Nokie Edwards

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Julho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Nokie Edwards
Informação geral

Nokie Edwards (Nole Froyd Edwards) é um guitarrista da banda instrumental The Ventures.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido aos 9 de maio de 1935, em Lahoma, Oklahoma, E.U.A. numa família de 10 irmãos. Filho de Elbert Edwards e Dna. Nannie, nativa americana dos Cherokee.
Aos 5 anos de idade começou a tocar violão acústico. Na época era Blueglass e Country Music. Gostava muito de Chet Atkins e Les Paul.
A primeira vez que tocou em público, foi quando tinha 11 anos num Festival em Washington.
Aos 17 anos se tornou profissional, tocando em dupla nos Clubes de Oregon, ele tocando guitarra e o outro cantando.
Quando tinha em torno dos 23 anos, veio na cidade o Road Show Grand Ole Opry da Estação WSM de Nashville, recrutando guitarrista de apoio. Daí foi para Oklahoma e teve a oportunidade de conhecer os artistas country Lefty Frizzell, Ferlin Husky, Benny Martin e muitos outros.
Em 1959, quando tocava em um clube de Tacoma como guitarrista de apoio do Buck Owens, estava na platéia assistindo ao show o Bob Bogle e Don Wilson, que gostou muito do Nokie tocando e convidou-o a integrar o grupo dos The Ventures.

Legado[editar | editar código-fonte]

(trecho do Wikipédia em inglês)

"…The Ventures foram pioneiros na utilização de efeitos especiais sobre essas músicas como "2000 Pound Bee", gravado em finais de 1962, no qual o guitarrista Nokie Edwards empregava uma distorção de pedal "Fuzz", prenunciando o "King Of Fuzz Guitar", Davie Allan (The Arrows) três anos depois.
Edwards foi também um dos primeiros a usar a guitarra de doze cordas no rock.
No álbum "The Ventures In Space" de 1964, foi o primeiro no uso de efeitos especiais, e fez uso pioneiro de "reverse tracking", uma técnica utilizada de forma muito eficaz por "The Beatles", em pós '60.
"Ventures In Space", devido aos seus efeitos surreais e espaciais. Foi considerada uma influência sobre a geração psicodélica de San Francisco, pós '60, assim como são citados como favorito pelo falecido Keith Moon (The Who)...."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]