Myasishchev M-4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
M-4 / 3M
Myasischev 3MD (em russo: 3МД) no Museu da Força Aérea Monino Central (Moscou)
Descrição
Fabricante Myasishchev
Missão Bombardeiro Estratégico
Tripulação 8
Dimensões
Comprimento 47,20 m
Envergadura 50,50 m
Altura 14,10 m
Área (asas) 326,35 m²
Peso
Tara 79.700 kg
Peso total 138.500 kg
Peso bruto máximo 181.500 kg
Propulsão
Motores 4 × Mikulin AM-3A turbojatos
Força (por motor) 85,75 kN
Performance
Velocidade máxima 947 km/h
Alcance bélico 5.600 km
Alcance 8.100 km
Tecto máximo 11.000 m
Armamento
Metralhadoras 9 canhões 23 mm NR-23 ou 6 canhões 23 mm AM-23 nos barbetes ventrais, dorsais e da cauda. 1.100 projéteis nos barbetes ventrais e dorsais e 2.000 no barbete da cauda
Mísseis/Bombas Até quatro mísseis podiam ser carregados externamente
Notas
Tipicamente 9.000 kg de bombas em compartimentos internos. Até 24.000 kg poderiam ser carregados, incluindo bombas nucleares e convencionais

O Myasishchev M-4 Molot (em russo: Молот (Hammer), nome dado pela Força Aérea dos Estados Unidos como "Type 37",[1] [2] e nome pela OTAN: 'Bison'.[3] ) é um bombardeiro estratégico quadri-motor projetado por Vladimir Mikhailovich Myasishchev e fabricado pela União Soviética nos anos de 1950 para suprir a necessidade de um bombardeiro capaz de atacar alvos na América do Norte. A empresa Myasishchev foi então formada para construir tal bombardeiro.

Projeto e Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Um Myasishchev M-4 Soviético em 1982.

Voando logo após o primeiro voo do Boeing B-52 Stratofortress, o M-4 inicialmente impressionou os oficiais Soviéticos. O M-4 foi apresentado ao público pela primeira vez na Praça Vermelha, em 1954. Entretanto, logo tornou-se claro que o bombardeiro não tinha alcance suficiente para atacar os Estados Unidos e ainda retornar para a União Soviética. Apenas alguns dos originais M-4 foram colocados em serviço.

Para solucionar este problema, a Myasishchev apresentou o modelo 3M, conhecido no oeste como 'Bison-B', que era consideravelmente mais potente que a versão anterior. Este novo modelo voou pela primeira vez em 1955. Entre outras coisas, dois dos cinco originais barbetes para metralhadoras foram retirados para deixar a aeronave mais leve.

Operators[editar | editar código-fonte]

 União Soviética

Referências[editar | editar código-fonte]