Nafta (combustível)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nafta, como disponível no mercado.

A nafta (do árabe, naft ) é um derivado de petróleo utilizado principalmente como matéria-prima da indústria petroquímica (“nafta petroquímica” ou “nafta não-energética”) na produção de eteno e propeno, além de outras frações líquidas, como benzeno, tolueno e xilenos. A nafta energética é utilizada para geração de gás de síntese através de um processo industrial (reformação com vapor d'água). Este gás é utilizado na produção do gás canalizado doméstico.

A nafta petroquímica é um líquido incolor, com faixa de destilação próxima à da gasolina. Este derivado é utilizado como matéria-prima pelas três Centrais Petroquímicas existentes no Brasil - Braskem (Bahia e Rio Grande do Sul) e Petroquímica União (São Paulo), que o processam obtendo como produtos principais, eteno, propeno, butadieno e correntes aromáticas.

A Petrobras é a única produtora de nafta petroquímica no Brasil, atendendo parcialmente à procura nacional com produção própria e com importações. As Centrais Petroquímicas realizam importações por conta própria, para complementar suas necessidades.

Referência[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um Combustível é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.