NCIS: Los Angeles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TV Future Icon.svg
NCIS: Los Angeles é uma série em exibição.
As informações podem mudar rapidamente. Editado pela última vez em 25 de outubro de 2014.

[[1]]

NCIS: Los Angeles
NCIS: Los Angeles
NCIS: Los Angeles (PT/BR)
Informação geral
Formato Série
Gênero Drama
Duração 45 minutos
Estado Em exibição
Criador(es) Shane Brennan
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Produtor(es)
executivo(s)
Shane Brennan
Cinematografia Santa Clarita California
Distribuída por CBS Television Distribuction
Elenco Chris O'Donnell
LL Cool J
Daniela Ruah
Eric Christian Olsen
Linda Hunt
Barrett Foa
Renée Felice Smith.
Localização Estados UnidosEstados Unidos
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos CBS
N.º de temporadas 5[1]
N.º de episódios 112(ja exibidos) (lista de episódios)
Cronologia
Programas relacionados NCIS
NCIS: New Orleans
JAG

NCIS: Los Angeles (no Brasil, NCIS: Los Angeles e em Portugal, Investigação Criminal - Los Angeles) é o primeiro spin-off da série americana NCIS (Naval Criminal Investigative Service), e conta com a participação de Chris O'Donnell (G. Callen), LL Cool J (Sam Hanna) e da atriz portuguesa Daniela Ruah (Kensi Blye). A série se passa em uma divisão de NCIS, o Departamento de Projetos Especiais (OSP - Office of Special Projects) localizados em Los Angeles.

Em Portugal a série estreou a 10 de Janeiro de 2010, com um episódio duplo no canal generalista TVI, e é emitida todos os domingos à tarde. No dia de estreia um dos episódios foi o programa mais visto do canal TVI.[carece de fontes?] No Brasil, estreou no dia 3 de março, no canal pago A&E, com a emissão de dois episódios inéditos e seguidos, sempre às quartas-feiras, com reapresentações durante a semana.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

NCIS: Los Angeles é um drama sobre o Departamento de Projetos Especiais (OSP - Office of Special Projects), uma divisão da NCIS que tem a missão de prender criminosos que significam uma ameaça à segurança da nação. Assumindo identidades falsas e utilizando a tecnologia mais avançada, esta equipe de agentes especializados vivem no mundo dos disfarces, colocando suas vidas em risco para derrotar seus alvos. O Agente Especial "G" Callen é um camaleão que se transforma em quem quer que seja para se infiltrar no mundo do crime. Seu parceiro é o Agente Especial Sam Hanna, um antigo membro da Marinha e ex-Seal, que já passou pelo Afeganistão e Iraque, e é especializado em equipamentos de monitorização para acompanhar os colegas que saem em campo e mantê-los longe dos perigos. Há também a Agente Especial Kensi Blye, a inteligentíssima filha de um marinheiro que adora a adrenalina de seu trabalho e seu parceiro é Marty Deeks, oficial de ligação da polícia de Los Angeles. À frente da equipe está Henrietta "Hetty" Lange, que providencia todos os disfarces e equipamentos para seus colegas. Armados com tecnologia de ponta e constantemente enviados para missões arriscadas, os membros desta equipe dependem um do outro para fazer o que é preciso para proteger os interesses de seu país.


Produção[editar | editar código-fonte]

O inicio da gravação foi em 28 de abril de 2009. A série contém 5 temporadas completas, com um total de 120 episódios exibidos na TV americana, tendo sido renovada pela CBS para uma sexta temporada.

NCIS: Los Angeles é o primeiro spin-off da série de sucesso NCIS, ela própria um spin-off de outra série da CBS, JAG. A segunda temporada começou a ser exibida em 21 de setembro de 2010. Em 18 de maio de 2011, a CBS renovou a série para uma terceira temporada. Em 18 de agosto de 2011, a CBS anunciou que a série teria um crossover (cruzamento) com outra série da emissora, Hawaii 5-0, com a participação de Daniela Ruah como convidada em um episódio da série. Em 11 de Janeiro de 2012, a CBS anunciou um segundo crossover das duas séries, com Daniel Dae Kim e Scott Caan com astros convidados em um episódio da segunda temporada de Hawaii 5-0 e em um episódio da terceira temporada de NCIS: Los Angeles.

Em 14 de março de 2012, a CBS renovou NCIS: Los Angeles para uma quarta temporada. Em 6 de fevereiro de 2013 Miguel Ferrer foi promovido a uma série regular para a próxima temporada. Em 27 de março de 2013, a CBS renovou NCIS : Los Angeles para uma quinta temporada. A quinta temporada estreou em 24 de setembro de 2013. Em 13 de março de 2014, a CBS renovou a série para uma sexta temporada.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagens Principais[editar | editar código-fonte]

  • Agente Especial Senior de Campo Chefe G. Callen

Interpretado por Chris O'Donnell, chefe da equipe, Callen desconhece seu primeiro nome que se inicia com G. Trabalhou em várias missões no exterior (inclusive na Sérvia e na Rússia com o Agente Especial Gibbs da série NCIS), especializado na Europa. Sabe falar russo, espanhol, italiano, romeno, entre outros idiomas. É especialista em disfarces, transformando-se em qualquer personagem quando necessário. Antes de entrar para NCIS Callen também era um agente da Agência Central de Inteligência. Durante este tempo ele foi parceiro de Tracy Rosetti com quem se casou usando disfarçadamente o sobrenome Keller, depois de uma missão em que ela colocou o sucesso da operação acima das parcerias profissionais e pessoais, os dois se divorciaram.

