Nina Kulagina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nina Kulagina, Ninel Sergeyevna Kulagina (em russo: Нине́ль Серге́евна Кула́гина) (também conhecida como Nelya Mikhailova[1] [2] ) (1926 – 1990) foi uma dona de casa russa conhecida por suas supostas capacidades paranormais, mais notoriamente as associadas à psicocinese. Pesquisas científicas sobre ela foram conduzidas na URSS pelos últimos vinte anos de sua vida. De acordo com relatórios da URSS, 40 cientistas (incluindo dois laureados com o Prêmio Nobel) estudaram Kulagina.[3] Entre os pesquisadores notáveis que a testaram em condições de laboratório, estiveram o fisiologista LL Vasiliev, o neurofisiologista Genady A. Sergeiev, o pesquisador psíquico Zdenek Rejdak, o psicólogo B. Blazek e o Dr. J. S. Zvierev. [4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Um dos casos mais estudados de psicocinese é o da russa Nina Kulagina. Ela ficou famosa por supostamente conseguir movimentar a distância pequenos objetos, usando apenas a mente. Entre os relatos de experimentos mais curiosos sobre ela, há o de que ela teria conseguido parar o coração de um sapo. O fenômeno teria ocorrido em um laboratório em 1970 e está descrito em detalhes no livro Psychic Warfare do autor Martin Ebon.[5] Suas supostas capacidades telecinéticas também foram gravadas em vídeo[6] e chegaram a ser comentadas por um relatório da U.S. Defense Intelligence Agency em 1978. [7]

Kulagina afirmava ter herdado de sua mãe a psicocinese e que descobriu ter essa capacidade quando viu alguns objetos se movendo espontaneamente em torno de si enquanto estava com raiva.[8] Além dessa capacidade, ela também possuíria outras capacidades paranormais, como clarividência.[6] Segundo estudos feitos com Kulagina por Genady Sergeyev, a pulsação da russa chegava a 240 bpm durante a realização da psicocinese.[3] Em 1990, ela morreu por infarto cardíaco fulminante, o que muitos acreditam ter sido causado pelas exigências físicas de suas capacidades paranormais.[6]

Referências

  1. Chughtai, M. H. H.; S. G. Abbas. Life. [S.l.]: Majlis-e-Milli, 1980. p. 190.
  2. Ebon, Martin. Psychic warfare: Threat Or Illusion?. [S.l.]: McGraw-Hill, 1983. p. 70. ISBN 0070188602
  3. a b Mishlove, Jeffrey (1975). The Roots of Consciousness: Psychic Liberation Through History, Science, and Experience. Random House. p. 164. ISBN 0-394-73115-8.
  4. Melton, J. Gordon. Encyclopedia of Occultism & Parapsychology. Thomson Gale, 2000. p. 881.
  5. Tyson, Donald. Soul Flight: Astral Projection and the Magical Universe. Llewellyn Worldwide, 2007. p. 124.
  6. a b c ABC World of Discovery: Powers of the Russian Psychics (documentary). 1997.
  7. Paraphysics R&D -- Warsaw Pact (U). Defense Intelligence Agency. 30. March 1978.
  8. Bowater, Margaret M.; Diane Stein (1999). All Woman Are Psychics: Language of the Spirit. The Crossing Press. p. 126; ISBN 0-89594-979-2.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.