Ninian Winyet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

NINIAN WINYET (c. 1518 - 1592)

Sua vida inicial não está bem documentada mas deve ter nascido em Renfrewshire e estudado na Universidade de Glasgow. Graduou-se em universidades no continente europeu, mais tarde.

No início da década de 1540, era sacerdote e nos anos 1550 lecionava em Linlithgow. Perdeu o cargo quando, em 1561, se recusou a aceitar a Confissão de Fé reformada. Concordava em que existiam defeitos no sistema da Igreja mas se opunha completamente à Reforma, tornando pública sua opinião em « Certane Tractatis for Reformation of Doctryne and Maneris» obra publicada em 1562. Em setembro desse ano foi obrigado a deixar a Escócia.

Foi para Antuérpia, onde esceveru « Buke of Four Scoir Thre Questiouns».

Escreveu ainda a John Knox humoristicamente como em tudo que escrevia, rindo de seu sotaque inglês. Assim como Quentin Kennedy, foi a melhor das figuras que propunham manter a velha ordem, embora a longo prazo ambos tenham falhado, pois a Escócia não se manteve católica.

Estava em Paris em 1565 e ali permaneceu muitos anos, e em 1571 o encontramos a serviço do governo de Maria I na Inglaterra. Visitou a Escócia em 1571 antes de se mudar para Douai. Terminou seus dias abade do «mosteiro escocês» em Ratisbona, reconstituído como casa de exilados escoceses. Escreveu diversos livros, nessa época, incluindo-se «Flagellum Sectariorum» ou «Flagelo contra as seitas» em 1581 e «Velitatio in Georgium Buchananum» ou «Libelo Contra George Buchanan') em 1582.