No episódio piloto da série ("Legends part 2" de NCIS), ele quase foi morto em um tiroteio. Mais tarde Callen e a sua equipe descobrem que o tiro estava relacionado com uma missão que Callen participou contra a máfia russa, como um agente da DEA, dez anos antes.

Callen teve um passado conturbado, viveu em 37 casas de adoção, a partir dos cinco anos de idade, e o periodo mais longo que ele já esteve numa casa de adoção foi durante três meses quando tinha 14 anos, quando ele morava com a família de uma menina russa chamada Alina Rostoff. É revelado através de flashbacks, no final da temporada dois que Callen passou pelo menos parte de sua infância na costa romena do Mar Negro. Ao longo da primeira temporada, Callen esta sem-teto, ficando temporariamente com seus vários colegas de NCIS e às vezes no centro de operações; na estreia da 2ª temporada, Hetty faz com que Callen compre uma casa própria, a mesma casa onde ele vivia com Alina Rostoff como filho adotivo.

Sua mãe Clara era uma agente da CIA que Hetty tinha treinado. Ela esteve em missão na Roménia e após um ano de missão, Clara desapareceu ressurgindo seis anos depois com dois filhos, desesperada para sair da Roménia, acabando por ser morta numa praia pelo clã Comescu, ficando Callen e a irmã orfãos. Posteriormente é revelado que Hetty acompanhou as infâncias de Callen e de sua irmã por vários orfanatos e casas de adoção.

No final da primeira temporada Callen identifica uma mulher chamada Amy que seria sua irmã, porém descobre que ela na verdade chamava-se Hannah Lawson e que conhecera a verdadeira Amy num orfanato em que ambas viviam. Amy havia morrido num acidente aos 11 anos, mas por equívoco as autoridades trocaram os nomes das meninas, e Amy foi enterrada com o nome de Hannah. Com isso Callen descobriu não ter mais nenhum parente vivo, no entanto a identidade e o paradeiro de seu pai continuam a ser um mistério.

  • Agente Especial Senior de Campo Sam Hanna

Interpretado pelo rapper LL Cool J. Parceiro de Callen e seu grande amigo, é um ex-Seal que leva a sério o sentimento de grupo. Fala árabe e é especialista na cultura do Oriente Médio. Sam é uma pessoa extremamente determinada, o seu sonho em criança era se tornar um operador de equipe SEAL, e antes de se alistar na Marinha, ele nem sabia nadar. Ele às vezes pode se tornar emocionalmente envolvido em seus casos, como demonstrado pela sua estreita relação com Moe (um órfão sudanês que ele trouxe para os EUA depois de ter matado seu pai durante uma missão no Chade ha quase uma década), por sua promessa a um comandante da Marinha de resgatar sua filha sequestrada, apesar de o caso ser oficialmente do FBI; e pela sua recusa em desistir de procurar pelo companheiro Dominic Vail após ter sido sequestrado.

  • Agente Especial Junior de Campo Kensi Blye

Interpretada pela atriz portuguesa Daniela Ruah. Parceira de Deeks, Kensi é a filha de um fuzileiro morto. Ele foi assassinado quando ela tinha quinze anos. Seu corpo estava tão irreconhecível que ele tinha que ser identificados através do uso de registros dentários. Este caso estava por resolver por muitos anos, mas num dos episódios foi finalmente resolvido. Sabe ler lábios e é fascinada em carros. Fala português, espanhol e francês. Ela é muito talentosa com o trabalho secreto, e Callen e Sam ja a chamaram de "operadora natural". Seu primeiro parceiro foi agente Dom Vail, depois este foi morto e na segunda temporada tornou-se parceira de Marty Deeks, havendo entre eles uma tensa atração mútua.

  • Oficial de Ligação NCIS/LAPD Marty Deeks

Interpretado por Eric Christian Olsen, é dado a ele o cargo de Oficial de Ligação NCIS/polícia de Los Angeles no primeiro episódio da segunda temporada. Quando Deeks tinha 11 anos atirou no seu pai problemático que frequentemente abusava dele, Gordon John Brandel. Seu pai morreu em um acidente de carro logo que saiu da prisão. Tem humor acirrado e é parceiro de Kensi.

  • Operador técnico Eric Beale

Interpretado por Barret Foa. Operador técnico da equipe, tem papel fundamental no controle da tecnologia utilizada, muitas vezes manipulando câmeras de trânsito e invadindo redes e satélites, a fim de obter uma vantagem para os agentes. É nerd, gosta de surf e usa bermudas. Hetty desaprova seu traje (normalmente de shorts e chinelo de dedo e, em duas ocasiões de pijamas), mas o tolera devido a suas habilidades.

