Nitrato de ureia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nitrato de ureia
Alerta sobre risco à saúde
Urea nitrate.png
Urea-nitrate-3D-balls.png
Identificadores
Número CAS
Propriedades
Fórmula molecular CH5N3O4
Massa molar 123.068 g/mol
Densidade 1.59 g/cc
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Nitrato de ureia é um alto explosivo que tem sido usado em dispositivos explosivos improvisados em Israel e Iraque e em vários outros atos terroristas pelo mundo, como no atentado ao world trade center em 1993[1] . Tem um poder destrutivo similar ao do nitrato de amônio com uma velocidade de detonação entre 3400 m/s e 4700 m/s[2] . È produzido pela nitração da ureia usando ácido nítrico. Essa reação é exotérmica, portanto cuidado deve ser tomado no controle da temperatura. Presença de ácido sulfúrico durante a nitração catalisa a reação, porém, seu uso não é obrigatório.[2]

Explosivos baseados em nitrato de ureia podem ser iniciados por meio de uma capsula de detonação.[2]

Aspectos químicos[editar | editar código-fonte]

A molécula de ureia contém um grupo carbonila. O átomo de oxigênio, mais eletronegativo, puxa os elétrons do átomo de carbono, fazendo com que a densidade eletrônica seja maior ao redor do oxigênio, resultando em uma carga parcialmente negativa no oxigênio e formando uma ligação polar. Quando ácido nítrico esta presente, se ioniza, liberando um próton (H+) que é atraído pelo oxigênio e faz uma ligação covalente com este. O íon nitrato, sendo eletronegativo é atraído pelo hidrogênio positivo, formando uma ligação iônica e o composto nitrato de uréia. Sendo um composto iônico, nitrato de uréia é solúvel em água.

(NH2)2CO (aq) + HNO3 (aq) → (NH2)2COHNO3 (s)

Esse composto e preferido por muitos entusiastas em explosivos amadores, sendo usado como explosivo principal em cargas maiores. Nesse papel, nitrato de uréia age como um substituto para o nitrato de amônio. Isso se deve ao fato da facilidade de adquirir os materiais necessários para sua síntese, e sua maior sensibilidade à ignição, comparado ao nitrato de amônio.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

Referências