Newsboys

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Newsboys
Informação geral
Origem Mooloolaba, Austrália
País  Austrália
Gênero(s) Pop, Rock cristão, Rock alternativo, Música cristã contemporânea
Período em atividade 1985 - atualmente
Gravadora(s) Inpop Records
Sparrow Records
Star Song
Integrantes Michael Tait
Jeff Frankenstein
Duncan Phillips
Jody Davis
Ex-integrantes Peter Furler
Paul Colman
Jody Davis (de 2003-2008)
Phil Joel
John James
George Perdikis
Phil Yates
Jonathan Geange
Bishop De Vernon
Bryan Olesen
De Sean
De Kevin
Corey Pryor

Newsboys é uma banda cristã de pop rock. A banda foi formada na Austrália em 1985, sendo hoje uma das bandas cristãs mais populares e performáticas da Música cristã contemporânea.[carece de fontes?]

Biografia[editar | editar código-fonte]

O início[editar | editar código-fonte]

Os membros da primeira formação do Newsboys, o vocalista John James e o então baterista Peter Furler, deram forma à banda na cidade de Mooloolaba, Austrália em 1985. James e Furler tocaram - anteriormente - em uma banda chamada "The Notice" ("A Notícia"). O grupo veio aos EUA alguns anos mais tarde após assinarem um contrato com a Star Song (extinta gravadora gospel) lançando então 03 álbuns de 1988 a 1991. Nenhum dos três discos ganhou muita atenção, e a formação da banda mudava a cada lançamento. Essa situação durou até o lançamento do álbum "Not Ashamed" em 1992, através do qual a banda se tornou notável no cenário da Música cristã contemporânea. A faixa que dá origem ao trabalho transformou-se em hit nas rádios cristãs e elevou o perfil da banda consideravelmente.[1] Notavelmente, Steve Taylor, um cantor solo com pouca participação (embora renomado em outros meios) dentro da comunidade cristã da música, começou uma parceria com a banda, produzindo o trabalho da banda e escrevendo a maioria das melodias para suas canções; Furler remanesceu como compositor preliminar da banda.

Em 1994, entre mudanças continuadas do lineup, "Going Public", o quinto álbum da banda, dispara seu primeiro grande sucesso. O trabalho registra a famosa balada "Shine". "Shine" transformou-se rapidamente num hit sendo uma das canções mais conhecidas na música crista. Em 2006, a revista CCM elegeu "Shine"" em 2º lugar no ranking das 100 maiores canções da música cristã.[2]

O trabalho seguinte, "Take to me Leader" (1996), não decepcionou os fãs em nada. Em geral, mostrando um som voltado mais para o rock do que os projetos anteriores, o álbum contém vários sucessos incluindo "Breakfast", outro grande hit da banda além da faixa-título. O álbum consolidou o lugar da banda na indústria da gospel music.[3] Entretanto, sua posição ameaça-se abalar quando o vocalista principal - John James - deixa a banda em 1997. A banda se mobilizou colocando Furler no comando do vocal e Duncan Phillips, que tinham tocado anteriormente teclados e percussão para a banda, assentou-se (e muito bem) como o novo baterista. De 98 a 2003, o line-up da banda manteve-se assim: Furler, o baixista Phil Joel, o guitarrista Jody Davis, teclados Jeff Frankenstein, e Phillips.

Quando o Newsboys liberou seu primeiro trabalho pós-James, "Step Up Microphone" (1998), tornou-se rapidamente sucesso mantendo a popularidade da banda intacta; o álbum vendeu bem e colocou o hit "Entertaining Angels" nas paradas de sucesso.[4] Durante a turnê deste disco, o Newsboys - com shows cada vez maiores e melhores - criaram uma plataforma de bateria que inclinava-se para baixo até 90 graus. Na verdade, havia duas baterias no show e Phillips ficava "amarrado" ao assento através de correias, assim não cairia enquanto a plataforma girava. Esta inovação usada em grande parte dos shows incrementou, ainda mais, a popularização da banda.

