Neville Longbottom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Neville Longbottom
Neville Longbottom
800px
Neville Longbottom
Dados pessoais
Sexo Masculino
Nascimento 30 de julho de 1980 (33 anos)
Cabelo Preto
Olhos Castanhos esverdeados
Sangue Puro
Família Longbottom
Dados biográficos
Casa Blason Gryffondor.svg Gryffindor
Organizações as
quais pertence
Armada de Dumbledore
Na série
Primeira aparição
em livro
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Primeira aparição
em filme
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Intérprete Matthew Lewis
Personagem da série Harry Potter

Neville Longbottom nasceu no dia 30 de julho de 1980. Ele é um personagem ficcional da série Harry Potter.

Neville é um estudante da Grifinória conhecido por sua memória ruim e falta de habilidades mágicas. Divide o dormitório em Hogwarts com Harry Potter, Rony Weasley, Simas Finnigan e Dino Thomas. A matéria de que Neville mais gosta é Herbologia, e a de que menos gosta é Poções (pois ele tem medo do mestre responsável por essa matéria – Severo Snape).

Neville tem um sapo de estimação chamado Trevo, que foi um presente dado por seu tio Algie por ele ter sido aceito na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. No final do Livro Harry Potter e as Relíquias da Morte, Neville vira o Professor de Herbologia de Hogwarts

Neville é interpretado por Matthew Lewis nos filmes da saga de Harry Potter.

Família de Neville[editar | editar código-fonte]

Os pais de Neville são Alice e Frank Longbottom. Eles eram aurores e membros da Ordem da Fênix original. Eram uns dos mais brilhantes do grupo e, assim como os Potter, os únicos a sobreviverem a três encontros contra Voldemort. Eles acabaram enlouquecendo, pois um grupo de Comensais da Morte (entre eles Bartô Crouch Jr. e Belatrix Black Lestrange) os torturou com a maldição Cruciatus. Desde então eles estão internados no Hospital St. Mungus para Doenças e Acidentes Mágicos. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, o casal aparece numa visita de Harry e seus amigos ao Hospital St. Mungus para Doenças e Acidentes Mágicos. Ainda debilitados pela tortura sofrida, o casal recebe a visita de seu filho Neville acompanhado de sua avó.

A avó paterna de Neville – Augusta – cuidou dele desde essa época. Augusta é uma pessoa muito exigente e perfeccionista e parece não perceber os sentimentos do neto (quando Augusta percebe que Neville nunca disse a seus amigos o que realmente aconteceu com os pais dele, ela acha que ele tem vergonha deles; quando sua mãe dá de presente para ele uma embalagem de doce, ela diz para ele jogar aquilo no lixo, mas Neville guarda o papel carinhosamente no bolso). Dumbledore conhecia os pais de Neville e já tinha avisado que eles iriam morrer, mas sua grande coragem os impediu de fugir e se esconder e assim acabaram sendo torturados por Bellatrix, que é a grande inimiga de Neville.

Árvore Genealógica[editar | editar código-fonte]


Personalidade e Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Sua falta de autoconfiança afeta suas habilidades como um bruxo. Apesar de ter sangue-puro, Neville parece não ter aptidão para a magia, que geralmente o deixa em apuros. O uso da varinha de seu pai também pode ter influência nesse caso, pois são as varinhas mágicas que escolhem o bruxo e não o contrário.

Neville é também conhecido por sua falta de memória. Ele tentou usar um Lembrol nos primeiros livros da série para ajudá-lo a lembrar se esqueceu alguma coisa, mas ele sempre não conseguia lembrar o quê.

No quarto livro, Neville convida Hermione pra ir ao baile de inverno, porém como esta recusar dizendo que já foi convidada pro outro rapaz, Neville resolve convidar Gina que aceita. Ele passa a se dedicar os passos de dança mais que os colegas. Harry e Rony ficam desapontados ao saber que ele já tem um par, eles ainda não haviam achado o deles.

