Naldo Benny

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Naldo Benny
Benny no Carnaval da Bahia em 2013.
Informação geral
Nome completo Ronaldo Jorge Silva
Também conhecido(a) como Naldo, Benny, Naldo Benny
Nascimento 19 de abril de 1979 (35 anos)
Local de nascimento Rio de Janeiro Rio de Janeiro, RJ
 Brasil
Origem Bonsucesso, Rio de Janeiro
Gênero(s) Pop, dance, hip-hop, electropop, R&B, Gospel, Funk melody (início da carreira)
Ocupação(ões) Cantor, compositor, dançarino
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1996–presente
Gravadora(s) Deckdisc
Afiliação(ões) Naldo & Lula, Wanessa e Thalles Roberto
Influência(s) Chris Brown, Kanye West, Usher, Jay-z,Michael Jackson
Página oficial Site oficial

Ronaldo "Naldo" Jorge Silva (Rio de Janeiro, 19 de abril de 1979), mais conhecido pelo seu nome artístico Naldo Benny, é um cantor, dançarino e compositor brasileiro. Ele lançou seu álbum de estreia, Na Veia, em 2009.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Naldo nasceu em 19 de abril de 1979 no bairro Bonsucesso, Rio de Janeiro. Seu pai é soldador elétrico e a mãe dona de casa. .[2] Filho de família protestante, ele começou a cantar em uma igreja ao lado de sua casa, ainda criança.[3] Aos 15 anos fez aulas de canto e de vários instrumentos musicais.

1996–2008: Carreira com Naldo & Lula[editar | editar código-fonte]

Em 1996 formou dupla com seu irmão Lula e começou a cantar em eventos e bares.[4] [5] Em 1999 chegaram a gravar um disco pela EMI que não foi lançado por problemas burocráticos. O CD continha composições dos dois irmãos. Segundo Naldo, era um disco altamente pop, que já dava uma dica do cantor que ele viria a se tornar. Em 2001 lançaram o single físico promocional da música “Chinelada”. Pouco tempo depois lançaram o primeiro e único álbum da dupla Naldo & Lula pelo selo BMG. Porém, devido a pouca divulgação, tanto a música como o CD não tiveram repercussão nas rádios. Segundo entrevista a rádio FM O Dia, Naldo não gostava muito e achava que não tinha a ver com ele, portanto, hoje em dia considera como início da carreira a fase a partir de 2005. [6] [7]

Suas músicas lançadas a partir de 2005 fizeram sucesso relativo nas rádios e festas do Rio de Janeiro e de algumas outras cidades próximas. A primeira canção lançada em várias rádios da cidade foi ‘’Tá Surdo’’, em 2005, com produção de DJ Marlboro.[8] Já o primeiro sucesso a nível nacional foi ‘’Como Mágica’’, em 2007, que alcançou rádios de todo o país ficando entre as mais tocadas e levando a dupla à diversos programas de TV como Domingão do Faustão, Eliana, entre outros.[9] [10] Pouco antes do fim da dupla, em 2008, o segundo CD com as recentes músicas lançadas estava quase pronto, porém, não chegou ser lançado.[11] Em 2008 seu irmão Lula foi encontrado carbonizado em uma favela do Rio de Janeiro, depois de um mês desaparecido.[12]

2009–2012: Na Veia e Na Veia Tour[editar | editar código-fonte]

Em 2009 assinou contrato com a editora discográfica Deckdisc e começou a trabalhar em seu primeiro trabalho solo. Nesse mesmo ano lançou, pelo selo Deckdisc, seu primeiro álbum de estúdio, Na Veia, que contou com 12 composições de sua autoria sozinho e com parceiros, dentre as quais "Na Veia", "Como Mágica" (com Lula) e "Seu Jorge" (com Alexandre Pires e Lula).[13]

