Nguyen Ngoc Loan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
General Nguyễn Ngọc Loan
420px
Nguyễn Ngọc Loan
Conhecido(a) por Sáu Lèo
Nascimento 11 de Dezembro de 1930
Vietname do Sul República do Vietname
Morte 14 de junho de 1998 (67 anos)
Estados Unidos Burke (Virgínia)
País Vietname do Sul República do Vietname do Sul
Força Exército da República do Vietname
Hierarquia General de Brigada
Batalhas/Guerras Ofensiva do Tet


General Nguyễn Ngọc Loan (11 de Dezembro de 1930[1] - 14 de Junho de 1998), era chefe da polícia nacional da política da República do Vietname. Adquiriu fama mundial na década de 70, com a foto tirada pelo Pulitzer de 1969[2] Eddie Adams durante a Guerra do Vietname (1959-1975), mais especificamente durante a ofensiva do Tet. Na foto em questão, Loan, então comandante da polícia da República do Vietname, executa o prisioneiro vietcong Nguyen Van Lem, também conhecido como Capitão Bảy Lốp.


Biografia[editar | editar código-fonte]

Ficheiro:General Nguyễn Ngọc Loan, ferido na Ofensiva do Tet.jpg
General Nguyễn Ngọc Loan, ferido na Ofensiva do Tet, em 5 de Maio de 1968

Nguyễn Ngọc Loan, apelidado Sáu Lèo, General de Brigada aposentado da República do Vietname do Sul. Algumas semanas antes da famosa execução, Loan foi gravemente ferido em combate; a lesão na perna esquerda resultou na sua amputação. Além do serviço militar, Loan trabalhou em prol da construção hospitalar.


Recomeço[editar | editar código-fonte]

À época da Queda de Saigon (1975), Loan deixou o Vietname do Sul. Foi para os Estados Unidos e abriu uma pizzaria no Shopping Rolling Valley em Washington, D.C., subúrbio de Burke, Virginia. Em 1991, Loan sentiu mais uma vez os efeitos danosos da propaganda ideológica. Ao ter sua identidade divulgada publicamente, teve de se aposentar.

O fotógrafo Eddie Adams lembrou que em sua última visita à pizzaria, viu escrito em uma parede banheiro: "Nós sabemos quem você é, filho da(...)".

Ficheiro:Nguyen Ngoc Loan com a sua mulher, Chinh Mai.jpg
Nguyen Ngoc Loan com a sua mulher, Chinh Mai

Matrimônio[editar | editar código-fonte]

Nguyễn Ngọc Loan era casado com Chinh Mai, com quem criou seus 5 filhos de um casamento anterior com uma francesa.

Falecimento[editar | editar código-fonte]

O general faleceu em 1998 por causa de um câncer, aos 67 anos, em Burke, Virginia[3] .

Execução em Saigon[editar | editar código-fonte]

O prisioneiro estava imobilizado, e com as mãos amarradas quando da execução. A foto captada pelo Pulitzer Eddie Adams no instante da execução tornou-se conhecida por todo o mundo. Infelizmente, foi usada indevidamente como arma propagandística contra a ofensiva militar norte-americana e sul-vietnamita. Muito embora a cena captada pelas lentes de Eddie Adams tenha realmente acontecido, existem fatos subjacentes que quando ignorados, alterar completamente a compreensão do ocorrido.

Execução de Nguy?n Van Lém, apelidado "Capitão Bảy Lốp", líder de um grupo de extermínio vietcong - colorida digitalmente. Foto original em preto e branco
Execução de Nguy?n Van Lém, apelidado "Capitão Bảy Lốp", líder de um grupo de extermínio vietcong - colorida digitalmente.
Foto original em preto e branco

A História da Execução do Terrorista Nguyễn Văn Lém[editar | editar código-fonte]

O prisioneiro executado pelo general Loan tem sido propalado ao longo da história, em razão da propaganda ideológica comunista, como um jovem democrata, lutando pelos seus ideiais, contra um governo opressor, e que teria encontrado um fim trágico em meio a sua nobre luta.

Os fatos não podem sustentar a visão popular da execução em Saigon.

O nome do prisioneiro era Nguyễn Văn Lém. Também conhecido como capitão Bảy Lốp, o rapaz era comandante de um grupo de extermínio vietcong. Viet Cong ou Frente de Libertação Nacional, era uma organização paramilitar de guerrilha, de orientação marxista (estalinista-leninista), e fundamentada nas ideias do líder genocida Ho Chi Minh. As atividades vietcongs se estendiam do Vietname ao Camboja.

Momentos antes da execução, Lém e seus subordinados haviam executado brutalmente 34 pessoas na Ofensiva do Tet. As vítimas eram agentes da polícia nacional e familiares, dentre os quais estavam 8 membros da família de um policial e amigo pessoal de Loan, junto à esposa e 6 filhos.

Esta parte da história foi e ainda é negligenciada. Em adição à propaganda soviética, a foto em questão trouxe prejuízos sérios a Loan e sua família; às tropas americanas de manutenção da lei da ordem, que se retiraram, deixando o país a deriva das guerrilhas marxistas, responsáveis por 1 milhão de mortes, e facilitando a ascensão de Pol Pot no vizinho Camboja com subsequente genocídio de 3 milhões de pessoas; aos valores, ações e políticas da direita etc.

Eddie Adams[editar | editar código-fonte]

Só em 85, o fotógrafo americano veio saber os motivos do assassinato do prisioneiro. Arrependido pelo rumo que as coisas tomaram desde a captura da cena em Saigon, Adams se desculpou pessoalmente com o Loan pelos danos irreparáveis à sua vida e honra.

Escrevera Adams à revista Time:

"O general matou o Viet Cong; Eu matei o general com a minha câmera. Fotografias são as armas mais poderosas do mundo. Pessoas acreditam nelas; mas fotografias mentem, mesmo sem manipulação. Elas são meias-verdades... O que a fotografia não diz é, 'O que você faria se você estivesse no lugar do general naquele tempo e lugar num dia quente, e pegasse um chamado "cara mau" depois que ele exterminou um, dois ou três americanos?"[4]
 
Eddie Adams,

Quando do falecimento de Loan, Eddie declarou:

"O cara era um herói. A América deveria estar chorando. Eu simplesmente odeio vê-lo "indo" desta forma, sem que as pessoas saibam nada sobre ele."[5]
 
Eddie Adams,
"Ele combatia a nossa guerra, pelo seu povo. Tinha ajudado a construir um hospital em Saigon, tinha apenas assistido ao massacre de vários dos seus colegas"
 
Eddie Adams,

Adams também enviou flores aos familiares e um bilhete com as seguintes palavras:

"Peço desculpas. Os meus olhos estão cheios de lágrimas."
 
Eddie Adams,

References[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.