Cloridrato de Nortriptilina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Nortriptilina)
Ir para: navegação, pesquisa
Nortriptyline.svg

Cloridrato de Nortriptilina, também conhecido pelo nome comercial PAMELOR,[1] é um medicamento antidepressivo[2] tricíclico[1] que Inibe a ação dos neurotransmissores Histamina, Serotonina e Acetilcolina. Aumenta o efeito vasoconstritor da Noradrenalina, mas bloqueia a resposta vasoconstritora da Feniletilamina. Estudos sugerem que a Nortriptilina interfere no transporte, na liberação e no armazenamento das Catecolaminas.

Dose Recomendada em Adultos: (50mg) x 3 por Dia. (Esse medicamento possui Genéricos nas Farmácias)

De acordo com o site "ABDA", a Nortriptilina é uma opção alternativa de tratamento para TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) nos casos em que os pacientes - por algum motivo - não toleram estimulantes (principalmente quando há comorbidade de "tiques motores" - Síndrome de Tourette)

Os efeitos colaterais são basicamente os mesmos que outros antidepressivos Tricíclicos: boca seca, visão borrada, sonolência, e fraqueza. Esses efeitos tendem a amenizar ou desaparecer após as primeiras semanas de tratamento.

Pode causar também: constipação intestinal[3] , disgeusia, ageusia, gosto metálico e ulcerações bucais acompanhadas de queimação.[4] [5]

O estado de equilíbrio é atingido em 5 dias e sua vida média de eliminação é de 13 a 88 horas.[3]

Referências

  1. a b Universo da depressao pp. 76. Google Books. Página visitada em 28 de abril de 2014.
  2. Recolhimento e descarte dos medicamentos das farmácias caseiras no município de Caçador - SC (PDF) pp. 125. Revista interdisciplinar (2013). Página visitada em 28 de abril de 2014.
  3. a b USO DE FIBRAS ALIMENTARES NA CONSTIPAÇÃO INTESTINAL CAUSADA POR ANTIDEPRESSIVOS (PDF) pp. 1,5,13. Página visitada em 28 de abril de 2014.
  4. ALTERAÇÕES GUSTATIVAS NO ENVELHECIMENTO (PDF) pp. 225. KAIRÓS REVISTA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SAÚDE (2008). Página visitada em 28 de abril de 2014.
  5. INTERFERÊNCIA DOS MEDICAMENTOS ANTI-HIPERTENSIVOS NA PALATABILIDADE DO SABOR SALGADO (PDF) pp. 53. Universidade Federal do Paraná (2011). Página visitada em 28 de abril de 2014.