Neostigmina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrutura química de Neostigmina
Neostigmina
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
3-{[(dimethylamino)carbonyl]oxy}-N,N,N-trimethylbenzenaminium
Identificadores
CAS 59-99-4
ATC N07AA01
PubChem 5824
Informação química
Fórmula molecular C12H19N2O2 
Massa molar 223.294 g/mol
Farmacocinética
Biodisponibilidade Pouco conhecido, provavelmente menos que 5%
Metabolismo Hidrólise lenta pela acetilcolinsterase e também pelas esterase plasmáticas.
Meia-vida 50–90 minutos
Excreção Droga imutável (até 70%) e Metabólitos alcoólicos (30%) são excretados na urina
Considerações terapêuticas
Administração IV
DL50  ?

A Neostigmina é um colinomimético inibindo reversivelmente a enzima Acetilcolinesterase.

Foi sintetizada pela primeia vez em 1931 por Aeschlimann e Reinert.

Farmacologia[editar | editar código-fonte]

Por interferir na degradação de acetilcolina, a neostigmina estimula indiretamente os receptores nicotínicos e muscarínicos. Diferente da fisostigmina, a neostigmina possui um nitrogênio quartenário, portanto é mais polar e não consegue chegar ao Sistema Nervoso Central, e o efeito nos músculos esqueléticos é maior que o da fisostigmina. A neostigmina possui curta duração de ação, normalmente de 30 minutos a 2 horas. A Neostigmina se liga ao sítio aniônico da acetilcolinesterase. A droga se liga ao sítio da enzima impedindo a quebra de acetilcolina e consequentemente aumentando a concentração desta.

Usos clínicos[editar | editar código-fonte]

É usada para aumentar o tônus muscular em pessoas com miastenia gravis e rotineiramente, na recuperação pós-anestésica para reverter o efeito dos bloqueadores musculares não-despolarizantes como rocurônio e vecurônio. Seu uso na pós-anestesia é acompanhado com a administração conjunta de Atropina, para reverter os efeitos da estimulação do sistema nervoso parassimpático causado pelo agonismo dos receptores muscarínicos. Pode ser usada para a retenção urinária, causada pela anestesia geral. Outras indicações para o uso incluem a Síndrome de Olgivie, na qual há uma pseudo-obstrução crítica do cólon. A neostigmina pode causar bradicardia que pode ser revertida com o uso de atropina ou glicopirrolato

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Brenner, G. M. (2000). Pharmacology. Philadelphia, Penn.: W.B. Saunders Company. ISBN 0-7216-7757-6.
  • Canadian Pharmacists Association (2000). Compendium of Pharmaceuticals and Specialties (25th ed.). Toronto, ON: Webcom. ISBN 0-919115-76-4.
Ícone de esboço Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.