Tempestade do Cabo Hatteras em 2013

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Nevasca de fevereiro de 2013)
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de inglês. Ajude e colabore com a tradução.
Nevasca da América do Norte em 2013
Imagem de satélite da tempestade em 8 de fevereiro de 2013
Imagem de satélite da tempestade em 8 de fevereiro de 2013
Tipo de tempestade: Nor'easter e nevasca
Formada: 7 de fevereiro de 2013
Dissipada: 13 de fevereiro de 2013
Quantidade
máxima1
:
100 cm (40 polegadas)
Hamden, Connecticut[1] [2]
Menor
pressão
:
968 mbar (28, 6 hPa)[3]
Danos: Desconhecido
Fatalidades: 18
Áreas afetadas: Região Nordeste dos Estados Unidos, Províncias atlânticas do Canadá, Centro do Canadá, Reino Unido, República da Irlanda

1Nevada máxima ou formação de gelo

A Tempestade do Cabo Hatteras (também conhecida como a Tempestade de Inverno Nemo[4] [5] [6] [7] [8] ou Nevasca de 2013[9] [10] ) foi uma forte tempestade de inverno que teve origem na conjugação de duas áreas de baixas pressões,[11] , e que afetou, principalmente, a zona nordeste dos Estados Unidos e algumas regiões do Canadá. O resultado foi uma forte queda de neve e ventos com a força de um furacão. Mais tarde, a tempestade atravessou o Oceano Atlântico e afetou o Reino Unido e a República da Irlanda.[12]

O primeiro sistema de baixas-pressões, com origem nas Planícies do Norte dos Estados Unidos, produziu uma quantidade moderada de neve ao longo da região dos Grandes Lagos dos EUA e Canadá.[13] O segundo conjunto de baixas-pressões, teve a sua origem ao longo do estado do Texas e resultou em fortes chuvas e inundações na zona Sudeste e Atlântica dos EUA. Quando os dois sistemas climatéricos se encontraram ao largo da costa Nordeste em 8 de fevereiro de 2013, provocaram uma forte queda de neve numa vasta região a norte de Nova Jersey e desde Nova Iorque até à Nova Inglaterra e zona costeira do Maine e interior de Ontário.

A tempestade na Universidade Iorque, na cidade de Toronto, Canadá.

Queda de neve total em Boston, Massachusetts, atingiu 63 cm, a quinta maior já registrada na cidade. Nova Iorque, registrou, oficialmente, 29 cm de neve no Central Park, e Portland, Maine, registrou um recorde de 81 cm. Em Hamden, Connecticut foi registrado a maior tempestade de neve que atingiu os 100 cm. Muitas cidades vizinhas registraram pelo menos 30 cm de queda de neve. Para além da significativa queda de neve, foram registrados também rajadas de vento com força de furacão, que atingiram os 164 km/h na Nova Escócia, 143 km/h em Mount Desert Rock, Maine e 135 km/h ao largo da costa de Cuttyhunk, Massachussets.[14] [15] [16] Boston sofreu uma maré de tempestade de 1,3 m (acima da linha normal da maré alta), que foi a quarta maior registrada.[17] A tempestade prosseguiu, afetando a costa atlântica do Canadá, após ter atingido o nordeste dos Estados Unidos.

Foram emitidos estados de alerta e avisos em preparação para a tempestade. Os governadores declararam o estado de emergência em todos os estados da Nova Inglaterra e em Nova Iorque. Em toda a região houve voos cancelados em muitos aeroportos principais, com a proibição de viagens a ser colocada em prática em 8 de fevereiro em diversos estados. Centenas acabaram retidos em Long Island, na noite de 8 de fevereiro, em resultado da forte queda de neve. Uma combinação de ventos fortes e neve pesada e molhada deixou 700 000 clientes sem energia elétrica no pico da tempestade.[18] Pelo menos 18 mortes foram atribuídas à tempestade.[19] [20] [21] [22] [23] [24] [25] [26] [27]

