Nogai Khan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Nogai Khan (morto em 1299), também conhecido como Kara Nogai (Nogai Negro), foi um comandante militar e khan da Horda de Ouro e bisneto de Genghis Khan. Seu pai era Baul-Teval, o sétimo filho de Jochi. Seu nome também se escreve Nogay e Nogaj. Seu nome em mongol significa cão.

Carreira e campanhas militares[editar | editar código-fonte]

Sobrinho de Berke, foi sob o domínio de seu tio que ele se tornou um guerreiro poderoso e ambicioso. Em seus últimos anos, Berke começou a delegar mais e mais responsabilidades a seu sobrinho promissor. Nogai aparece primeiramente como um general em 1259, aonde liderou o segundo ataque mongol contra a Lituânia e a Polônia, aonde Cracóvia e outras cidades foram saqueadas. Em 1262, durante a guerra entre Berke e Hulagu Khan, o exército de Nogai surpreendeu a força invasora de Hulagu no rio Terek. Três anos mais tarde Nogai liderou um exército ao longo do Danúbio, enviando as forças bizantinas em retirada antes dele, e devastou as cidades da Trácia. Em 1266, o Imperador Miguel VIII Paleólogo, querendo fazer uma aliança, deu a Nogai sua filha Eufrósine Paleóloga como esposa. No mesmo ano, perdeu um olho em luta contra seu primo, Abaka Khan, em Tiflis. Em 1284 liderou junto com Telubuga os exércitos da Horda de Ouro no segundo ataque mongol contra a Hungria, aonde após atacar a Transilvânia com sucesso foi detido próximo a Pest pelo exército real de Ladislau IV da Hungria e emboscado pelos Szekély no retorno. Três anos mais tarde, mais uma vez ao lado de Telubuga, participou do também fracassado terceiro ataque mongol contra a Polônia.

Poderio na Horda de Ouro[editar | editar código-fonte]

Apesar de seu poder e habilidade em batalha, Nogai pode assumir para si mesmo o poder do Canato, já que era filho de Baul-Teval e não Batu. Então ele preferia fazer dos khans de fantoches seus, agindo como uma eminência parda. Caso algum não o agrade ele o depunha sem cerimônias. Em seu apogeu tinha sob seu domínio efetivo as partes mais a oeste da Horda de Ouro, incluindo a península da Crimeia, Moldóvia e Valáquia. Nogai ainda manteve suas próprias relações com o Ilcanato, dando a um de seus filhos em casamento a uma filha de Abaka. Um outro filho seu se casou com a filha do czar búlgaro Jorge I Terter. Como resultado a Bulgária tornou-se um vassalo de Nogai.

Nogai serviu sob diversos khans da Horda de Ouro, de Berke à Tokhta, passando por Mongka-Temur, Tuda-Mongka e Telubuga.

Morte[editar | editar código-fonte]

No entanto Tokhta mostrou-se ser mais forte que seus antecessores, e como resultado ele e Nogai começaram com uma rivalidade mortal que desembocou em uma guerra entre os dois. Em 1293/1294 Tokhta tentou sem sucesso destruir Nogai, o que viria a conseguir em uma batalha no ano de 1299 em Kagamlik, próximo ao Dnieper. Por conta de sua rixa com Tokhta, Nogai era muito perigoso para ser mantido vivo. Sua cabeça foi enviada para Tokhta Khan, o qual se sentiu ofendido com o fato de um mero soldado russo ter aniquilado o poderoso khan. Ele então mandou o russo para a morte, já que "um qualquer não pode matar um rei".

Seu filho com sua principal concubina, Alagh (em búlgaro: Алаг), Chaka, se tornou czar da Bulgária, e o nome de Nogai foi utilizado pela Horda Nogai, que governou a leste dos Montes Urais.

Ver também[editar | editar código-fonte]