Em 2011 lançou o álbum ao vivo Na Veia Tour, gravado durante um show realizado no Citibank Hall no Rio de Janeiro, que contou com o repertório de antigos sucessos como "Chantilly", "Me chama que eu vou", "Meu corpo quer você", e ainda com quatro inéditas "Eu venci", "Eu quero você", "Outra vez" e "Minha Cinderela". Nesse show recebeu como convidados os artistas Xande de Pilares, Preta Gil e Buchecha. Nesse mesmo ano a gravação de "Meu corpo quer você", com a participação de Preta Gil, foi incluída na trilha sonora da novela Salve Jorge, da Rede Globo. Teve composições interpretadas por vários artistas, dentre os quais Belo, Perla, Elba Ramalho, Roupa Nova e Claudinho e Buchecha.[13]

2013–presente: Multishow Ao Vivo[editar | editar código-fonte]

Com o sucesso, Naldo anunciou que estaria mudando seu nome artistico para 'Naldo Benny'.Ele explicou à rádio BEAT98 que Benny vem do hebraico e significa "abençoado".[3] Naldo namora com a mulher-fruta Ellen Cardoso. Ele tem um filho de 16 anos, Pablo.[14] Em maio de 2013 lançou um disco de vinil, Benny Elétrico, contendo seus últimos singles em versões de estúdio e remixes.[15] [16] No mesmo ano lança seu segundo álbum ao vivo, Multishow Ao Vivo Naldo Benny, com participações de Ivete Sangalo e Preta Gil.

2014—presente: Novos rumos[editar | editar código-fonte]

Naldo disse em entrevista que mantém um laço de amizade com os pastores da Assembléia de Deus, onde seus pais são guardiões, e afirmou que seus pais não condenam as letras e estilo de suas músicas. “Eles sabem que é o meu trabalho, que estou conseguindo o meu sustento com o suor do meu rosto. Isso é bíblico, isso é de Deus”.

O cantor revelou ainda que tem escrito muitas músicas gospel, e que por falta de tempo não gravou um CD só de músicas evangélicas.

“Escrever músicas cristãs destinadas somente para Deus me faz muito bem. Procuro não me fixar no lado religioso, pois respeito todas as religiões, mas dou muito valor a família e a fé.”

Naldo Benny encontra-se em negociações com a gravadora Som Livre Gospel e planeja parceria com o Cantor Gospel Thalles Roberto.

Características artísticas[editar | editar código-fonte]

Estilo musical e influências[editar | editar código-fonte]

Logotipo da Marca Naldo Benny Oficial.

Suas músicas são classificadas como dos gêneros funk melody, hip hop, dance pop e pop. Naldo disse que não se interessa pelo "funk proibido", afirmando: "Eu nem entro neste universo, acho que não precisa ser assim. Dá para fazer um som para cima, animado, com nível e sem perder a classe."[1] Ele cita Chris Brown e Kanye West como suas influências musicais.[17]

Composições[editar | editar código-fonte]

Como o próprio cantor afirma suas composições de música funk não apelam para uma linguagem erótica. O crítico musical Silvio Essinger relatou: "Acho o show dele ótimo" [...] "Naldo tem uma voz acima da média, com extensão. E conhece os artifícios para conquistar o público. Desde apelar para o sentimentalismo, ao falar do irmão, até alternar entre momentos R&B e algo mais.[18]

Em 6 de fevereiro de 2013, Marina Simões, do Diario de Pernambuco, publicou um artigo escrito por Tiago Barbosa afirmando que o artista encontrou um flanco aberto para o gosto musical brasileiro a partir da repaginação do funk e da mistura desenvolvida com pitadas da música eletrônica [...] Considerado o Chris Brown brasileiro, Naldo removeu os termos mais pesados do estilo proibidão dos hits executados nos bailes cariocas e imprimiu uma cadência dançante – sem perder a malícia e a sensualidade características das composições. As canções dele falam de amor, de balada, de relacionamento sem a idealização levada ao extremo do romantismo ou o apelo erótico explícito habitual dos MCs. A dosagem entre a medida certa de sentimento e realidade, a exemplo do fenômeno visto com o sertanejo universitário, permitiu ao cantor ser pop e desfrutar de prestígio entre públicos distintos e avessos a rótulos pregados nos estilos dos quais ele próprio se alimenta.[19]

Apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

Durante o ano de 2012, Naldo fez apresentações em diversos programas televisivos nacionais. Em 7 de outubro de 2012, o artista fez uma apresentação ao vivo de "Amor de Chocolate" no programa televisivo brasileiro Domingão do Faustão.[20] O artista também apresentou a canção juntamente com "Exagerado" no programa televisivo Caldeirão do Huck em 15 de setembro e em 26 de junho no Legendários juntamente com "Meu corpo quer Você", ambos em 2012.[21] [22]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Programa Função Emissora
2013 Domingo da Gente Apresentador Rede Record
2013 Sai do Chão Apresentador Rede Globo

Naldo & Lula

Referências

  1. a b Camila Juliotti. Naldo Benny: O príncipe do pop Rede Bom Dia. Página visitada em 30 de dezembro de 2012.
  2. Valmir Moratelli. Naldo: "É bonito ver os globais querendo entrar no meu camarim" IG. Página visitada em 6 de janeiro de 2013.
  3. a b Em rádio, cantor explica mudança de sua assinatura para Naldo Benny Ego.com. Página visitada em 5 de janeiro de 2013.
  4. Naldo - Biografia Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Página visitada em 30 de dezembro de 2012.
  5. 'Não vou ficar preso ao funk e quero uma carreira mundial', diz Naldo (em português) globo.com.
  6. 'Não vou ficar preso ao funk e quero uma carreira mundial', diz Naldo (em português) globo.com.
  7. Sucesso ou deslumbre? Cachê de Naldo pula para R$ 120 mil (em português) O Dia-Portal iG.
  8. Naldo vem a BH após gravar clipe nos Estados Unidos (em português) Portal Uai/Divirta-se.
  9. Naldo vem a BH após gravar clipe nos Estados Unidos (em português) Portal Uai/Divirta-se.
  10. Naldo (em português) G1-Globo.
  11. Naldo (em português) G1-Globo.
  12. Naldo - Biografia Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Página visitada em 30 de dezembro de 2012.
  13. a b Naldo - Dados artísticos Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Página visitada em 30 de dezembro de 2012.
  14. Naldo quer a carreira internacional e sonha em ter uma filha O Fuxico. Página visitada em 5 de janeiro de 2013.
  15. Naldo Benny leva 'Na Veia Tour' Jornal do Brasil. Página visitada em maio de 2013.
  16. Naldo – Vinil “Benny Elétrico" naldonaveia. Página visitada em maio de 2013.
  17. Renato Damião (22 de outubro de 2012). Naldo muda nome para Naldo Benny e diz estar vivendo fase "abençoada" UOL. Página visitada em 5 de janeiro de 2013.
  18. Maurício Meireles. A ascensão do cantor Naldo: de engraxate a ídolo popular Revista Época. Página visitada em 16 de fevereiro de 2013.
  19. Naldo, um sucesso que está em toda parte Diario de Pernambuco (6 de fevereiro de 2013). Página visitada em 8 de fevereiro de 2013.
  20. Naldo canta ‘Amor de chocolate‘ e sacode o Domingão Globo TV. Globo.com (7 de outubro de 2012). Página visitada em 14 de novembro de 2012.
  21. Naldo agitou a plateia do Caldeirão com o hit 'Amor de Chocolate' Globo TV. Globo.com (15 de setembro de 2012). Página visitada em 14 de novembro de 2012.
  22. Naldo canta sucessos no palco do Legendários R7 (26 de junho 2012). Página visitada em 14 de novembro de 2012.
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Naldo Benny