Nefrídeo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Biologia.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde maio de 2012.

Nefrídeo ou celomadutos (nomeclatura mais atual) é um órgão encontrado em animais do filo Annelida e Molluscus. É uma espécie de bomba adaptada a retirar produtos de excreção do celoma e dos vasos sanguíneos que o cercam, e eliminá-los para fora do corpo pelos poros excretores ventrais, na forma de uma espécie de urina, rica em amônia e uréia, mantendo a estabilidade química do organismo.

Os animais que compõe o filo Annelida apresentam, por característica do filo, o corpo segmentado em anéis. Cada um desses anéis é composto normalmente por dois nefrídeos, que tem seu inicio em um segmento anterior e sua parte final em um segmento posterior.

Já os nefrídeos nos animais que compõe o filo Molluscus, as excretas são retiradas por um rim formado por tubos, algumas vezes ciliados.

Cada nefrídeo é formado por 3 partes: nefróstoma, um funil ciliado que recolhe os catabólitos na cavidade celomática; nefroduto, um canal sinuoso, internamente ciliado, que atravessa o anel e desemboca no nefridióporo, um poro excretor situado no anel seguinte.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.