Niksar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Outubro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Niksar é uma cidade na província de Tokat, na Turquia. Povoada por muitos impérios durante os séculos, já foi também capital da província.

Niksar na história[editar | editar código-fonte]

Niksar foi inicialmente povoada pelos hititas e depois pelos aquemênidas, gregos, romanos, bizantinos danismendidas, seljúcidas e otomanos. A cidade sempre foi um local importante na Anatólia por causa de sua localização, clima e terras produtivas.

Era conhecida como Caberia no período helenístico. Em 72 aC, uma batalha da Terceira Guerra Mitridática ocorreu em Niksar e a cidade passou então para o domínio romano. Niksar foi chamada então de Diospolis, Sebaste e Neocesareia durante o período romano. A palavra "Niksar" deriva de Neocesareia.

Niksar se tornou parte do Império Bizantino quando o Império Romano se dividiu em duas partes em 395 dC. Quando os turcos atacaram a Anatólia em 1067 dC, Niksar foi conquistada por Afşın Bey, um dos comandantes de Alparslan. Os bizantinos retomaram a área em 1068 dC. Conquistada mais uma vez por Artuk Bey após a batalha de Manziquerta, Niksar voltou para o Império Bizantino em 1073.

Melik Gümüştekin Ahmet Gazi, fundador do estado Danismendida e melhor conhecido como Gazi Danismendida, foi o real conquistador de Niksar. Após a conquista, Gazi fez dela sua capital e Niksar se tornou um centro de ciências e da cultura. O mausoléu de Gazi Danismendida está localizado num grande cemitério no subúrbio da cidade.

Em 1175 dC, durante o reinado de Kılıç Arslan II, Niksar já era dependente do Sultanato de Rum. Após a invasão mongol do século XIII dC, Niksar foi governada pelo Beilhique de Eretna e em seguinda pelo Beilhique de Tacettinoğulları.

Após Kadı Burhanettin, que conquistou Niksar em 1387, foi assassinado numa batalha, o povo de Niksar buscou auxíio do sultão otomano Bayezid I. O filho do sultão, Süleyman Çelebi, tomou Niksar para os otomanos. Ao final do período otomano, Niksar se tornou parte da província de Tokat.