Nawaz Sharif

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nawaz Sharif
Primeiro-ministro do Paquistão
Período de governo - 1º de novembro de 1990
a 18 de julho de 1993
- 17 de fevereiro de 1997
a 2 de outubro de 1999
Antecessor(a) Ghulam Mustafa Jatoi (Interino) (1º)
Malik Meraj Khalid (Interino) (2º)
Sucessor(a) Moin Qureshi (Interino) (1º)
Pervez Musharraf (como Chefe do Executivo) (2º)
Vida
Nascimento 25 de Dezembro de 1949 (64 anos)
Lahore, Paquistão
Dados pessoais
Partido PML (N)

Mian Muhammad Nawaz Sharif, em urdu میاں محمد نواز شریف, (Lahore, 25 de dezembro de 1949) é um político paquistanês, que foi por duas vezes primeiro-ministro de seu país[1] . Seu partido político é o PML-N (grupo de Nawaz).

Vida[editar | editar código-fonte]

Ele tornou-se premier primeiramente em 1º de novembro de 1990, com uma plataforma governamental conservadora e prometendo o fim da corrupção. Seu mandato foi interrompido em 18 de abril de 1993, quando o presidente paquistanês Ghulam Ishaq Khan dissolveu a Assembléia Nacional e anunciou Balakh Sher Mazari como o novo primeiro-ministro. Menos de seis semanas depois, a Suprema Corte do Paquistão invalidou o presidente, reconstitutindo o parlamento e o retorno de Sharif ao poder em 26 de maio de 1993. Sharif renunciou ao gabinete em 18 de julho de 1993, após acusações de corrupção contra ele. Moin Qureshi o sucedeu interinamente, até que fossem realizadas novas eleições, que foram vencidas por Benazir Bhutto.

Ele é mais conhecido internacionalmente por ordenar que seu país realizasse testes nucleares em 1998, em resposta ao testes indianos, e por ter sido destituído do seu cargo através de um Golpe de Estado liderado pelo general Pervez Musharraf.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.