National Football League

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de NFL)
Ir para: navegação, pesquisa
National Football League
Temporada ou competição atual:
Temporada atual Temporada de 2014
Esporte Futebol americano
Fundada 20 de agosto de 1920[1]
CEO Roger Goodell
Temporada inaugural 1920
País(es)  Estados Unidos
Equipes 32
Atual campeão Seattle Seahawks
Maior campeão Green Bay Packers (13 títulos)
Site oficial NFL.com

A National Football League (em português: Liga Nacional de Futebol Americano; abreviação oficial: NFL) é a maior liga de futebol americano do mundo, com trinta e dois times nos Estados Unidos. Em termos de renda e número de fãs, a NFL é a maior liga de esportes na América do Norte e uma das maiores do mundo.[2] O valor médio dos clubes avaliado em 2008 é de 1,04 bilhão de dólares, sendo o mais valioso o Dallas Cowboys, que chega a valer 1,612 bilhão de dólares. A divisão mais valiosa da NFL é a NFC Leste, formada por Cowboys, Washington Redskins, New York Giants e Philadelphia Eagles, todos valendo mais de um bilhão de dólares.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A idéia de criação de uma liga de futebol americano profissional veio de Jim Thorpe, medalhista olímpico e treinador do Canton Bulldogs e Leo Lyons, dono do Rochester Jeffersons, times que disputavam a Ohio League, eles foram inspirados no sucesso da Major League Baseball, contudo seus planos foram adiados devido a Primeira Guerra Mundial e a gripe espanhola.

Década de 1920[editar | editar código-fonte]

Pôster do Akron Pros, campeão da temporada de 1920.

Em agosto de 1920 em Canton, Ohio, a liga foi formalizada com o nome de American Professional Football Association com os times da Ohio League, mais os times de Buffalo All-Americans e Rochester da New York league, mais Detroit e Hammond, num total de 11 times, Jim Thorpe foi eleito o presidente da liga, contudo apenas 4 times participaram de todos os jogos do calendário. Dos times que jogaram a primeira temporada apenas 2 ainda existem, o Chicago Cardinals (atual Arizona Cardinals) e o Decatur Staleys (atual Chicago Bears). O Green Bay Packers foi criado em 1919, mas só entrou na liga em 1921. O nome National Football League foi adotado em 1922.

Década de 1930[editar | editar código-fonte]

Na temporada de 1933 houve uma significativa mudança na liga, pela primeira vez ela faria mudanças nas regras do esporte (antes utilizava as regras do universitário), também houve a separação das conferências leste e oeste e também foi adotado o sistema de playoffs. Em 1936 a liga adotou o sistema de drafts para a contratação de jogadores.

Década de 1940[editar | editar código-fonte]

Com o fim da Segunda Guerra Mundial surgiu uma nova liga em 1946 para rivalizar com a NFL, era a AAFC (All-America Football Conference), apesar de atrair grande público a liga não conseguiu sucesso devido a dominação do Cleveland Browns e acabou em 1949.

Década de 1950[editar | editar código-fonte]

Em 1950 houve a primeira fusão da NFL com a AAFC, e os times do Cleveland Browns, o Baltimore Colts e o San Francisco 49ers entraram para a NFL, ainda no mesmo ano o Los Angeles Rams foi o primeiro time da liga a ter jogos televisionados. O futebol americano profissional começou a ganhar popularidade com o Jogo de Campeonato da NFL em 1958, que viu recordes de audiência na televisão e um jogo muito emocionante decidido na prorrogação, até então o futebol americano universitário era mais popular que o profissional, e até hoje em algumas regiões dos Estados Unidos ainda é.

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

Em 1960 surgiu a AFL (American Football League). Formada para competir com a NFL, ela introduzia o jogo profissional para novas regiões do país e novas inovações para o jogo.

A competição entre a duas ligas era muito cara, mas ambas conviveram em razoável trégua até o New York Giants, da NFL, assinar contrato com Pete Gogolak, considerado o chutador mais revolucionário da história da liga, em 1965.[4] Em poucas semanas, jogadores estabelecidos na NFL assinaram contrato com times da AFL, o que fez a liga mais antiga passar a levar a sério sua concorrente.[4]

Em 1966 as duas decidiram juntar-se em uma liga com duas conferências (começando no ano de 1970), decidindo o campeão em um jogo único a cada ano, o Super Bowl. Os 10 times da AFL, mais alguns times da NFL viraram parte da AFC (American Football Conference). Os times restantes da NFL constituíram a NFC (National Football Conference).

