Norman Lear

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Norman Lear
Noman Lear, 2008
Nome completo Norman Milton Lear
Nascimento 27 de julho de 1922 (92 anos)
New Haven, Connecticut,  Estados Unidos
Ocupação Roteirista
Produtor

Norman Milton Lear (New Haven, Connecticut, 27 de julho de 1922) é um roteirista e produtor de televisão e cinema estadunidense, mais conhecido por produzir as sitcoms All in the Family, Sanford and Son e Diff'rent Strokes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Norman Lear nasceu em New Haven, Connecticut. Ele cursou o ensino médio em Hartford, a capital do estado. Fazia faculdade no Emerson College em Boston, capital do estado vizinho de Massachusetts, quando se alistou na Força Aérea do Exército dos Estados Unidos em 1942. Durante a Segunda Guerra Mundial, serviu no Mediterrâneo como operador de rádio e atirador num Boeing B-17 com o 772o Esquadrão de Bombardeio. Ele voou em 52 operações de combate, pelas quais foi agraciado com uma Medalha Aérea. Lear foi dispensado do Exército em 1945. Sua carreira militar é narrada nos livros Crew Umbriago, de Daniel P.Carroll, e 772nd Bomb Squadron: The Men, The Memories, da Turner Publishing Company.

Em 1959, Lear criou sua primeira série de televisão, um western de meia-hora chamado The Deputy, com Henry Fonda no papel principal. Inicialmente um escritor de comédias, e depois diretor de cinema (ele escreveu e produziu o filme de 1967 Divorce, American Style e dirigiu o filme de 1971 Cold Turkey, ambos estrelados por Dick Van Dyke), Lear tentou vender para a ABC uma ideia para uma sitcom sobre uma família operária. A emissora rejeitou o programa após a filmagem de dois pilotos. Após a filmagem de um terceiro piloto, a CBS comprou o programa, intitulado All in the Family. A primeira temporada do programa estreou em 21 de janeiro de 1971 e atingiu apenas a 34a posição na lista dos programas mais assistidos, mas conquistou vários Emmys, inclusive o de melhor seriado de comédia, e foi renovado. Durante a sua re-exibição no verão, o programa obteve ótimos índices de audiência e em sua segunda temporada já era o mais visto dos Estados Unidos, título que segurou por mais quatro anos. O programa é baseado na sitcom britânica Til Death Us Do Part, exibida na BBC, sobre um irritável Tory da classe trabalhadora e seu genro socialista.

O segundo sucesso de Lear na televisão estadunidense também é a adaptação de um seriado da BBC. Sanford and Son é baseado em Steptoe and Son, sobre um comerciante de sucata do oeste de Londres e seu filho. Lear mudou o cenário para o distrito de Watts em Los Angeles e os personagens para afro-americanos. Ele criou vários programas de sucesso em seguida, como Maude (cujo personagem-título seria baseado em sua então esposa Frances), The Jeffersons (ambos spin-offs de All in the Family) e One Day at a Time.

O que a maioria das sitcoms de Lear tinham em comum era que os personagens é que eram a força motriz das tramas, eram filmadas em sets que lembravam mais peças de teatro do que a maioria dos sets de sitcom, eram filmados com videotape ao invés de filme e, acima de tudo, tratavam dos temas sociais e políticos mais importantes de suas épocas. Ironicamente, a maioria dos seriados de Lear são considerados autobiográficos, apesar de que seus primeiros sucessos foram adaptados de programas da BBC.

O parceiro de produção de longa data de Lear foi Bud Yorkin, que foi produtor executivo de Sanford and Son. Os dois romperam a parceria em 1983 e Yorkin fundou sua própria produtora com os roteiristas Saul Turteltaub e Bernie Orenstein. Eles conseguiram produzir apenas um programa que durou mais de uma temporada, chamado What's Happening!!. A produtora de Lear e Yorkin era conhecida como Tandem Productions. Lear e o agente de talentos Jerry Perenchio fundaram a T.A.T. Communications (T.A.T. era uma sigla para "Tuchus Affen Tisch", que significa "Colocando o traseiro de alguém na linha" em iídiche) em 1974. A parceria foi uma das produtoras independentes mais bem sucedidas da televisão estadunidense na década de 1970. Nessa época, Lear criou o seriado Mary Hartman, Mary Hartman, que mais tarde se tornaria um clássico cult. Em 1978 ele deixou o cargo de produtor em seus programas para trabalhar num documentário sobre a crescente influência dos evangélicos de extrema-direita. O filme nunca foi lançado, mas as pesquisas estimularam Lear a se engajar no ativismo de esquerda.

Em 1982 a produtora comprou a Avco Embassy Pictures, produtora de filmes como The Graduate, The Lion in Winter e Carnal Knowledge, da Avco Financial Corporation. A companhia foi renomeada de Embassy Pictures e presidida por Alan Horn (atual presidente da Warner Bros. Pictures) e Martin Schaeffer, que mais tarde fundariam a Castle Rock Entertainment com Rob Reiner. Em 1985 Lear vendeu todas suas holdings em cinema e televisão para a Columbia Pictures (então propriedade da Coca-Cola Company) que adquiriu a divisão de cinema e televisão da Embassy por US$465 milhões em ações da Coca-Cola Company. Lear e o parceiro Jerry Perenchio dividiram o lucro líquido (cerca de US$250 milhões). A Coca-Cola mais tarde vendeu a divisão de cinema para Dino De Laurentiis e a de home video para a Nelson Entertainment.

A marca Tandem Productions foi abandonada em 1986 com o cancelamento de Diff'rent Strokes e a Embassy deixou de existir como entidade única no final de 1987. A divisão de televisão da Embassy virou a ELP Communications em 1988, mas os programas originalmente produzidos pela Embassy ficaram sob a marca Columbia Pictures Television de 1988 a 1994 e da Columbia TriStar Television de 1994 a 1998.

Lear tentou retornar à produção de televisão na década de 1990 com os programas Sunday Dinner, The Powers That Be e 704 Hauser, o último colocou uma família diferente no mesmo cenário de All in the Family. Nenhum dos programas fez sucesso, apesar de serem aclamados pela crítica.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Emmy

Norman Lear recebeu 15 indicações aos prêmios Emmys, das quais quatro resultaram em prêmios:

  • 1971: Melhor seriado novo - All in the Family
  • 1971: Melhor seriado de comédia - All in the Family
  • 1972: Melhor seriado de comédia - All in the Family
  • 1973: Melhor seriado de comédia - All in the Family

Oscar

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.