Nena (supercontinente)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nena foi um supercontinente que surgiu há aproximadamente 1800 milhões de anos e que comprendia a Sibéria, a Báltica, a Gronelândia e a América do Norte.[1]

Nena uniu-se à Atlântica e Ur (que já era mais extenso) para formar Rodínia. O termo Nena é um acrónimo que deriva de "Norte da Europa e Norte da América".

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. A. V. Sankaran (2003), The supercontinent medley: Recent views, Current Science, Vol. 85, No. 8, pp. 1121-1123.