Nódulo de Schmorl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nódulo de Schmorl
Nódulo de Schmorl observado ao raio-X de coluna lombar
Classificação e recursos externos
CID-10 M51.4
CID-9 722.30
DiseasesDB 32386
Star of life caution.svg Aviso médico

Nódulos de Schmorl são protrusões da cartilagem do disco intervertebral que penetram na vértebra adjacente.[1]

Quadro clínico[editar | editar código-fonte]

Pessoas portadoras de nódulos de Schmorl podem ser sintomáticas ou assintomáticas. Já se sabe que há relação direta entre os nódulos e a presença de dor nas costas.

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

Os nódulos de Schmorl podem ser detectados no raio-X comum de coluna, no entanto sua imagem é melhor na tomografia computadorizada ou ressonância magnética.

Fisiopatologia[editar | editar código-fonte]

Os nódulos de vertebral são pequenas depressões na superfície dos corpos vertebrais, resultado das pressões exercidas pelos discos cartilagineos, o que provoca a herniação e o deslocamento do tecido dos discos intervertebrais para os corpos vertebrais adjacentes.

Geralmente estão associados à doença de Scheuermann que se refere a uma deformidade na coluna torácica ou lombar, decorrente de osteocondrose dos centros de ossificação secundária dos platôs dos corpos vertebrais.

Epônimo[editar | editar código-fonte]

Os nódulos de Schmorl recebem o nome em homenagem ao patologista alemão Christian Georg Schmorl (1861-1932).[1]

[2] [2]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nódulo de Schmorl

Referências