Nea Salamina Famagusta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nea Salamis Famagusta
Νome completo
Clube Atlético Nea Salamis Famagusta
Αθλητικό Σωματείο Νέα Σαλαμίς Αμμοχώστου
Fundado
7 de março de 1948 (66 anos)
Presidente
Andreas Paraskeva
Site
http://www.neasalamis.com.cy/

Nea Salamis Famagusta ou Nea Salamina Famagusta (nome oficial: Athletic Club Nea Salamis Famagusta) é um clube desportivo cipriota localizado em Famagusta. Fundado em 1948, deve o seu nome à cidade antiga de Salamina.

Hoje, o clube mantém secções masculinas de futebol and voleibol, e antigamente possuía departamentos de futebol feminino, tal como atletismo, desportos aquáticos a tênis de mesa.

História[editar | editar código-fonte]

Nea Salamina foi fundado em 7 de Março de 1948 para resolver um conflito político: os outros clubes de Famagusta, Evagoras Gymnastic Association GSE (em grego: Γυμναστικός Σύλλογος Ευαγόρας) e Anorthosis Famagusta FC, impuseram restrições a atletas de esquerda e, em Maio, os atletas do Nea Salamina recusaram-se a assinar uma declaração de "consciência nacionalista", e a Associação Atlética Amadora Helénica (SEGAS) proibiu-os de entrarem no Estádio GSE.

O Nea Salamina e outros clubes recentes similares fundaram a Federação de Futebol Amador de Chipre, responsável por organizar campeonatos e taças juntamente com a Associação de Futebol do Chipre. Eventualmente, os dois organismos fundiram-se em 1953, e o Nea tornou-se membro da CFA. Com a invasão turca de Chipre da parte norte da ilha em 1974, o clube tornou-se um "refugiado", localizando-se em Lárnaca a partir daí.

A secção masculina de futebol é a mais antiga do clube, tendo nascido em 1948. Os seus maiores feitos foram ganhar a Copa do Chipre e a Super Copa do Chipre em 1990, e os jogos caseiros são disputados no Estádio Ammochostos; de 2006 a 2010, também existiu uma equipa de futebol feminino.

A equipa de voleibol masculino é uma das mais importantes no país. Depois de organizar torneios locais com grande afluência de 1954 a 1975, decidiu finalmente criar uma equipa em Limassol, e veio a conquistar nove campeonatos nacionais, sete taças e oito supertaças, com seis campeonatos e taças consecutivas entre 1998 e 2003; joga no pavilhão Spyros Kyprianou Athletic Centre e, durante sete anos (1978 a 1985), teve uma secção feminina.


Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Gavreilides, Michalis; Papamoiseos, Stelios. In: Michalis. Ένας αιώνας Κυπριακό ποδόσφαιρο (em ). Nicósia: The writer, 2001. ISBN 9963-8720-1-8.
  • Meletiou, Giorgos. Κυπριακό ποδόσφαιρο 1900–1960 (em ). Nicósia: Power Publishing, 2011. ISBN 978-9963-688-87-6.
  • Papamoiseos, Stelios. Από την ενοποίηση... στ' αστέρια (Κυπριακό ποδόσφαιρο 1953-2013). Nicósia: Ο Συγγραφέας, 2013.
  • Stilianou, Pampos; Georgiou, Neofitos. In: Pampos. Νέα Σαλαμίνα, 40 χρόνια πρωτοπόρας αθλητικής πορείας (em ). Cyprus: Nea Salamina Famagusta, 1988.
  • Stilianou, Pampos. 50 χρόνια Νέα Σαλαμίνα 1948–1998 (em ). Chipre: Nea Salamina Famagusta, 1998. ISBN 9963-8370-0-X.
  • Stephanidis, Giorgos. 40 χρόνια κυπριακές ομάδες στην Ευρώπη (em ). Nicósia: Haravgi, 2003. ISBN 9963-8841-1-3.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página oficial

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nea Salamina Famagusta