelas, e realçou que "ninguém poderia cantar aquele refrão cativante tão heroicamente como Kelly Clarkson".[24] Levine relembrou "Since U Been Gone" e criticou o facto "de ser tão original como barrar duas fatias de pão com queijo".[24]

Rolling Stone denominou a faixa como "fantástica - o single inicial favorito do ano", complementando que "tem todas as características de um sucesso de rádio infalível".[25] Brian Mansfield do jornal USA Today salientou que havia "ritmos de discoteca e um monte de camadas synth-pop-dance por cima, mas que o padrão de guitarra impede de soar muito artificial", afirmando eventualmente que foi "gostando".[26] A publicação Los Angeles Times disse o tema "amplia a sua introdução de guitarra com valentia em direcção a um clímax provocado por um címbalo, sem nunca abrandar", relatando que a música seria "enorme", no entanto, também referiu "não tinha calorias entregues dentro daqueles comprimidos, subtilmente sintonizados com vocais".[27] Rhiannon Haller da Michigan Daily concordou com a opinião anterior, elogiando "My Life Would Suck Without You" como "puro, uma bondade pop de rádio que é obrigado a tornar-se o culpado do prazer de muitos".[28] Stephen Thomas Erlewine da Allmusic, em crítica ao disco All I Ever Wanted, afirmou que Kelly "é bastante auto-consciente" e afirmou que o single era uma projecção "para uma sequela explícita do seu "Since U Been Gone".[29] "É eficaz, se um pouco clínica, funcionando ao contrário do maior dom Clarkson: a sua autenticidade", concluiu Erlewine no seu relatório e destacando ainda como uma das melhores faixas do álbum.[29]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Última cena do teledisco em que Clarkson beija o namorado, servindo como metáfora para a letra da canção, que no final não vivem um sem o outro.

O vídeo musical, dirigido por Wayne Isham, foi filmado em Los Angeles em Dezembro de 2008.[30] Uma previsão foi apresentada durante o intervalo do programa televisivo American Idol a 28 de Janeiro de 2009, e no mesmo dia, foi divulgado o trabalho completo e final.[31] Horas mais tarde, ficou disponível na iTunes Store de Portugal,[32] e no dia seguinte noutros países, como Austrália e Estados Unidos.[33] [34]

A trama, com uma duração superior a três minutos, começa duas crianças a brincar num parque infantil, empurrando um ao outro.[35] Uma jovem, personagem de Clarkson enquanto criança, recebe do seu melhor amigo uma pulseira feito de cercadura com a inicial do seu nome, "K".[35] Numa cena seguinte, mostra a cantora em adulta e ainda a usar o mesmo adereço dado pelo seu afeiçoado.[35] O namorado de Kelly (interpretado por Houston Rhines) aparece à porta do apartamento, supostamente após uma discussão.[35] A jovem provoca o indivíduo com um conjunto de chaves, que acaba por deitar na sanita da casa-de-banho.[35] Nas seguintes transições, é mostrada vários conflitos entre as duas partes, cada um atirando pela janela fora um pertence do outro.[35] No final, sentam-se afectuosamente no sofá, a lutar e discutir, tal como faziam em crianças que são imagem que são interpeladas com as actuais.[35]

Na última parte do teledisco, o namorado da personagem de Clarkson conduz um Ford Bronco, mas com as várias brincadeiras e exibições quase faz com que colide e provoque um acidente. Após controlar o carro, Kelly somente puxa o rapaz para ela e beija-o, terminando o vídeo.[35] O trabalho chamou a atenção dos media, inclusive de Daniel Kreps da revista Rolling Stone, que perguntou se "alguém já viu realmente as pessoas a atirarem as coisas umas das outras pela janela? Parece ser um número cliché para retratar uma relação disfuncional, mas nunca acontece na realidade, apenas em filmes e em comerciais", escreveu Kreps.[30] Em suma, o editor concluiu que "assumimos que este vídeo é praticamente uma versão condensada do filme He's Just Not That Into You".[30] O projecto acabou por ser nomeado na categoria "Best Female Video" na cerimónia MTV Video Music Awards de 2009,[36] contudo, perdeu para "You Belong with Me" de Taylor Swift.[37]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

A versão digital de "My Life Would Suck Without You" contém apenas uma faixa com duração de três minutos e trinta e um segundos.[6] Na Alemanha, o tema também foi comercializado em versão CD single, possuindo duas faixas no total, sendo que uma delas é a versão do single e a instrumental.[10] Foram lançados dois extended plays (EP) digitais, o primeiro com outro trabalho de Clarkson "Don't Waste Your Time" e o segundo apenas com remisturas.