Durante o quinto livro, com os encontros da AD (Armada de Dumbledore), a habilidade mágica de Neville melhora drasticamente. Nesse livro, Neville também tem um papel importante, pois ele previne que Lorde Voldemort saiba o conteúdo da profecia, pois ele a quebra durante a batalha contra os Comensais da Morte.

O fato de Neville ter nascido um dia antes de Harry e de seus pais terem enfrentado Voldemort três vezes faz com que os dois se encaixem na profecia. Mas, segundo Dumbledore, Voldemort escolheu Harry para ser marcado como um igual quando ele preferiu atacar a família de Harry ao invés da de Neville, pois Harry era o escolhido.

No livro 6, Neville aparece no Expresso de Hogwarts. Ele mostra sua nova varinha feita de cerejeira e pelo de unicórnio, uma das últimas varinhas que o Sr. Olivaras vendeu antes de desaparecer. Neville é convidado para o encontro com Horácio Slughorn no trem junto com Harry por causa de seus pais; para Neville foi extremamente desconfortável falar sobre esse assunto.

Descobrem-se também as notas de Neville nos N.O.M.s (O.W.L.s). Ele conseguiu Ótimo em Herbologia e Excede Expectativas em Defesa Contra as Artes das Trevas e Feitiços. Conseguiu um Aceitável em Transfiguração e ficou desapontado quando a Professora McGonagall não o deixou participar das aulas preparatórias de Transfiguração para os N.I.E.M's (N.E.W.T.s). Mas ela o fez pois o único motivo de Neville querer continuar em Transfiguração era agradar sua avó.

Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Neville queria que os encontros da AD continuassem. Durante a batalha em Hogwarts, Neville luta mais uma vez contra os Comensais da Morte.

Em Harry Potter and the Deathly Hallows ou Harry Potter e as Relíquias da Morte, Neville se torna o grande líder na repressão contra os Comensais da Morte que haviam tomado conta da escola, mostrando-se o porquê de ter sido escolhido para Grifinória, pois era conhecido por não executar os feitiços corretamente. Conhece Aberforth Dumbledore que, descobre-se, era o dono do Cabeça de Javali, o outro pub de Hogsmeade. Aberforth ajuda Neville a ser impedido de ser expulso fazendo uma espécie de túnel do bar até a Sala Precisa.

Neville mata a cobra de Lord Voldemort, Nagini, pedido feito por Harry, usando a espada de Godric Gryffindor. Ele se casa com Hannah Abbott e vira professor de Herbologia em Hogwarts e diretor da casa Grifinória.

Origem do Nome[editar | editar código-fonte]

A habilidade de Neville com plantas pode revelar a fonte de inspiração para seu sobrenome. Nos livros de J.R.R. Tolkien, folha de Longbottom é uma variedade popular de erva de fumo. O nome vem de uma das regiões do Condado na qual ela cresce. Longbottom, um nome que significa "vale longo", foi fundado com a introdução da erva de fumo, permitindo que a região se desenvolvesse devido ao sucesso dessa indústria. Sabe-se que J. K. Rowling é uma fã do trabalho de Tolkien.

Dados Biográficos[editar | editar código-fonte]

Nome Completo: Neville Longbottom;
Pais: Franco Longbottom e Alice Longbottom;
Data de Nascimento: 30 de julho de 1980;
Idade: 11 (Pedra Filosofal) e consecutivamente até os 18 (completos durante as Relíquias da Morte) e no epílogo de Harry Potter e as Relíquias da Morte, 33 anos;
Cabelo: Preto;
Olhos: Castanho-esverdeados;
Interesses: Herbologia;
Casa: Grifinória;
Varinha: Até o quinto ano Neville usou a varinha de seu pai, que foi quebrada na batalha do Departamento de Mistérios. Depois ganhou uma de Cerejeira e pelo de unicórnio;
Animal: Um sapo chamado Trevo;
Patrono: Um leão;
Bicho-papão: O professor Snape;

Traduções[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal Harry Potter
Idioma Tradução
Holandês Marcel Lubbermans
Francês Neville Londubat
Italiano Neville Paciock
Norueguês Nilus Langballe

Na série[editar | editar código-fonte]