Noradrenalina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Norepinephrine
Alerta sobre risco à saúde[1]
Norepinephrine structure with descriptor.svg
Norepinephrine-3d-CPK.png
Nome IUPAC 4-[(1R)-2-amino-1-hidroxietil]benzeno-1,2-diol
Outros nomes Noradrenaline
Identificadores
Número CAS 138-65-8,
D: [149-95-1]
L: [51-41-2]
ChemSpider 388394
Propriedades
Fórmula química C8H11NO3
Massa molar 169.16 g mol-1
Ponto de fusão

L: 216.5–218 °C (decomp.)
D/L: 191 °C (decomp.)

Compostos relacionados
Compostos relacionados Feniletilamina
Dopamina (4-(2-aminoetil)benzeno-1,2-diol)
Adrenalina ((R)-4-[1-hidroxi-2-(metilamino)etil]benzeno-1,2-diol)
Isoproterenol (4-[1-hidroxi-2-(isopropilamino)etil]benzeno-1,2-diol)
Nordefrina (4-[2-amino-1-hidroxipropil]benzeno-1,2-diol)
Octopamina (4-(2-amino-1-hidroxi-etil)fenol)
Norfenedrina (3-(2-amino-1-hidroxi-etil)fenol)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.


A Noradrenalina, também chamada de Noraepinefrina, é uma das monoaminas (também conhecidas como catecolaminas [carece de fontes?]) que mais influenciam o humor, ansiedade, sono e alimentação junto com a Serotonina, Dopamina e Adrenalina.

Mecanismo de ação[editar | editar código-fonte]

Suas principais ações no sistema cardiovascular estão relacionadas ao aumento do influxo celular de cálcio e a manter a pressão sanguínea em níveis normais. A saber, vasoconstrição periférica e taquicardia. Tais efeitos são mediados por receptores alfa adrenérgicos. Além de ser um hipertensor. Possui efeito agonista alfa adrenérgico- aumenta a Resistência Vascular Sistêmica, sem aumentar significantemente o débito cardíaco.

Produção[editar | editar código-fonte]

A noradrenalina é liberada em doses, independentemente da liberação de adrenalina.A Noradrenalina age de forma antagônica à adrenalina (apenas se a adrenalina actuar nos receptores β2-adrenégicos).

Caso a adrenalina actue nos receptores α1-adrenégicos a actuação, tanto da noradrenalina como da adrenalina, é igual: provoca, por exemplo, a vasoconstrição.[2]

Ação farmacológica[editar | editar código-fonte]

Agonista de receptores alfa adrenergicos efeito cardiovascular:aumenta a pressão sistémica diastólica e o pulso, aumenta a resistência periférica total, diminui o gasto cardiaco e diminui a circulação nos rins, fígado e musculo esquelético.

Remédios que estimulam sua produção tem efeitos antidepressivos, hipnóticos e ansiolíticos. Ex: Tricíclicos, Tetracíclicos, Inibidores Seletivos da Recaptação da Noradrenalina (ISRN), Inibidores da MAO…

Metabolização[editar | editar código-fonte]

A Noradrenalina ou Norepinefrina são neurotransmissores metabolizadas em produtos biologicamente inativos por oxidação (catabolizada pela monoamina oxidase - MAO) e metilação (catabolizada pela catecol-O-metiltransferase - COMT). MAO localiza-se na superfície externa das mitocôndrias e encontra-se em altas concentrações nas terminações dos nervos que secretam norepinefrina. COMT também encontra-se distribuída em grandes quantidades nas terminações nervosas e no fígado e rins. COMT cataboliza principalmente a norepinefrina circulante a nível hepático.

Nas terminações nervosas, a norepinefrina é inicialmente inativada pela ação da MAO, em compostos inativos que entram na circulação e são posteriormente metabolizados no fígado pela COMT. Recaptação de norepinefrina da fenda sináptica é o principal mecanismo de remoção deste transmissor.

Efeitos secundários[editar | editar código-fonte]

Produz necrosis no lugar de injeção pela constricção geral e prolongada.

Referências

  1. Merck Index, 11th Edition, 6612.
  2. "Vander's Human Physiology" - páginas 390 - 391
Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.