Nicola Porpora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nicola Antonio Porpora.jpg

Nicola Antonio Giacinto Porpora (Nápoles, 17 de agosto de 1686  — Nápoles, 3 de março de 1768) foi um compositor italiano de óperas do barroco e professor de canto, tendo como estudantes mais famosos Farinelli e Haydn.

Foi um dos principais professores de canto italianos no século XVIII e compositor notável de óperas de estilo lírico napolitano.

Obras[editar | editar código-fonte]

Óperas[editar | editar código-fonte]

  • Basilio, re di Oriente
  • Berenice
  • Calcante ed Achille 1740- 1760
  • Flavio Anicio Olibrio (Roma, 1722)
  • Faramondo
  • Eumene
  • L'Imeneo
  • Issipile
  • Adelaide (Roma, 1723)
  • Siface (Milano,1725)
  • Imeneo in Atene
  • Meride e Selinunte
  • Semiramide riconosciuta (Venezia, 1729)
  • Ermenegilda
  • Tamerlano
  • Alessandro nelle Indie
  • Annibale
  • Germanico in Germania (Roma, 1732)
  • Mitridate
  • Ferdinando
  • Lucio Papirio (Venezia, 1737)
  • Rosdale
  • Temistocle
  • Le nozze di Ercole ed Ebe
  • Il trionfo di Camilla
  • Statira
  • Polifemo
  • Ifigenia in Aulide
  • Rosmene
  • Partenope
  • Didone
  • Agrippina
  • Angelica e Medoro
  • Gli orti Esperidi

Oratórios[editar | editar código-fonte]

  • Gedeone
  • Il martirio di Santa Eugenia
  • I martìri di San Giovanni Nepomuceno
  • Il verbo incarnato
  • Davide
  • Il trionfo della divina giustizia

Música instrumental[editar | editar código-fonte]

  • 6 sinfonias, câmara 3, op. 2 (1736, Londres)
  • 6 Sonatas para dois violinos, dois violoncelos e baixo contínuo (cravo) (1745, Londres)
  • 12 sonatas para violino e contrabaixo (1754, Viena)
  • Overture Roiale para orquestra (1763)
  • Concerto em Sol Maior para Violoncelo e Cordas
  • Concerto para Flauta e Cordas
  • Sonata em Fá Maior para violoncelo e baixo contínuo
  • 2 fugas para cravo
Ícone de esboço Este artigo sobre um compositor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.