Nivelamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nivelamento é a operação geodésica ou topográfica que permite determinar desníveis, ou seja a diferença de altitudes entre duas superfícies, utilizando um nível. Existem vários métodos de nivelamento, dos quais se destacam:

  • Nivelamento geométrico;
  • Nivelamento trigonométrico;
  • Nivelamento barométrico.

Mais recentemente começaram a ser utilizados outros métodos de nivelamento baseados em radares ou sistemas de varrimento laser, estacionados em plataformas aéreas ou orbitais. Embora de precisão inferior aos métodos convencionais, permitem percorrer o terreno de forma contínua e com grande rapidez.1

Nivelamento geométrico[editar | editar código-fonte]

Este método, sendo o mais preciso, permite determinar desníveis e consequentemente altitudes (ou cotas) com grande rigor. Baseia-se na diferença das leituras de duas miras graduadas colocadas sensivelmente à mesma distância do nível:


\Delta H_{AB} = l_{a} - l_{b}\,

Sendo  l_{a} leitura atrás e  l_{b} leitura à frente.


Esquema exemplo do nivelamento geométrico.

Nivelamento trigonométrico[editar | editar código-fonte]

Este é um método indirecto, ao contrario do anterior, pois o desnível é obtido da observação de ângulos e distâncias:


\Delta H_{AB} = D_{inc} ~ cos Z + h_{i}-h_{a}\,

Sendo  D_{inc} a distância inclinada,  Z o ângulo zenital,  h_{i} altura do instrumento e  h_{a} altura do alvo.

Esquema exemplo do nivelamento trigonométrico.

Nivelamento barométrico[editar | editar código-fonte]

Dos três apresentados este é o menos preciso e também ele é indirecto, baseando-se na medição da pressão atmosférica.

Referências

  1. Casaca, J., Matos, J. e Baio, M. (2005) Topografia Geral. 4ª Edição, LIDEL, Lisboa.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nivelamento
Ícone de esboço Este artigo sobre engenharia cartográfica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.