Natalie Merchant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Natalie Merchant
Natalie merchant2.jpg
Informação geral
Nome completo Natalie Anne O'Shea Merchant
Origem Jamestown, NY
País  Estados Unidos
Gênero(s) pop-rock
Período em atividade 1981 - presente
Afiliação(ões) 10,000 Maniacs

Natalie Anne O'Shea Merchant (Jamestown, 26 de outubro de 1963) é cantora estadunidense, ex-integrante da banda de rock alternativo 10,000 Maniacs, com quem permaneceu de 1981 a 1993.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Sua origem é italiana e irlandesa. Os pais se separaram quando Natalie era ainda criança, ficando a guarda com a mãe. Posteriormente, sua mãe se casa com um professor. Hoje, Natalie é casada e tem uma filha, chamada Lucia.[1] [2] [3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Natalie em 1984 com os 10,000 Maniacs

Merchant foi cantora na banda 10,000 Maniacs, desde sua formação, em 1981, enquanto estudava na no Jamestown Community College. A princípio ela não tinha conhecimento de canto, mas acabou assumindo os vocais, junto com John Lombardo (guitarra, vocais), Rob Buck (guitarra), Steve Gustafson (baixo), Jerome Augustiniak (bateria) e Dennis Drew (teclados).

Em 1987, atingiu grande sucesso com o Album "In my Tribe", dois anos consecutivos na lista da Billboard e mais de um milhão de cópias vendidas. A turnê foi junto com a banda R.E.M.. Natalie se tornou grande amiga do vocalista Michael Stipe, dividindo interesses em assuntos sociais e políticos (ambos são democratas declarados). Embora a banda fosse como uma segunda família para Natalie, em 1992 os interesses dos membros foram se divergindo, culminando pela saída de Natalie da banda naquele mesmo ano, de forma amigável. Após o sucesso do álbum "MTV Unplugged" em 1993, Natalie deixa definitivamente a banda para ter carreira solo.

Seu primeiro álbum é Tigerlily, de 1995. Os singles lançados nos Estados Unidos tiveram boa venda na lista da Billboard: "Carnival", "Jealousy" e "Wonder". No Brasil, tais músicas foram veiculadas em rádios e na MTV.

Em 1998, Merchant lança Ophelia, uma álbum menos pop que o predecessor, dedicado ao escritor Allen Gisberg. Junto com o álbum, um vídeo (VHS apenas). Preocupada com efeitos ambientais dos CDs, foi uma das precursoras em lançar o CD em embalagens de papelão. Em 2001, o terceiro álbum gravado em estúdio, "Motherland" foi lançado nos Estados Unidos.

A partir das músicas tocadas na turnê de "Motherland", Natalie Merchant grava um disco com músicas folk tradicionais no The House Carpenter's Daughter, lançado em um selo próprio (Myth America).

Além disso, Natalie tem músicas gravadas com artistas como Michael Stipe, Susan McKeown, David Byrne, Tracy Chapman, Peter Gabriel, dentre outros. Gravou duas músicas em participação especial com Billy Bragg (and Wilco) as quais foram lançadas no álbum Mermaid Avenue de 1998.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com 10,000 Maniacs[editar | editar código-fonte]

Solo[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.guardian.co.uk/weekend/story/0,,1752946,00.html Guardian.com Retrieved on 05-09-07
  2. http://enjoyment.independent.co.uk/music/features/article320903.ece Enjoyment.independent.co.uk Retrieved on 05-09-07
  3. http://www.nataliemerchant.com/news/letters/2005/march8.php Nataliemerchant.com Retrieved on 05-09-07

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons