Nematocisto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mecanismo de descarga do nematocisto

O nematocistos é a denominação dada a qualquer tipo de organela ou cápsula aderente que ocorre em todas as classes de celenterados exceto a Ctenophora. São distribuídos nos tentáculos em especial nas células epideriais ou cnidoblastos.[1]

Os nematocistos se abrem quando tocados e liberam substâncias tóxicas como a tetramina, a histamina, a serotonina e a 5-hidroxitriptamina. Essas substâncias afetam o SNC causando hemólise, insuficiência renal, erupções cutâneas, urticária, bolhas, necrose, dor etc.[2]

Referências

  1. Robert Alan Lewis (1998). Lewis' Dictionary of Toxicology. CRC Press. p. 734. ISBN 978-1-56670-223-2.
  2. Luiz Roberto Tommasi (2008). Meio Ambiente E Oceanos. Senac. p. 130. ISBN 978-85-7359-770-7.