NDCC Almirante Saboia (G-25)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
NDCC Almirante Saboia (G-25)
ex-RFA Sir Bedivere (L3004)
NDCC Almirante Saboia (G-25) em maio de 2009
Carreira   Bandeira da marinha que serviu Reino Unido
Operador Marinha Real Britânica
Fabricante Hawthorn Leslie
Homônimo Bedivere (Cavaleiro da Távola Redonda)
Batimento de quilha outubro de 1966
Lançamento 20 de julho de 1966
Comissionamento 18 de maio de 1967
Descomissionamento 18 de fevereiro de 2008
Porto de registo Marchwood, Hampshire
Estado Vendido para o Brasil
Carreira Naval Jack of Brazil.svg
Nome NDCC Almirante Saboia (G-25)
Operador Marinha do Brasil
Homônimo Almirante Henrique Saboia
Comissionamento 21 de maio de 2009
Características gerais
Tipo de navio Navio de assalto anfíbio
Classe Classe Round Table conhecida como Classe Sir Lancelot
Deslocamento 6 700 t (14 800 000 lb)
Comprimento 137 m (449 ft)
Boca 20 m (65,6 ft)
Calado 3,98 m (13,1 ft)
Propulsão 2 x motores Mirrless Blackstone à diesel
2 x hélices
Velocidade 17 kn (31,5 km/h)
Autonomia 8 000 m.n. (14 800 km) à 15 kn (27,8 km/h)
Armamento 4 x canhões Oerlikon de 20 mm (0,787 in)
4 x metralhadoras de 7,62 mm (0,300 in)
Equipamentos especializados Plataforma de pouso para helicópteros, sem hangar.
Tripulação 49

O NDCC Almirante Saboia (G-25) é um navio de desembarque de carros de combate (NDCC) da Marinha do Brasil [1] . Seu nome é uma homenagem ao Ministro da Marinha, no período de 15 de março de 1985 a 15 de março de 1990, Henrique Saboia.

Foi incorporado à Royal Navy com o nome de RFA Sir Bedivere em 18 de maio de 1967 e desincorporado em 18 de fevereiro de 2008, participando da Guerra das Malvinas e da Guerra do Golfo.

Foi incorporado a Marinha do Brasil em 21 de maio de 2009, na cidade de Falmouth - Inglaterra.

Foi nomeado como primeiro Comandante o CMG OSCAR MOREIRA DA SILVA FILHO.

  • Chefe de Intendência CC (IM) SAMUEL NOGUEIRA;
  • Chefe de Máquinas CC MARCOS ALVES;
  • Chefe de Operações CC GUSTAVO SANT´ANNA; E
  • Chefe de Armamento CC WAGNER GOULART.

Em 6 de agosto, pela Ordem do Dia N.º4/2009, em cumprimento a Portaria nº260/MB de 24/07/2009, teve a sua subordinação transferida da Diretoria-Geral de Material da Marinha (DGMM) para o Comando de Operações Navais (ComOpNav) e para o Comando do 1º Esquadrão de Apoio. O navio é empregado no transporte de tropa e carga em Operações Anfíbias, Ribeirinhas e de Apoio Logístico Móvel e por ocasião dessas operações, pode executar transbordos de pessoal; Movimento Navio-Terra (MNT), por superfície ou helitransportado; abicagens; Operações Aéreas; bem como lançamentos e recolhimentos de Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf)

"RFA Sir Bedivere"

Notas

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.