Nicky Romero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nicky Romero - logo.png
Informação geral
Nome completo Nick Rotteveel
Também conhecido(a) como Nicky Romero
Nascimento 6 de janeiro de 1989 (25 anos)
Amerongen, Utrecht
Local de nascimento
 Países Baixos
Gênero(s) Electronic dance, house progressivo, big room house, House, tech house, electro house
Ocupação(ões) Produtor musical, DJ, remixer, músico
Instrumento(s) Logic Pro, instrumento de teclas, mixer, sintetizador
Período em atividade 2008–presente
Gravadora(s) Jack Back Records Protocol Recordings, Spinnin Records, Cr2 Records, Musical Freedom, Fly Eye, Toolroom Records
Afiliação(ões) David Guetta, Calvin Harris, Hardwell, Zedd, Apster, Bingo Players, Porter Robinson, Tiësto, Avicii, Tara McDonald, NERVO, Ryan O'Donnell, Noonie Bao
Página oficial nickyromero.nl

(Utrecht, 6 de janeiro de 1989), Nick Rotteveel mais conhecido por seu nome artístico Nicky Romero, é um DJ, compositor e produtor musical holandês. Já trabalhou e recebeu o apoio de grandes DJ's, como Tiësto, Fedde le Grand, Sander van Doorn, David Guetta, Calvin Harris e Avicii.[1]

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Romero nasceu e foi criado na Holanda, mudando-se para Kingston, no Canadá por um ano, e retornando para o país de origem para continuar seus estudos.[2]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Em 2012, Romero alcançou popularidade com a gravação do single "Toulouse", tornando-se um dos pilares no top 10 da Beatport por um período significativo de tempo.[1] Reconhecendo o seu talento, a MTV nomeou um artista EDM para assistir em 2012.[3] Sua popularidade tem aumentado nos últimos anos, atingindo uma residência conjunta com David Guetta na festa na região de Ibiza no verão de 2012.[4]

Em outubro de 2012, Nicky Romero recebeu o prémio DJ Mag de "Highest New Entry", alcançando a posição de número 17, em conjunto com Skrillex.[5] [6]

A participação no single de Avicii, "I Could Be the One" (2012), viu um enorme sucesso por toda Europa, especialmente no Reino Unido, onde o single estreou na posição de número 1 nas paradas musicais da UK Singles Chart, em 17 de fevereiro de 2013, tornando-se também a primeira canção de Avicii a alcançar o topo nas paradas britânicas.[7] Na UK Dance Chart, "I Could Be The One" estreou no número 1, à frente da canção "Harlem Shake", do DJ Baauer, que entrou na posição de número 2.

Produção[editar | editar código-fonte]

Ao lado de todos os singles de Nicky Romero, ele também produziu a canção "Right Now" (com participação de David Guetta) no álbum Unapologetic (2012), da cantora Rihanna,[8] que foi lançado 19 de novembro de 2012.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 2015: TBA

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Canção Ano Melhores posições Certificações Álbum
NLD
[9]
AUS BEL
(FL)

[10]
BEL
(WA)

[11]
IRE
[12]
SCO
[13]
SWE
[14]
UK
[13]
2012 "Toulouse" 92 Não incluso em álbum
"Like Home"
(com a participação de NERVO)
81 126 76 53 16 37 33
"I Could Be the One"
(vs. Avicii)
12 4 8 9 3 1 3 1
  • ARIA: 2× Platinum
  • BEA: Gold
  • BPI: Gold
2013 "Legacy"
(vs. Krewella)
44
2014 "Feet on the Ground"
(com a participação de Anouk)
80 TBA
"—" Não entrou na tabela musical deste país.

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ano Título Melhores posições nas tabelas Álbum
AUS
AUT
GER
UK
2012 "Wild One Two"
(Jack Back com a participação de David Guetta, Nicky Romero e Sia)
52 43 65 171 Não incluso em álbum
"—" Não entrou na tabela musical deste país.

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

Ano Título Melhores posições nas tabelas Álbum
FRA
2012 "Metropolis"
(com a participação de David Guetta)
41 Nothing but the Beat 2.0
"—" Não entrou na tabela musical deste país.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]