Nayah (cantora)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nayah, (nome verdadeiro: Sylvie Mestre, é uma cantora francesa.


Carreira[editar | editar código-fonte]

Nayah começou a sua carreira musical após seis anos de estudos na Academia de Música e Drama de Perpignan. Ela foi escolhida para representar a França no Festival Eurovisão da Canção 1999, que teve lugar em Jerusalém, Israel, onde interpretou o tema "Je veux donner ma voix ("Eu quero dar a minha voz"), terminando em 19.º lugar, entre 23 participantes.

Antes de participar no festival, a atenção da imprensa centrou-se no seu envolvimento no Raelianismo. Em 1988, lançou um CD intitulado "Elohim" que tinha temas relacionados com o Raelianismo. Apesar de a cantora ter confirmado que havia abandonado aquele movimento em 1996, temia-se que uma eventual vitoria da cantora fosse uma plataforma para dar uma maior visibilidade àquele movimento, mas a canção como vimos ficou mal classificada.

A cantora voltou novamente ao referido movimento e o movimento indica este facto como umas das causa para o ostracismo a que este movimento foi votado. Nayah Lançou um livro eletrónico chamado "Fiers d'être Raëlien" em 2005.[1] . Nayah defende essa obra que foi erro dela ter dito que tinha abandonado o movimento, quando ela era membro ativo.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1988: Elohim
  • 1999: MINOR ROAD 2 titles. I want to give my voice took 19th place in the Eurovision contest)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Fiers to be Raëlian

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Proud to be Raëlian, Nova Distribution. 2005. Retrieved 25 de novembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Marie Line
com Où aller
França no Festival Eurovisão da Canção
1999
Sucedido por
Sofia Mestari
with On aura le ciel
Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.