NTSC-J

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

NTSC-J é um padrão de sistema analógico de televisão e vídeo para a região do Japão.

É baseado no NTSC original, com pequenas diferenças. O nível de preto e o nível de apagamento do sinal NTSC-J são idênticos (em zero IRE), uma vez que usa o padrão PAL, enquanto que, em NTSC, o nível de preto é ligeiramente superior (7,5 IRE) que o nível de apagamento. Devido à forma como este aparece na onda, o nível mais elevado preto é também chamado pedestal. Uma vez que a diferença é muito pequena, é suficiente uma ligeira alteração do ajuste de brilho.

As frequências de RF no ar, em uso no Japão, não coincidem com as do padrão NTSC nos EUA. Há também diferenças internacionais na atribuição de frequências para outros serviços, tais como rádio FM. A codificação da sub-portadora estéreo também difere entre NTSC-M/MTS e os padrões de difusão Japoneses.

O termo NTSC-J também é usado para distinguir regiões no console de jogos de vídeo, que utilizam televisores. NTSC-J é usado como o nome da região de jogos do Japão-daí o "J", Sudeste Asiático e da Coréia do Sul (anteriormente parte do Sudeste Asiático com Hong Kong, Taiwan, Japão, etc), sendo os dois últimos, Coreano ou Chines, versões traduzidas.

A maioria dos jogos designados como parte desta região não irá executar em hardware designados como parte do NTSC-M, PAL (ou PAL-E, Europa) ou NTSC-C (para a China), principalmente devido às diferenças regionais do PAL (SECAM também foi utilizado no início dos anos 90) e padrões NTSC. Muitos sistemas de vídeo mais velhos não permitem jogos de diferentes regiões, porém consoles mais modernos deixam a proteção ao critério dos editores, como a Xbox 360 da Microsoft, ou descontinuar o seu uso, como o PlayStation 3 da Sony.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.