Nerol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nerol
Alerta sobre risco à saúde
Nerol.svg
Nome IUPAC (Z)-3,7-dimethyl-2,6-octadien-1-ol
Identificadores
Número CAS 106-25-2
Propriedades
Fórmula molecular C10H18O
Massa molar 154.25 g/mol
Densidade 0.881 g/cm3
Ponto de ebulição

224-225 °C at 745 mmHg

Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

O Nerol é o monoterpeno encontrado em muito dos óleos essenciais (como a erva-cidreira). Ele foi originalmente isolado do Óleo de néroli, donde veio seu nome. É um líquido incolor que possui aroma de rosa doce, sendo largamente usado na perfumaria, sendo é considerado mais refrescante.[1]

Nerol é o cis- isômero do geraniol, em que a ligação dupla é trans. Ele facilmente perde água e forma o dipenteno. Nerol podem ser sintetizado por pirólise de beta-pineno, resultando mirceno. A hidrocloração do mirceno resulta numa série de cloretos isoméricos, um deles converte-se ao acetato de nerila.

Referências

  1. Karl-Georg Fahlbusch, Franz-Josef Hammerschmidt, Johannes Panten, Wilhelm Pickenhagen, Dietmar Schatkowski, Kurt Bauer, Dorothea Garbe, Horst Surburg “Flavors and Fragrances” in Ullmann's Encyclopedia of Industrial Chemistry, Wiley-VCH, Weinheim, 2002. DOI:10.1002/14356007.a11_141.

Ver também[editar | editar código-fonte]