Nikolaus Joseph von Jacquin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nikolaus Joseph von Jacquin

O barão Nikolaus Joseph Freiherr von Jacquin (Leiden, 16 de fevereiro de 1727Viena , 24 de outubro de 1817 ) foi um botânico holandês do século XVIII.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou num colégio jesuíta em Anvers . Posteriormente, retornou a Leiden para estudar medicina e botânica na Universidade de Leiden, onde influenciado pelo seu professor Adrian van Royen (1704-1779), iniciou seu interesse pela botânica. Foi para Paris, onde continuou seus estudos em medicina entre 1750 e 1752. Em Paris, conheceu os irmãos botânicos Bernard de Jussieu (1699-1777) e Antoine de Jussieu (1686-1758) cujas palestras aumentaram o sei fascínio pela botânica.

Foi para Viena, onde a convite da imperatriz Maria Teresa da Áustria (1717-1780) assumiu o posto de médico Imperial da Corte Austriaca e professor de medicina. À convite do imperador Francisco I da Áustria (1768-1835) participou, como botânico, de uma expedição científica ao Caribe e à América Central, de 1754 a 1759. Desta expedição trouxe uma importante coleção de plantas, de animais e de minerais. Várias destas espécies vegetais foram plantadas nos jardins do Palácio de Schönbrunn. Em 1762, tornou-se professor de mineralogia e de técnicas de minas da Academia de Minas de Schemnitz. Em 1768, assumiu a cadeira de professor de botânica e química da Universidade de Viena e passou a dirigir o jardim botânico da instituição, e em 1809, tornou-se reitor desta universidade

Jacquin torna-se membro da Royal Society em 1788 e membro associado da Academia das Ciências da França em 1804.

Jacquin se aposenta em 1797 e obtem o título de barão em 1806.

Carl von Linné (1707-1778) lhe dedicou o gênero Jacquinia, um grupo de orquídeas epífitas encontradas na América Central e parte da América do Sul. Seu nome também esta associado as seguintes espécies:

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Selectarum Stirpium americanarum (1763);
  • Hortus botanicus Vindobonensis (três volumes, 1770-1776), ilustrado por Franz Anton von Scheidel que é um catálogo das plantas do jardim botânico de Schönbrunn;
  • Floræ Austriacæ (cinco volumes, 1773-1774) ou Flore d’Autriche;
  • Icones plantarum rariorum (17811793).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Nikolaus Joseph von Jacquin

Observationum Botanicarum (1767), consultar em: