N-Metiltiramina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
N-Metiltiramina
Alerta sobre risco à saúdeNV
N-Methyltyramine.svg
Nome IUPAC 4-[2-(metilamino)etil]fenol
Outros nomes Metil-4-tiramina
Identificadores
Número CAS 370-98-9,
13062-76-5 (cloridrato)
PubChem 9727
Propriedades
Fórmula química C9H13NO
Massa molar 151.2 g mol-1
Compostos relacionados
Fenetilaminas relacionados Tiramina
Hordenina (N,N-Dimetiltiramina)
Metilfenetilamina (sem a hidroxila)
Desoxiadrenalina (mais uma hidroxila no fenol)
Sinefrina (uma hidroxila no etil)
Foledrina (em vez do etil, propil; 4-[2-(metilamino)propil]fenol))
P-Metoxi-N-metilfenetilamina (metoxi no lugar da hidroxila)
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

N-Metiltiramina é um composto químico do grupo das fenetilaminas. Ocorre naturalmente nas plantas do gênero Ariocarpus, e em outras sementes, juntamente com outros compostos, como tiramina, hordenina (N,N-Dimetiltiramina) e candicina.[1] É produzida por metilação de tiramina [2] e é a base conjugada do catião N-Metiltiramínio.[3] Está sendo estudada para o tratamento do sistema cardiovascular, com base no uso de Zhiqiao e Zhishi na medicina tradicional chinesa.[4]

Referências

  1. R. Hegnauer: Chemotaxonomie der Pflanzen, Band 2: Monocotyledoneae, S. 169; ISBN 978-3-76430165-1.
  2. VAXA: Tyramin
  3. CHEBI: N-methyltyramine
  4. Hson-Mou Chang, Paul Pui-Hay, Sih-Cheng Yao: Pharmacology and Applications of Chinese Material Medical, S. 820–823; ISBN 978-981023694-6 ([google books]).