Neurotecnologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Neurotecnologia é qualquer tecnologia que exerce influência na compreensão que as pessoas têm do cérebro e dos vários aspectos da consciência, do pensamento e demais atividades cerebrais de alto nível. Também inclui tecnologias desenvolvidas no intuito de melhorar e reparar funções cerebrais e permitir a pesquisadores e clínicos visualizar o cérebro.[1]

O campo da neurotecnologia existe desde a primeira metade do século XX, mas tornou-se maduro somente em meados da década de 1980. A representação do cérebro por imagens revolucionou a área e estimulou o início de várias pesquisas visando o monitoramento direto de áreas do cérebro durante a realização de experimentos. De medicamentos farmacêuticos à varredura cerebral, a neurotecnologia passou a afetar diretamente a qualidade de vida da população de forma direta ou indireta, seja pelo uso de drogras como antidepressivos ou de exames da atividade cerebral.[2]

Tecnologias atuais[editar | editar código-fonte]

O campo da neurotecnologia abrange várias áreas de pesquisa e desenvolvimento, dentre as quais encontram-se:[3]

Referências

  1. What is Neurotechnology? (em inglês) Corante (3-3-2003).
  2. Brain work (em inglês) Nature (12-11-2008).
  3. What is Neurotechnology? (em inglês) WiseGeek. Visitado em 20-9-2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.