A banda retornou em 1999 com um disco ímpar intitulado "Love Libert Disco", o único álbum da banda que difere-se do seu tradicional pop-rock. O disco é inspirado nas batidas dos anos 60. Este álbum, embora com boa vendagem, não colocou nenhum "hit" nas rádios.[5]

Os anos 2000[editar | editar código-fonte]

Em 2000, o Newsboys mais uma vez inovou realizando shows-casados com outras bandas de mesma idade, expressão musical e sucesso através de um festival promovido pela CCM, a saber: Audio Adrenaline, DC Talk e Supertones. Os eventos eram unificados a um campeonato de motocross.[carece de fontes?]

Também em 2000, Newsboys lançou uma compilação dos maiores sucessos, "Shine: The Hits", que incluíram também quatro canções novas e duas que foram Top 1 ("Joy "e "Who?").[6] A banda não lançou nenhum trabalho novo até meados de 2002 quando, então, lançaram "Thrive". Caracterizando-se como um retorno ao pop rock, o álbum apresentou, também, um dos maiores sucessos da banda: "It´s You".[7]

O sucesso desta canção de adoração "It´s You" possivelmente pavimentou o caminho para o elogiado álbum de adoração - o primeiro do Newsboys neste estilo: "Adoration: The Worship Album" . O álbum transformou-se logo num sucesso de venda através da força de canções como "The Reigns" e "You are my King (Amazing Love)".[8]

Em meados de 2003, o guitarista Jody Davis deixou a banda para cuidar de sua filha que tem paralisia cerebral, a linda Bethany; sendo substituído por Bryan Olesen.

A banda retornou em 2004 com um outro álbum da adoração: "Devotion". A canção "Presence (My Heart Desires)" (que teve uma participação da cantora Rebeca St. James) tornou-se uma das grandes canções do disco que manteve a linha do álbum anterior.[9] Em 2006, Bryan Olesen deixou a banda para focar mais em sua banda original, "Casting Pearls". Paul Colman, um cantor e compositor renomado, substituiu-lhe como o guitarrista.

A banda lançou um álbum novo em 31 de Outubro de 2006, intitulado "Go", destaque para as faixas "Wherever We Go" e "Something Beautiful", esta última recebeu destaque até em rádios não-cristãs nos Estados Unidos.[10]

Em 2007 a banda inicia com a triste notícia da saída de um de seus mais carismáticos componentes: o baixista Phil Joel deixa o grupo para focar em objetivos pessoais e um novo ministério chamado "Deliberate People".[carece de fontes?]

Em Maio de 2007 a banda lança "Go: Remixed", com as músicas do cd "Go" remixadas, por vários produtores famosos como Tedd T., Max Hsu and Lee Bridges, além do próprio Jeff Frankenstein, tecladista da banda.[11]

Em Novembro de 2007 a banda surpreende lançando "The Greatest Hits", álbum que reúne 16 hits da banda, além de duas músicas inéditas("Stay Strong" e "I Fought The La").[12] [13]

Em 2008 a banda lança o combo (CD+DVD) "Newsboys Live: Houston We Are Go".[14] [15]

Embora a banda residisse em Nashville, a "ligação" com a Austrália era evidente, como o vocalista Peter Furler, o baterista Duncan Phillips e o ex-guitarista Paul Colman, além do continente oceânico havia ainda o ex-integrante Phil Joel que era da Nova Zelândia, excetuando-se apenas o tecladista Jeff Frankenstein, que é americano.

Em 2009 retorna, após cinco anos, o guitarrista de longa data do Newsboys, Jody Davis renovando o folêgo da banda e para alegria do fãs, visto que o mesmo compôs o Dream Team da banda. No entanto, em Março do mesmo ano, o vocalista e homem de frente da banda Peter Furler anunciou sua saída, embora permaneça como compositor e produtor musical dos Newsboys. Para ocupar a vaga de vocalista, o mesmo Peter Furler indicou Michael Tait, ex-vocalista da banda dc Talk, que imediatamente juntou-se aos demais membros nas apresentações e demais eventos que a banda participou.[carece de fontes?]