História meteorológica[editar | editar código-fonte]

No final do dia 7 de fevereiro de 2013, a área de baixa pressão que aumentaria o Nor'easter do dia 13 de fevereiro teve uma pressão mínima de 1008 mbar (hPa; 29.71 inHg), e estava localizada acima da região norte da Flórida, enquanto se movia para o nordeste.[28]

Referências

  1. National Weather Service – Eastern Region Hydrometeorological Event Display
  2. Storm Summary Number 09 For Great Lakes And Northeast Major Winter Storm. NWS Hydrometeorolgical Prediction Center (February 9, 2013). Página visitada em February 9, 2013.
  3. Allison Monarski (February 9, 2013). Storm Summary Number 08 for Great Lakes and Northeast Major Winter Storm. NWS Hydrometeorolgical Prediction Center. Arquivado do original em February 9, 2013. Página visitada em February 9, 2013.
  4. Winter storm Nemo (em inglês). The Weather Channel (10 de fevereiro de 2013).
  5. Victorial Cavalieri (9 de fevereiro de 2013). Massive snowstorm Nemo strikes Northeast; at least 4 dead (em inglês). Daily News.
  6. Abby Borovitz (9 de fevereiro de 2013). Winter Storm Nemo blasts through East Coast (em inglês). MSNBC.
  7. David Klepper; Bob Salsberg (10 de fevereiro de 2013). Boston Blizzard: Northeast Snowed In As 'Nemo' Barrels Through (em inglês). The Huffington Post. Associated Press.
  8. Mark Koba (8 de fevereiro de 2012). Are Power Companies Better Prepared for Nemo Than Sandy?. CNBC.
  9. Blizzard of 2013 Brings Another Threat: Coastal Flooding. Climate Central (8 de fevereiro 2013). Página visitada em 2013-02-08.
  10. Pete Spotts. "Snowfall forecast for Blizzard of 2013 just got bigger. What changed?", The Christian Science Monitor, 8 de fevereiro de 2013. Página visitada em 9 de fevereiro de 2013.
  11. Clara Moskowitz (8 de fevereiro de 2013). Massive snowstorm seen from space in satellite photo. CBS News. Página visitada em 9 de fevereiro de 2013.
  12. Warning as snowstorm Nemo heads for Britain | UK | News | Daily Express
  13. Snow Summary - February 7-8, 2013. National Weather Service (9 de fevereiro de 2013). Página visitada em 9 de fevereiro 2013.
  14. Blizzard that buried Maritimes and central Canada blasts into Newfoundland. National News (February 9, 2013). Página visitada em 10 de Fevereiro de 2013.
  15. Mount Desert Rock Continuous Winds Data
  16. Buzzards Bay, MA Continuous Winds Data
  17. Jeff Masters (February 9, 2013). Snow measured in feet, not inches: historic Nor'easter pounds England. Weather Underground. Página visitada em February 9, 2013.
  18. Blizzard hammers U.S. Northeast, five dead, 700,000 lose power
  19. Three Northport Men Die While Removing Snow. Northport Patch. Página visitada em February 11, 2013.
  20. "At least 4 dead as blizzard moves east from Ontario", CTV news, February 9, 2013. Página visitada em February 9, 2013.
  21. Mike Benischeck (February 8, 2013). Wind, snowfall intensifying; More than 6 inches so far in Poughkeepsie, Rhineback. Poughkeepsie Journal. Página visitada em February 9, 2013.
  22. "5 Storm-Related Fatalities Reported", NBC Connecticut, February 9, 2013. Página visitada em February 9, 2013.
  23. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas nbc-tractor-accident
  24. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas globe-co-incidents
  25. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas wsj-li-apt
  26. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas cnn
  27. Major snowstorm wallops Ontario - Canada - Canoe.ca
  28. namsfc2013020721.gif. NOAA. Página visitada em February 10, 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tempestade do Cabo Hatteras em 2013
Ícone de esboço Este artigo sobre Meteorologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.