Descarga digital[6]
N.º Título Duração
1. "My Life Would Suck Without You"   3:31

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

A obra estreou na posição 97 na Billboard Hot 100 na semana de 29 de Janeiro de 2009, e subiu à liderança na semana seguinte, estabelecendo o recorde do maior salto da história.[38] Este feito marcou a segunda vez que Clarkson obteve este recorde, depois do seu single de estreia "A Moment Like This" ter subido ao topo desde da 52.ª posição.[39] Na sua terceira semana, "Crack a Bottle" de Eminem substituiu o tema na Hot 100.[40] A Julho de 2012, "My Life Would Suck Without You" já tinha vendido mais de 2 milhões e 641 mil descargas digitais nos Estados Unidos.[41] No Canadá, a música também atingiu a primeira posição na segunda semana após subir oitenta e um postos na lista.[42] Mais tarde, a Music Canada atribuiu certificação de dupla platina com vendas superiores a 160 mil e colocou-a em 20.º lugar na tabela de final de ano.[43] [44]

Na Austrália, a faixa conseguiu atingir a quinta posição como melhor, e foi certificada com platina pela Australian Recording Industry Association (ARIA) pelas 70 mil cópias distribuídas no país.[45] No Reino Unido, subiu do número 103 ate à liderança da UK Singles Chart a 1 de Março de 2009, tornando-se o primeiro single da cantora a conseguir tal feio e vendendo 51,114 mil unidades na sua semana de estreia.[46] Como consequência do seu desempenho comercial em território britânico, a British Phonographic Industry (BPI) atribuiu disco de prata e em Junho de 2012 a música já tinha vendas superiores a 365,720 mil.[47] Na restante Europa, a obra conseguiu alcançar as dez melhores posições de vários países, como Irlanda, Suécia e Suíça, sendo que na tabela musical principal European Hot 100 obteve o segundo lugar como melhor.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Todo o processo de elaboração da canção atribui os seguintes créditos pessoais:[19]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

"My Life Would Suck Without You" foi disponibilizada digitalmente na iTunes Store a 15 de Janeiro de 2009 na Austrália, Nova Zelândia e Reino Unido, sendo que cinco dias depois foi enviada para as rádios norte-americanas. A 19 de Fevereiro o single foi promovido em formato extended play (EP) digital, repetindo-se uma segunda versão a 26 de Março. Na Europa, nomeadamente na Alemanha, também recebeu comercialização em CD single.

País Data Formato Editora discográfica
 Austrália[6] 15 de Janeiro de 2009 Descarga digital 19 Recordings/RCA
 Nova Zelândia[74]
 Reino Unido[75]
 Estados Unidos[7] 20 de Janeiro de 2009 Rádio mainstream
 Alemanha[76] 30 de Janeiro de 2009 Descarga digital
 Brasil[77] 19 de Fevereiro de 2009 EP digital
 França[78]
 Portugal[8]
 Alemanha[10] 27 de Fevereiro de 2009 CD single
 Brasil[79] 26 de Março de 2009 EP digital 2
 Irlanda[80]
 Portugal[9]

