Neoptólemo I do Épiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Neoptólemo I (em grego: Νεοπτόλεμος Α' Ηπείρου; 370 a.C.357 a.C.) foi um rei do Épiro, e o pai de Olímpia do Épiro,[1] [2] a mãe de Alexandre, o Grande.

Segundo Pausânias, Neoptólemo e Arribas eram irmãos, filhos de Alcetas I do Épiro, filho de Tharypus, descendente de Pirro, filho de Aquiles; quinze gerações separam Thapyrus de Pirro, filho de Aquiles.[1] Neoptólemo I foi o pai de Olímpia [1] e de Alexandre I de Épiro,[3] e Arribas o pai de Eácides I, pai de Pirro,[1] o famoso rei do Épiro que lutou contra Roma.

Os reis do Épiro descendiam de Pielus,[4] filho de Pirro e Andrómaca,[1] e o Épiro teve apenas um rei,[3] desde sua conquista por Molosso,[4] filho de Pirro e Andrómaca,[1] até o reinado de Alcetas I.[3] Com a morte deste, seus filhos disputaram o trono, e concordaram em dividir o poder, reinando juntos.[3]

Segundo Juniano Justino, Olímpia, filha de Neoptólemo I, era prima-irmã de Arribas.[2] Arribas se casou com Troas, irmã de Olímpia, e foi Arribas que criou a princesa Olímpia.[2] O casamento de Olímpia com Filipe II da Macedónia, promovido por Arribas, acabou sendo sua ruína, pois Filipe o depôs e ele terminou seus dias no exílio.[2]

Referências

  1. a b c d e f Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.11.1
  2. a b c d Juniano Justino, Epítome das Histórias de Pompeius Trogus, Livro 7, 6 [em linha]
  3. a b c d Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.11.3
  4. a b Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.11.2