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

Com as duas grandes ligas juntas começou um grande crescimento do futebol americano profissional no país, foram criadas mais divisões em cada conferência, o que fez aumentar o número de times que disputavam os playoffs, a temporada de 1972 viu o único campeão invicto da história da liga, o Miami Dolphins, em 1977 entraram na liga o Seattle Seahawks e o Tampa Bay Buccaneers expandindo a liga para 28 times, completando a meta estabelecida para essa quantidade de times na fusão da AFL com a NFL, em 1978 os playoffs passaram a conter 10 times, com o sistema wildcard.

Década de 1980[editar | editar código-fonte]

Uma greve dos jogadores em 1982 fez reduzir os jogos da temporada para 9 para cada time, um sistema especial de playoffs foi adotado contendo 16 times. Em 1987 outra greve dos jogadores fez a quantidade de jogos diminuir para 15. Em 1988 o Cardinals se transferiu de St. Louis para Phoenix.

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Em 1990 os playoffs passaram a conter 12 times adicionando mais 2 aos wildcards. Em 1995 houve uma expansão para 30 times com a entrada do Carolina Panthers e do Jacksonville Jaguars e a realocação de 2 times de Los Angeles, o Rams que se transferiu para St. Louis e o Raiders que se transferiu para Oakland. Em 1997 o Houston Oilers se transferiu para Nashville e em 1999 mudou o nome para Tennessee Titans.

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

Em 2002 houve um reagrupamento de 3 para 4 divisões por conferência, também no mesmo ano houve o ingresso do 32º time o Houston Texans.

Transmissões[editar | editar código-fonte]

A liga é exibida nos Estados Unidos por 5 canais de televisão (CBS, NBC, Fox Sports, ESPN e NFL Network) que juntos pagam aproximadamente 3,1 bilhões de dólares por ano pelos direitos de exibição.

No Brasil, no início da década de 90 o Super Bowl era exibido pela Band, atualmente a liga é exibida pelos canais ESPN na TV fechada e pela TV Esporte Interativo na TV aberta. Em Portugal o Super Bowl e um jogo por semana são transmitidos pela ESPN Internacional, ao vivo.

Formato da Liga[editar | editar código-fonte]

Hoje em dia a liga está organizada em duas conferências: a Conferência Nacional (NFC) e a Conferência Americana (AFC), sendo que em cada uma das conferências há quatro divisðes (Norte, Sul, Leste, e Oeste), com quatro times por divisão.

Conferência americana Conferência nacional
Norte 4 times 4 times
Sul 4 times 4 times
Leste 4 times 4 times
Oeste 4 times 4 times

Pré-temporada[editar | editar código-fonte]

Entre agosto e setembro cada equipe faz quatro jogos de exibição contra outras equipes da NFL, sendo que dois desses jogos são em seus estádios. Os jogos são úteis para novos jogadores que não estão acostumados em jogar para um grande público. Os dirigentes usam os jogos para avaliar jogadores recém-contratados. Os veteranos geralmente jogam apenas aproximadamente um período de jogo para diminuir o risco de contusões.

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Jogo válido pelos Playoffs da NFL entre Jets e Patriots

A temporada regular é disputada entre os meses de setembro e dezembro, cada rodada tem 16 jogos ao longo das 17 semanas, sendo que cada time tem direito a ter uma semana de folga. As rodadas da NFL acontecem nos finais das semanas, com a maioria aos domingos, incluindo o famoso Sunday Night Football e na segunda-feira acontece outra tradição do futebol americano, o Monday Night Football, um único jogo é exibido apenas pela ESPN. O critério de disputa dos jogos são:

  • Jogos de ida-e-volta contra equipes da mesma divisão: (6 jogos), uma vez que cada divisão é composta por 4 equipes
  • Um jogo contra cada equipe de uma divisão da mesma conferência: (4 jogos), fazendo uma rotação. Assim a cada 3 temporadas um time joga contra todos os outros da mesma conferência.
  • Um jogo contra cada equipe de uma divisão da outra conferência: (4 jogos), fazendo uma rotação. Assim a cada 4 temporadas um time joga contra todos os outros da outra conferência.
  • Dois jogos contra equipes das divisões que sobraram da mesma conferência, definidas através de um sistema de cálculos adotado pela NFL: cada equipe joga uma vez contra as outras equipes que terminaram na mesma posição em suas próprias divisões na temporada anterior

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Chave dos playoffs

Os playoffs (ou mata-matas) são disputados no mês de janeiro. É disputada em jogos únicos por 12 times, os 8 campeões das 8 divisões, mais os 2 melhores de cada conferência que não ganharam sua divisão (o chamado Wild-Card). Os playoffs de cada conferência são separados e disputados por seis times cada.

