Nádia Mikhailovna de Torby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nádia Mikhailovna
Marquesa de Milford Haven
Condessa de Torby
Nádia de Torby
Governo
Consorte George Mountbatten, 2.º Marquês de Milford Haven
Vida
Nascimento 28 de Março de 1896
Wiesbaden, Nassau, Império Alemão
Morte 22 de janeiro de 1963 (66 anos)
Cannes, França
Filhos Tatiana Isabel Mountbatten
David Mountbatten, 3.º Marquês de Milford Haven
Pai Miguel Mikhailovich da Rússia
Mãe Sofia de Merenberg

Nádia Mikhailovna Mountbatten, Marquesa de Milford Haven (28 de Março de 1896 - 22 de Janeiro de 1963) foi a segunda filha do Grão-duque Miguel Mikhailovich da Rússia e da sua esposa, a Condessa Sofia de Merenberg. Era a irmã mais nova de Anastásia Mikhailovna de Torby.

Os seus avós paternos eram o Grão-duque Miguel Nikolaevich da Rússia e a Princesa Cecília de Baden. Miguel era o filho mais novo do czar Nicolau I da Rússia e da Princesa Carlota da Prússia. A sua mãe era uma neta de Alexandre Pushkin, que, por sua vez, era um bisneto de Abraão Petrovich Gannibal, o protegido africano de Pedro, o Grande.

Com a alcunha de "Nada", casou-se com o Príncipe Jorge de Battenberg, mais tarde 2º Marquês de Milford Haven, em Londres, no dia 15 de Novembro de 1916. Juntos tiveram dois filhos:

  1. Lady Tatiana Elizabeth Mountbatten (16 de Dezembro de 191715 de Maio de 1988), que morreu sem se casar.
  2. David Mountbatten, 3º Marquês de Milford Haven (12 de Maio de 1919 – 14 de Abril de 1970) que era o pai do actual Marquês.

Durante o julgamento de custódia de Gloria Vanderbilt, uma antiga criada dela sugeriu uma possível relação homossexual entre Nádia e Gloria. Nádia foi uma das testemunhas do julgamento. Antes de viajar para os Estados Unidos para testemunhar, Nádia negou publicamente o depoimento da criada, dizendo ser "um conjunto de mentiras maliciosas e terríveis".

Nádia morreu em Cannes, França, em 1963.

Referências[editar | editar código-fonte]