  • Analista de Inteligência Nell Jones

Interpretada por Renée Felice Smith. É a parceira de Eric, atuando também como operadora técnica e analista de inteligência. É bem humorada e leva seu trabalho muito a sério. Às vezes participa de ações de campo com o restante da equipe. Vive em atrito com o colega Eric, mas por vezes demonstra gostar dele.

  • Gerente de Operações de NCIS em Los Angeles Henrietta "Hetty" Lange

Interpretada por Linda Hunt. Hetty é a gerente de operações de NCIS em Los Angeles, controlando todos os gastos e as necessidades da equipe. Sempre tem conselhos para dar e é intimidadora, causando muito medo nas outras pessoas. Foi um dos últimos sobreviventes da Guerra Fria,e tem um acesso sem precedentes com as unidades de inteligência e defesa, que ela não hesita em explorar quando necessário para o sucesso de uma missão ou para proteger as vidas de seus agentes. Sua bebida favorita é o chá. Tem um passado obscuro com várias coisas a se descobrir. Para além disso é muito inteligente.

  • Diretor Assistente do NCIS Owen Granger

Interpretado por Miguel Ferrer. Diretor assistente designado pelo diretor do NCIS Leon Vance para acompanhar as operações da equipe em Los Angeles, é misterioso e cínico, parecendo muitas vezes agir por interesse próprio. Granger não é bem visto pela equipe, mas é tolerado por força de seu cargo. Desde a terceira temporada foi creditado como personagem recorrente, passando ao elenco principal a partir da 5ª temporada.

Personagens Recorrentes[editar | editar código-fonte]

  • Dominic Vail como Agente probatório do NCIS OSP

Interpretado por Adam Jamal Craig, integrou a equipe do OSP como Agente em treinamento na primeira temporada da série. Desapareceu após ser sequestrado por um grupo terrorista radical. No episódio 1.21 ("Found") a equipe consegue descobrir seu paradeiro e tenta resgatá-lo, porém Vail morre baleado em um telhado ao proteger o Agente Hanna. Sua morte foi muito sentida pelos membros da equipe.

  • Nate Getz como Psicólogo Operacional

Interpretado por Peter Cambor. Atua como psicólogo operacional da equipe, apoiando as suas missões através da elaboração de perfis de alvos e acompanhamento permanente da saúde mental dos membros da equipe OSP. Cambor foi listado como um membro do elenco principal durante toda a primeira temporada, mas foi rebaixado ao status de recorrente no início da 2ª temporada e desde então faz aparições eventuais em episódios da série.

  • Lauren Hunter como Gerente de Operações do NCIS

Interpretada por Claire Forlani. Substituiu Hetty no comando do OSP começo da 3ª temporada. Fala italiano, russo, romeno, polonês, francês e outra língua não identificada. Era uma ótima atiradora, e parecia saber muito sobre o obscuro passado de Callen. Foi morta numa explosão provocada pelo criminoso conhecido como "o Camaleão".

  • Mike Renko como Agente Especial

Interpretado por Brian Avers. Era um agente de campo do NCIS OSP, normalmente trabalhando à paisana. No final da 3ª temporada foi baleado por um atirador e morreu em decorrência dos ferimentos sofridos.

  • Trent Kort como Oficial da CIA

Interpretado por David Dayan Fisher. Trabalhou com G quando era da CIA. Normalmente aparece no NCIS em DC.

  • Arkady Kolcheck como ex-agente da KGB e amigo de Callen

Interpretado por Vyto Ruginis. É um ex-agente da KGB e era o contato da DEA em uma operação contra a máfia russa. Mandou algumas mensagens a G,dizendo que ele corria risco de ser atacado,como aconteceu no episodio Legend parte 2 na série NCIS, onde Callen ficou em estado critico por conta dos ferimentos causados pelos tiros que recebeu.

  • Michelle Hanna (também conhecida como Quinn) como esposa de Sam Hanna

Interpretada por Aunjanue Ellis, é uma ex-agente da CIA. Após seu afastamento da Agência, casou-se com Sam e ambos tiveram uma filha, mas posteriormente retornou à ativa, atuando quase sempre como infiltrada. Sam mostra-se muito protetor e preocupado com as perigosas missões dela, a ponto de às vezes contrariar ordens expressas do NCIS para ajudá-la, porém ela sempre mostra ser capaz de cuidar de si mesma.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

NCIS: Los Angeles teve recepção mista por parte da crítica especializada. Em sua 1ª temporada, com base de 22 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 59% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 8.1, usada para avaliar a recepção do público.[2]

Referências

  1. NCIS: Los Angeles renovada para sua 6ª temporada (13 de Março de 2014 (2014-03-13)). Visitado em 13 de Março de 2014 (2014-03-13).
  2. NCIS: Los Angeles (em inglês) Metacritic. Visitado em 10 de setembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]