Em cada conferência, os 4 campeões de divisão são classificados com os números de 1 a 4, na ordem da melhor campanha na temporada regular. Os dois times de Wild-Card recebem os números 5 e 6. Na primeira semana dos playoffs, chamada de "Wild Card Weekend" (em geral o primeiro fim de semana de janeiro), o time 3 pega o time 6 e o time 4 pega o 5, enquanto os times 1 e 2 não jogam. A segunda semana é chamada de "Divisional Playoff", e corresponde às semifinais da conferência. O time 1 pega o pior time que avançou do "Wild Card Weekend", e o time 2 pega o melhor time a ter avançado do "Wild Card Weekend". Finalmente, na terceira semana há a final da conferência. Todos os confrontos são em jogo único disputado na casa do melhor time (com a melhor classificação na temporada regular).

Super Bowl[editar | editar código-fonte]

O Super Bowl é como é chamada a final da NFL. Disputado em um jogo único sempre no primeiro domingo de fevereiro em uma sede pré definida. Os campeões da American Conference e da National Conference decidem o campeonato.

Equipes[editar | editar código-fonte]

US National Football League Teams Location-en.svg

American Football Conference
Divisão Time Estádio Cidade Fundação
East Buffalo Bills Ralph Wilson Stadium Buffalo, New York 1959
Miami Dolphins Sun Life Stadium Miami, Flórida 1966
New England Patriots Gillette Stadium Foxborough, Massachusetts 1959
New York Jets MetLife Stadium East Rutherford, Nova Jérsei 1960
North Baltimore Ravens M&T Bank Stadium Baltimore, Maryland 1996
Cincinnati Bengals Paul Brown Stadium Cincinnati, Ohio 1968
Cleveland Browns FirstEnergy Stadium Cleveland, Ohio 1946
Pittsburgh Steelers Heinz Field Pittsburgh, Pensilvânia 1933
South Houston Texans NRG Stadium Houston, Texas 2002
Indianapolis Colts Lucas Oil Stadium Indianápolis, Indiana 1953
Jacksonville Jaguars EverBank Field Jacksonville, Flórida 1995
Tennessee Titans LP Field Nashville, Tennessee 1960
West Denver Broncos Sports Authority Field at Mile High Denver, Colorado 1960
Kansas City Chiefs Arrowhead Stadium Kansas City, Missouri 1960
Oakland Raiders O.co Coliseum Oakland, Califórnia 1960
San Diego Chargers Qualcomm Stadium San Diego, Califórnia 1960
National Football Conference
Divisão Time Estádio Cidade Fundação
East Dallas Cowboys AT&T Stadium Arlington, Texas 1960
New York Giants MetLife Stadium New York, New York 1925
Philadelphia Eagles Lincoln Financial Field Filadélfia, Pensilvânia 1933
Washington Redskins FedEx Field Landover, Maryland 1932
North Chicago Bears Soldier Field Chicago, Illinois 1919
Detroit Lions Ford Field Detroit, Michigan 1929
Green Bay Packers Lambeau Field Green Bay, Wisconsin 1919
Minnesota Vikings Hubert H. Humphrey Metrodome Minneapolis, Minnesota 1961
South Atlanta Falcons Georgia Dome Atlanta, Georgia 1966
Carolina Panthers Bank of America Stadium Charlotte, Carolina do Norte 1995
New Orleans Saints Mercedes-Benz Superdome New Orleans, Luisiana 1967
Tampa Bay Buccaneers Raymond James Stadium Tampa, Flórida 1976
West Arizona Cardinals University of Phoenix Stadium Glendale, Arizona 1898
St. Louis Rams Edward Jones Dome St. Louis, Missouri 1936
San Francisco 49ers Levi's Stadium San Francisco, Califórnia 1946
Seattle Seahawks CenturyLink Field Seattle, Washington 1976

Estádios[editar | editar código-fonte]

O FedEx Field em Washington com capacidade de 91.704 espectadores inaugurado em 1997 é um dos maiores estádios da NFL.

Atualmente a NFL conta com 31 estádios, sendo que o maior é o AT&T Stadium utilizado pelo Dallas Cowboys em Arlington no estado do Texas. Esse estádio comporta de 80.000 até 111.000 torcedores. 23 estádios são do tipo campo aberto, 3 são semi cobertos (com portas sobre o campo que abrem e fecham) e 6 são totalmente cobertos.