Era Michael Tait - atualmente[editar | editar código-fonte]

Após a entrada de Michael Tait a banda lança o álbum Born Again em 2010[16] , o qual foi bem aclamado pelo público e pela crítica como sendo um dos melhores trabalhos do grupo, alcançando o primeiro lugar dos Top Christian Albums.[17] [18]

Seguindo o grande sucesso de "Born Again", a banda lança em 2011 o álbum "God is Not Dead" que trouxe nove versões covers de tradicionais canções de louvor, além de três novas músicas inéditas.[19] O mesmo álbum também teve uma versão ao vivo intitulada "Live In Concert: God is Not Dead", lançada em 2012.[20] [21]

No final do primeiro semestre de 2013, a banda anuncia o lançamento de mais um trabalho inédito intitulado "Restart", com previsão de lançamento para o dia 30 de setembro do mesmo ano.[22]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

  • Michael Tait - voz, vocais (2009 - presente)
  • Jeff Frankenstein - teclados (1994 - presente)
  • Duncan Phillips - bateria, percussão (1993 - presente)
  • Jody Davis - guitarra, vocais (1993-2003; 2009 - presente)

Membros anteriores:

  • Peter Furler (1985-2009) - voz, vocais, guitarra, bateria e programação
  • John James (1985-1997) - Voz
  • George Perdikis (1985-1987) - Guitarra
  • Phil Yates(1987-1989)
  • Jonathan Geange (1990-1991)
  • Bishop de Vernon (1991-1992)
  • Jody Davis (1993-2003)
  • Paul Colman (2003-2008)
  • Bryan Olesen (2003-2006 no álbum: Devotion)
  • Baixo: Sean (1985-1992)
  • Kevin (1993-1995)
  • Corey Pryor (1991-1993) - Teclados
  • Phillips De Duncan - (1993-1994 - até a saída de John James, onde, então, assume a batera)
  • Peter Furler - (1985-1997 - Peter foi baterista antes de ser vocalista até 1997 após John James sair da banda.)
  • Phil Joel - baixo, vocais, voz (1995 - 2007)

Os Vídeos[editar | editar código-fonte]

Durante o decorrer de sua carreira, os Newsboys lançaram alguns vídeos de poucas músicas.Eis a lista com todos os vdeos deles:

  • 1990 - Simple Man do álbum "Hell Is For Wimps";
  • 1991 - One Heart e Kingdom Man do álbum "Boyz Will Be Boyz";
  • 1993 - Dear Shame e I'm Not Ashamed do álbum "Not Ashamed";
  • 1994 - Shine do álbum "Going Public";
  • 1996 - Take Me To Your Leader do álbum "Take Me To Your Leader";
  • 1998 - Entertainig Angels do álbum "Step Up To The Microphone";
  • 1999 - Love Liberty Disco do álbum Love "Liberty Disco";
  • 2002 - Million Pieces do álbum "Thrive";
  • 2003 - He Reigns do álbum "Adoration:The Worship Album";
  • 2006 - Something Beautiful do álbum "GO";
  • 2010 - Born Again do álbum "Born Again".

Discografia[editar | editar código-fonte]

Principais Turnês[editar | editar código-fonte]

  • Born Again Tour (2010)
  • We Are Go (2006)
  • Devotion (2005)
  • Adoration (2004)
  • Step Up To Microphone (1999)
  • Take Me To Your Leader (1996-97)
  • Going Public (1995)
  • Boyz Will Be Boys(1991)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Not Ashamed (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  2. Going Public Awards (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  3. Take to me Leader Awards (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  4. Step Up Microphone Awards (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  5. Love Libert Disco (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  6. Shine: The Hits (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  7. Thrive (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  8. Adoration: The Worship Album (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  9. Devotion (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  10. Go (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  11. Go: Remixed (Newsboys) (em Inglês). New Release Tuesday. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  12. Newsboys: The Greatest Hits (em Inglês). Jesus Freak Hideout. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  13. Newsboys: The Greatest Hits (em Inglês). New Release Tuesday. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  14. Newsboys Live: Houston We Are Go (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  15. Newsboys Live: Houston We Are Go - Limited Edition (em Inglês). New Release Tuesday. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  16. Redação Supergospel. Lançamento: Born Again (Newsboys). Portal Super Gospel. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  17. Born Again (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  18. Born Again - Newsboys. New Release Tuesday. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  19. Redação Supergospel. Lançamento: God is Not Dead (Newsboys). Portal Super Gospel. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  20. Live In Concert: God's Not Dead (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  21. Live In Concert: God's Not Dead (Newsboys) (em Inglês). Allmusic. Página visitada em 4 de julho de 2013.
  22. Restart - Newsboys. New Release Tuesday. Página visitada em 4 de julho de 2013.