Nicéforo Blemides

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nicéforo Blemides (em grego: Νικηφόρος Βλεμμύδης; transl.: Nikephoros Blemmydes; em latim: Nicephorus Blemmydes) foi um escritor bizantino do século XIII.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nicéforo nasceu em 1197 em Constantinopla, segundo filho de um médico. Após a conquista da capital imperial pelas forças da Quarta Cruzada (1204), ele migrou para a Ásia Menor e lá recebeu uma educação liberal, passando por Prusa, Niceia, Esmirna e Scamander. Blemides estudou medicina, filosofia, teologia, matemática, astronomia, lógica e retórica. Ele era reconhecido como um dos homens mais cultos e eruditos de seu tempo.

Ele entrou em conflito com o imperador bizantino João III Ducas Vatatzes (r. 1222 - 1254) quando ele expulsou de seu mosteiro uma de suas amantes, a princesa Marcesina. E também contra o patriarca de Constantinopla, José (r. 1268 - 1275) em sua tentativa de ser reconhecido frente ao seu antecessor deposto, Arsênio (r. 1255 - 1266). Mas ele era muito estimado e fundou uma escola, onde ele lecionou, entre outros, para Teodoro II Láscaris e Jorge Acropolita.


Em seus anos finais, Blemides se tornou um monge e se retirou para um mosteiro fundado por ele mesmo em Éfeso. Ele morreu ali em 1272 d.C.

Obras[editar | editar código-fonte]

Quando ele finalmente iniciou a sua carreira no clero, ele teve um papel ativo nas controvérsias teológicas entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa, escrevendo diversos tratados sobre a cláusula filioque e a processão do Espírito Santo, sempre advogando a causa ocidental. E é nesta defesa que está a importância de sua obra, pois ele é um dos poucos escritores gregos a reconhecer a posição da igreja latina na questão. Esta posição é evidente não apenas pela leitura de suas obras, mas também por evidências de autores contemporâneos como Beccus, Jorge Paquimeres e Nicéforo Gregoras. E foi lendo as obras de Blemides que o patriarca João XI Beccus se converteu ao catolicismo, induzindo-o inclusive a escrever em sua defesa.

A maior parte da obra de Blemides publicada até o momento está na Patrologia Graeca de Migne (vol. CXLII).

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • Autobiographia (Curriculum Vitæ)
  • Epistula universalior
  • Epitome logica
  • Epitome physica
  • Expositio in Psalmos
  • De processione Spiritus Sancti
  • De regia pellice templo ejecta (On the Royal Concubine Expelled from the Temple)
  • De regis oficiis (On Royal Offices)
  • Laudatio Sancti Ioanni Evangelistae
  • Orationes de vitae fine
  • Regia statua
  • Sermo ad monachos suos (Sermon to his monks)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • P. A. Agapitos, "Blemmydes, Laskaris and Philes," in Byzantinische Sprachkunst. Studien zur byzantinischen Literatur gewidmet Wolfram Hoerandner zum 65. Geburtstag. Hg. v. Martin Hinterberger und Elisabeth Schiffer. Berlin-New York, Walter de Gruyter, 2007 (Byzantinisches Archiv, 20), 6-19; Bildtafel I-II (em alemão)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]