Os estádios dos times da NFL são ótimos, pertos de auto-estradas (nos Estados Unidos, Freeway/s) Banheiros em ótimas condições, estacionamento amplo, lanchonetes, loja dentro do estádio e assentos em todo o estádio.

Para se ter uma idéia, o Bank Of America Stadium em Charlotte, Carolina do Norte foi inaugurado em 1993, é um dos estádios mais antigos, (20 dos 31 foram inaugurados ou passaram por grandes reformas na década de 1990).

Jogos fora dos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Fora da temporada[editar | editar código-fonte]

Entre 1950 e 1983 houve vários jogos envolvendo equipes da NFL no Canadá, principalmente contra equipes da CFL.

Pré-temporada[editar | editar código-fonte]

Os jogos da pré-temporada começaram com o American Bowl, foram disputados 40 jogos entre 1986 e 2004, a primeira edição foi no Estádio de Wembley em Londres, nesse tempo, os jogos também passaram por Barcelona, Montreal, Toronto, Vancouver, Osaka, Tóquio, Berlin, Cidade do México, Monterrey, Sydney e Dublin.

Houve 3 jogos de pré-temporada que não são considerados no American Bowl, dois em Montreal em 1998 e um em Gotemburgo na Suécia em 1993.

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

O primeiro jogo da temporada regular da NFL fora dos Estados Unidos aconteceu em 2 de outubro de 2005, no Estádio Azteca na Cidade do México entre o Arizona Cardinals e o San Francisco 49ers, curiosamente esse jogo é o que detém o maior público da história da NFL com 103.467 espectadores.

Em 2007 no Wembley Stadium, em Londres, aconteceu o segundo jogo internacional da NFL, quando o New York Giants enfrentou o Miami Dolphins, vencendo por 13 a 10. O público foi grande pelo esperado: 81 mil pessoas foram assistir ao jogo. O gramado teve que ser restaurado para o jogo da seleção inglesa.

Em 2008 também no Wembley Stadium, San Diego Chargers e New Orleans Saints jogaram diante de 83 mil pessoas. Os Saints venceram por 37 a 32.

Como o sucesso dos dois jogos em Londres, a NFL marcou outro jogo por lá, entre Tampa Bay Buccaneers e New England Patriots no dia 25 de outubro de 2009 pela temporada regular 2009. Os Patriots venceram por 35 a 7.

Comissionários e Presidentes[editar | editar código-fonte]

  1. Presidente Jim Thorpe (1920-1921)
  2. Presidente Joseph Carr (1921-1939)
  3. Presidente Carl Storck (1939-1941)
  4. Comissionário Elmer Layden (1941-1946)
  5. Comissionário Bert Bell (1946-1959)
  6. Presidente Interino Austin Gunsel (1959-1960, após a morte de Bell)
  7. Comissionário Alvin "Pete" Rozelle (1960-1989)
  8. Comissionário Paul Tagliabue (1989-2006)
  9. Comissionário Roger Goodell (2006- presente)

Escritorio da Liga[editar | editar código-fonte]

Jogadores[editar | editar código-fonte]

Na NFL o número da camisa dos jogadores é selecionado pela posição em campo do mesmo, de modo que se torne mais fácil a identificação dos jogadores pelos juízes e fãs. Esse sistema foi adotado pela liga em 5 de Abril de 1973.[5]

  • Quarterbacks, kickers e punters: 1 a 19
  • Wide receivers: 10 a 19 e 80 a 89
  • Running Backs e Defensive Backs: 20 a 49
  • Offensive Linemen: 50 a 79
  • Linebackers: 50 a 59 e 90 a 99
  • Defensive Linemen: 60 a 79 e 90 a 99
  • Tight Ends: 80 a 89

Taças, Equipe e Individuais[editar | editar código-fonte]

Vince Lombardi Trophy, ganho pela equipe campeã do Super Bowl.

Referências

  1. Official NFL Record and Fact Book. [S.l.]: Workman Publishing Company, 2002. 387 pp. Visitado em 30 de janeiro de 2013.
  2. 2011 NFL Football Attendance ESPN. Visitado em 20 de julho de 2012.
  3. "Football's Most Valuable Teams". Forbes. Página acessada em 24 de fevereiro de 2013.
  4. a b "The Way We Were", "Monday Morning Quarterback", Peter King, SI.com, 1 de dezembro de 2008, acessado em 1 de dezembro de 2008
  5. Sistema de numeração do uniforme

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]