No Limite 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
No Limite 1
No Limite 1 (BR)
Informação geral
Formato Reality show
Criador(es) Mark Burnett
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Boninho
Apresentador(es) Zeca Camargo
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil Rede Globo
Transmissão original 23 de Julho de 2000 -
10 de Setembro de 2000
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 8
Cronologia
Último
Último
No Limite 2
Próximo
Próximo

No Limite 1 foi a primeira temporada do reality show No Limite, primeiro reality realizado no Brasil, inspirado no reality estadunidense Survivor.

O programa estreou na Rede Globo em 23 de Julho de 2000, sendo exibido sempre aos domingos após o Fantástico.

Contou com a apresentação do jornalista Zeca Camargo e a direção geral de José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho.

A final, exibida em 10 de Setembro de 2000 teve um desfecho surpreendente, já que duas mulheres estiveram na final: a paulista Elaine e a gaúcha Pipa.

No fim, a cabeleireira Elaine Cristina Castro de Melo foi a grande vencedora da disputa, ganhando R$ 300 mil e um carro zero quilômetro.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Participante Tribo Original Tribo Fusão Resultado Final Total de Votos
Hilca Maria
21, Rio de Janeiro, RJ
Sol 1ª Eliminada
Dia 3
5
"Amendoim" Martins
42, Rio de Janeiro, RJ
Sol 2º Eliminado
Dia 6
4
Marcus Werner
27, Rio de Janeiro, RJ
Sol 3º Eliminado
Dia 9
3
Francisco "Chico"
51, São Paulo, SP
Lua 4º Eliminado
Dia 12
3
Ilma Arakawa
54, São Paulo, SP
Sol 5ª Eliminada
Dia 15
5
Jefferson Schmengler
31, Porto Alegre, RS
Lua Solua 6º Eliminado
Dia 18
3
Vanderson Souza
20, Rio de Janeiro, RJ
Lua 7º Eliminado
Dia 21
6
Thiago Toqueton
20, São Paulo, SP
Sol 8º Eliminado
Dia 21
5
Juliana Marques
23, São Paulo, SP
Lua 9ª Eliminada
Dia 22
0
Andréa Baptista
29, São Paulo, SP
Lua 10ª Eliminada
Dia 22
5
Patrícia "Pipa" Diniz
29, Porto Alegre, RS
Sol 2º Lugar 1
Elaine de Melo
35, São Paulo, SP
Lua Vencedora 0

O Jogo[editar | editar código-fonte]

Data Provas Eliminado Placar Resultado Final
Recompensa Imunidade
1 23-07-2000 Lua Lua Hilca 5-1 1ª Eliminada
Dia 3
2 30-07-2000 Sol Lua Amendoim 4-1 2º Eliminado
Dia 6
3 06-08-2000 Sol Lua Marcus 3-1 3º Eliminado
Dia 9
4 13-08-2000 Sol Sol Chico 3-3 4º Eliminado
Dia 12
5 20-08-2000 Múltipla Lua Ilma 2-1 5ª Eliminada
Dia 15
6 27-08-2000 Andréa Jefferson 3-2-2 6º Eliminado
Dia 18
7 03-09-2000 Elaine
Juliana
Pipa
Elaine
Juliana
Pipa
Vanderson 4-1-1 7º Eliminado
Dia 21
Thiago 2-1 8º Eliminado
Dia 21
8 10-09-2000 Nenhuma Elaine
Pipa
Juliana Sem Voto 9ª Eliminada
Dia 22
Andréa 10ª Eliminada
Dia 22
Prova Final Pipa 2º Lugar
Elaine Vencedora

Histórico[editar | editar código-fonte]

Tribo Original Tribo Fusão
1 2 3 4 5 6 7 8 Final
Eliminado: Hilca
5/6
votos
Amendoim
4/5
votos
Marcus
3/4
votos
Chico
3/6
votos
Ilma
2/3
votos
Jefferson
3/7
votos
Vanderson
4/6
votos
Thiago
2/3
votos
Juliana
Semi-Final
Andréa
Semi-Final
Pipa
Prova Final
Elaine
Prova Final
Votante Voto
Elaine Andréa Vanderson Vanderson Thiago Vencedora
Pipa Hilca Amendoim Marcus Ilma Vanderson Vanderson Andréa 2º Lugar
Andréa Chico Jefferson Vanderson
Juliana Chico Jefferson Vanderson Thiago
Thiago Hilca Amendoim Marcus Ilma Jefferson Andréa
Vanderson Andréa Thiago Thiago
Jefferson Chico Thiago
Ilma Hilca Amendoim Marcus Pipa
Chico Andréa
Marcus Hilca Amendoim Ilma
Amendoim Hilca Ilma
Hilca Ilma

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

  • Como se tratava da primeira experiência de reality show no Brasil, sociólogos e psicólogos questionaram o que consideravam falta de comprometimento do programa com os direitos humanos e acusaram a produção de "sádica" e "irresponsável". O programa também foi acusado de fútil, por explorar o narcisismo dos participantes.
  • O líder comunitário Paulo César Martins, o Amendoim, morador da favela da Rocinha, sentiu-se discriminado pelos demais participantes do programa, e ofendido por ter sido chamado de "crioulo" no ar, pelo concorrente Marcus Werner, advogado e surfista morador da Lagoa, área nobre do Rio. Entidades de direitos humanos tentaram convencer Amendoim a entrar com uma ação civil pública contra Marcus por danos morais e racismo. Os dois acabaram selando a paz no Domingão do Faustão, em Agosto de 2000.
  • Marcus ainda protagonizou outro debate ao ganhar fama de come-e-dorme e garanhão, por ter comentado no programa que "pegaria" a companheira de equipe Patrícia Diniz, a gaúcha Pipa, e insinuar que fora paquerado por ela, que era casada. Irônico, ainda batizou as duas galinhas pretas que ganhou em uma das competições com os nomes de Hilca e Amendoim, que eram negros.