Referências

  1. a b Nick Levine (3 de Janeiro de 2009). Clarkson reveals new single, album details (em inglês) Digital Spy. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  2. Daniel Kreps (5 de Janeiro de 2009). Kelly Clarkson Reveals Glossy New Look for March Album (em inglês) Rolling Stone. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  3. Chris Willman (3 de Setembro de 2010). Dr. Luke: The Billboard Cover Story (em inglês) Billboard. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  4. a b Nick Levine (13 de Janeiro de 2009). Well well well... Kelly Clarkson's back (em inglês) Digital Spy. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  5. Chris Kostakis (17 de Outubro de 2011). Kelly Clarkson is STRONGER(and absolutely adorable)! (em inglês) Same Same. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  6. a b c d My Life Would Suck Without You - Single by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  7. a b CHR/Top 40 » Week Of: January 20, 2009 (em inglês) R&R. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  8. a b c My Life Would Suck Without You - EP by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  9. a b c My Life Would Suck Without You - EP by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  10. a b c d My Life Would Suck Without You: Kelly Clarkson (em alemão) Amazon. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  11. Dave Karger (17 de Maio de 2007). Kelly in Control (em inglês) Entertainment Weekly. Página visitada em 6 de Agosto de 2012.
  12. Michelle Amabile Angermiller. Kelly Clarkson Gets Personal at Atlantic City Tour Stop: Concert Review (em inglês) The Hollywood Reporter. Página visitada em 12 de Agosto de 2012. Cópia arquivada em 5 de Fevereiro de 2012.
  13. Sectionals (em inglês) Fox. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  14. Glee - Glee: The Music, Vol. 2 (em inglês) Allmusic. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  15. Paul Millar (18 de Outubro de 2010). What The Judges Said: 'X Factor' Final 14 (em inglês) Digital Spy. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  16. «A Tua Cara Não Me É Estranha» agora em CD! (em português) TVI. Página visitada em 11 de Setembro de 2012. Cópia arquivada em 11 de Setembro de 2012.
  17. iTunes Session by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  18. a b Melinda Newman. Review: Kelly Clarkson's "My Life Would Suck Without You" (em inglês) HitFix. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  19. a b c d e (2009) Créditos do álbum All I Ever Wanted por Kelly Clarkson, pg. 2 [CD]. 19 Entertainment/RCA Records.
  20. a b c d Bill Lamb. Kelly Clarkson - "My Life Would Suck Without You" (em inglês) About.com. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  21. My Life Would Suck Without You – Kelly Clarkson – Digital Music Sheet (em inglês) Musicnotes. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  22. a b Kelly Clarkson - 2009 - On the Record (em inglês) FaceCulture. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  23. a b Chuck Taylor. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em inglês) 'Billboard'. Google Books. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  24. a b c Nick Levine (2 de Fevereiro de 2009). Kelly Clarkson: 'My Life Would Suck Without You' (em inglês) Digital Spy. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  25. Daniel Kreps (13 de Janeiro de 2009). Kelly Clarkson's "My Life Would Suck Without You" Hits Radio (em inglês) Rolling Stone. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  26. Brian Mansfield (13 de Janeiro de 2009). Does "My Life" suck -- or is it "all you ever wanted"? (em inglês) USA Today. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  27. Ann Powers (13 de Janeiro de 2009). Snap Judgment: Kelly Clarkson's 'My Life Would Suck Without You' (em inglês) Los Angeles Times. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  28. Rhiannon Haller. Single Review: Kelly Clarkson 'My Life Would Suck Without You' - The Michigan Daily (em inglês) The Michigan Daily. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  29. a b Stephen Thomas Erlewine. All I Ever Wanted - Kelly Clarkson (em inglês) Allmusic. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  30. a b c Daniel Kreps (28 de Janeiro de 2009). Kelly Clarkson's "My Life Would Suck Without You" Video Yanked From Web (em inglês) Rolling Stone. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  31. Stephen Thomas Erlewine (27 de Janeiro de 2009). New Kelly Clarkson Video Debut! (em inglês) OK!. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  32. Music Videos - My Life Would Suck Without You by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  33. Music Videos - My Life Would Suck Without You by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  34. Music Videos - My Life Would Suck Without You by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  35. a b c d e f g h Gil Kaufman (28 de Janeiro de 2009). Kelly Clarkson 'My Life Would Suck Without You' Video Leaks (Briefly) (em inglês) MTV. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  36. Tamar Anitai (4 de Agosto de 2009). VMAs 2009: The Nominations Have Been Announced! Lady Gaga & Beyonce 9 Nominations Trump Britney's 7 (em inglês) MTV. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  37. The 2009 MTV VMAs Winners List (em inglês) Rolling Stone (13 de Setembro de 2009). Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  38. Keith Caulfield (28 de Janeiro de 2009). Romance And Indie Rock Hit The Billboard 200 (em inglês) Billboard.biz. