My Stepmother Is an Alien

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
My Stepmother Is an Alien
A Minha Madrasta É Um Extraterrestre (PT)
Minha Noiva É uma Extraterrestre (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1988 • cor • 105 min 
Direção Richard Benjamin
Produção Franklin R. Levy
Ronald Parker
Produção executiva Jerry Weintraub
Art Levinson
Laurence Mark
Roteiro Jerico Stone
Herschel Weingrod
Timothy Harris
Jonathan Reynolds
Não acreditado:
Richard Benner
Leslie Bricusse
Debra Frank
Susan Rice
Paul Rudnick
Carl Sautter
Elenco Dan Aykroyd
Kim Basinger
Jon Lovitz
Alyson Hannigan
Gênero Comédia romântica
Ficção científica
Idioma Inglês
Música Alan Silvestri
Cinematografia Richard H. Kline
Edição Jacqueline Cambas
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 9 de dezembro de 1988
Brasil 27 de abril de 1989
Portugal 19 de maio de 1989
Orçamento US$26,000,000[1]
Receita US$13,854,000 (US) [2]
Página no IMDb (em inglês)

My Stepmother Is an Alien (Minha Noiva É uma Extraterrestre (título no Brasil) ou A Minha Madrasta É Um Extraterrestre (título em Portugal)) é um filme de comédia de ficção científica estadunidense de 1988 produzida pela Entertainment Group Weintraub para a liberação através da Columbia Pictures, dirigido por Richard Benjamin e estrelado por Dan Aykroyd e Kim Basinger, com performances de destaque por Jon Lovitz e Alyson Hannigan.[3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O astrofísico americano Steven Mills cria um poderoso feixe de raios que é lançado no espaço, ameaçando um planeta numa longínqua galáxia. O planeta ameaçado envia uma nave à Terra e um extraterrestre surge na forma de uma sexy loira sob o nome de Celeste Martin. Esta, que aprendeu a língua e os costumes humanos através da televisão, exibe uma série de bizarros comportamentos que só a filha adolescente de Steven parece notar, como por exemplo, beber o ácido de uma bateria ou meter a mão em àgua a ferver. O bizarro comportamento e os disparates de Celeste divertem Steven que se apaixona por ela. Celeste apenas pretende que Steven salve o seu planeta mas no meio de um inesperado romance inter-galáctico, vai perdendo o sentido da sua missão.

"A Minha Madrasta é uma Extraterrestre" é uma divertida e simpática comédia romântica em atmosfera de Ficção Científica, sobre as atribulações de um cientista que se apaixona por uma bela e sexy loira que é na verdade um extra-terrestre em busca de uma solução para salvar o seu planeta da destruição. Richard Benjamin explora com muito humor os equívocos e os disparates de comportamento de um ser da outra galáxia que casa com um cientista da Terra que vive a maior parte do tempo na "Lua". Um filme recheado de gags de belo efeito e servido por um excelente trabalho de efeitos especiais e visuais, com destaque para a fabulosa e polivalente bolsa da extra-terrestre, aliás, interpretada com inegável charme e graça por Kim Basinger frente ao sempre bonacheirão Dan Aykroyd.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

  • O escritor do original My Stepmother Is an Alien, Jerico Stone, viu a história como uma alegoria escura sobre abuso de crianças, e foi assim que foi lançado o filme para Paramount Pictures em 1981.[4] [5]
  • Shelley Long foi originalmente escalada como Celeste, mas desistiu devido a circunstâncias desconhecidas.[6]
  • O filme entrou em fotografia principal em 29 de fevereiro de 1988, bem como envolto em maio daquele ano.[4] [8] Algumas filmagens tiveram lugar em Thousand Oaks, na Califórnia.[9] A praia que Celeste se estabelece no começo do filme é a mesma praia de Beverly Hills, 90210.[7] O filme foi lançado nos Estados Unidos em 9 de dezembro de 1988,[10] e foi comercializado com o slogan "Um milhão de anos-luz de casa, ela encontrou um marido, uma enteada e um cão."

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme ganhou críticas negativas, Recebeu 13% no Rotten Tomatoes. 5.[11] [12] [13]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme não foi bem sucedido.[1] O filme foi lançado em 9 de dezembro de 1988 e inaugurado em 7º, arrecadando $2,066,980 no fim de semana de abertura. Ele faturou $13,854,000 nos EUA.[2]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

O álbum da trilha sonora foi lançada pela Polydor Records.

  1. Room to Move - Animotion (4:12)
  2. Not Just Another Girl - Ivan Neville (4:05)
  3. Be the One - Jackie Jackson (4:15)
  4. I Like the World - Cameo (6:11)
  5. One Good Lover - Siren (3:51)
  6. Hot Wives - Dan Aykroyd (2:53)
  7. Pump Up the Volume - M.A.R.R.S. (4:06)
  8. Enjoy - Alan Silvestri (2:54)
  9. The Klystron - Alan Silvestri (5:33)
  10. The Celeste - Alan Silvestri (4:56)
  11. Kiss - Art of Noise com a participação de Tom Jones (3:30)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]