Newton Mendonça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Newton Ferreira de Mendonça (Rio de Janeiro, 14 de fevereiro de 1927 — Rio de Janeiro, 22 de novembro de 1960) foi um pianista, compositor, violinista e gaitista brasileiro.

Newton Mendonça foi um dos mais importantes letristas da bossa nova. Seu modo de escrever, usando substantivos até então raramente usados em letras de músicas brasileiras, e um modo carinhoso com que se referia à mulher, ao contrário do machismo frequentemente encontrado nas letras, foi fundamental para chamar a atençao das pessoas para a Bossa Nova. Especialmente os jovens. Injustiçado historicamente, Newton Mendonça foi um dos grandes responsáveis pelo início da bossa nova.

Viveu entre 1933 a 1939 em Porto Alegre, onde estudou violino, e Aquidauana ( MS). Aos 13 anos, iniciou seus estudos de piano clássico.

Em 1942 se juntou ao seu amigo de infância, Antônio Carlos Jobim, com quem compôs várias canções que viriam a se tornar clássicos da Bossa Nova.

Boêmio, passou a maior parte das noites dos anos 50 tocando piano em boates de Copacabana.

O primeiro sucesso surgiu com "Foi a Noite", considerado por muitos especialistas como o início da bossa nova.

O grande sucesso aconteceu dois anos depois, quando João Gilberto gravou "Desafinado" e "Samba de Uma Nota Só". Seguiram-se "Meditação", "Caminhos Cruzados", "Discussão" e "Só Saudade".

Foi o vencedor do I Festival da TV Record, no dia 3 de dezembro de 1960, com a música "Canção do Pescador". Porém, não pode estar presente para receber o troféu. Poucos dias antes, no dia 22 de novembro, aos 33 anos, tivera um enfarte fulminante (o seu segundo) que o vitimou. O prêmio foi entregue, dias depois, à sua esposa, Dona Cirene. Newton Mendonça, compositor e letrista de grande talento, faleceu sem ter podido colher os frutos de sua parceria com Tom Jobim.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Em cada amor uma canção
  • Caminhos cruzados.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Câmara, Marcelo, Mello, Jorge e Guimarães, Rogério: Caminhos cruzados - A vida e a música de Newton Mendonça. Rio de Janeiro: Editora Mauad, 2001.