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  39. Silvio Pietroluongo, Jonathan Cohen (29 de Janeiro de 2009). Kelly Clarkson Breaks Record For Hot 100 Jump (em inglês) Billboard. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  40. Silvio Pietroluongo, Jonathan Cohen (12 de Fevereiro de 2009). Eminem's 'Bottle' Breaks Digital Record (em inglês) Billboard. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  41. Paul Grein (5 de Julho de 2012). Chart Watch Extra: Idol vs. Idol (em inglês) Yahoo! Music. Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  42. a b Kelly Clarkson - Chart History » Canadian Hot 100 (em inglês) Billboard. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  43. a b Certificações (Canadá) (single) – Kelly Clarkson – My Life Would Suck Without You (em inglês) Music Canada. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  44. a b Canadian Hot 100 Year-End 2009 (em inglês) Billboard. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  45. a b ARIA Charts – Accreditations – 2009 Singles Australian Recording Industry Association. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  46. The Prodigy album invades chart (em inglês) BBC News (1 de Março de 2012). Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  47. Official Charts Analysis: Cheryl's Call My Name sells 152k in week one (em inglês) Music Week (18 de Junho de 2012). Página visitada em 12 de Agosto de 2012.
  48. Die ganze Musik im Internet: Charts, News, Neuerscheinungen, Tickets, Genres, Genresuche, Genrelexikon, Künstler-Suche, Musik-Suche, Track-Suche, Ticket-Suche - musicline.de (em alemão) Media Control Charts. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  49. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em inglês) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  50. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em alemão) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  51. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em alemão) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  52. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em francês) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  53. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em inglês) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  54. Archive Chart (em inglês) The Official Charts Company. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  55. Hitparáda - RADIO TOP100 Oficiálna (em esloveno) IFPI Czech Republic. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  56. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em inglês) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  57. Kelly Clarkson - Chart History » Hot 100 (em inglês) Billboard. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  58. Kelly Clarkson - Chart History » Pop Songs (em inglês) Billboard. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  59. Kelly Clarkson - Chart History » Adult Pop Songs (em inglês) Billboard. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  60. Kelly Clarkson - Chart History » Dance/Club Play Songs (em inglês) Billboard. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  61. European Hot 100 Singles 2009-03-21 (em inglês) Billboard.biz. Página visitada em 11 de Agosto de 2012. Cópia arquivada em 11 de Agosto de 2012.
  62. Chart Track (em inglês) Irish Singles Chart. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  63. European Hot 100 Singles 2009-03-21 (em inglês) Billboard.biz. Página visitada em 11 de Agosto de 2012. Cópia arquivada em 11 de Agosto de 2012.
  64. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em inglês) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  65. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em neerlandês) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  66. Archive Chart (em inglês) The Official Charts Company. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  67. RADIO TOP100 Oficiální (em tcheco/checo) ifpicr.cz. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  68. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em alemão) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  69. Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You (em inglês) Hung Medien. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  70. ARIA Charts - End Of Year Charts - Top 100 Singles 2009 (em inglês) ARIA. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  71. Top 100 Music Hits, Top 100 Music Charts, Top 100 Songs & The Hot 100 (em inglês) Billboard. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  72. Certificações (Nova Zelândia) (single) (em inglês) Recorded Music NZ. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  73. Certificações (Reino Unido) – My Life Would Suck Without You (em inglês) British Phonographic Industry. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  74. My Life Would Suck Without You - Single by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  75. My Life Would Suck Without You - Single by Kelly Clarkson (em inglês) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  76. My Life Would Suck Without You: Kelly Clarkson (em alemão) Amazon. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  77. My Life Would Suck Without You - EP by Kelly Clarkson (em português) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  78. My Life Would Suck Without You - EP by Kelly Clarkson (em francês) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  79. My Life Would Suck Without You - EP by Kelly Clarkson (em português) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.
  80. My Life Would Suck Without You - EP by Kelly Clarkson (em francês) iTunes Store. Página visitada em 11 de Agosto de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]